19°C 35°C
Altamira, PA
Publicidade

Mulher compra pizzas com PIX falso por quase dois anos e finge morte ao ser cobrada

Polícia Civil investiga estelionato e fraude após caso ser exposto nas redes sociais

24/05/2024 às 15h13
Por: Markelle Lereno Fonte: G1 Pernambuco
Compartilhe:
Foto: Reprodução/Internet
Foto: Reprodução/Internet

Um empresário de Camaragibe, na Região Metropolitana do Recife, denunciou um golpe aplicado por uma cliente que enviava comprovantes falsos de PIX para os pedidos realizados na pizzaria. O caso está sendo investigado pela Polícia Civil como estelionato e fraude.

Alex Renato Silva, expôs a fraude na conta no Instagram. Ele relatou ao g1 que Francielly dos Santos, de 20 anos, fez pelo menos cinco pedidos nos últimos meses, acumulando uma dívida de R$ 814. Francielly era cliente da pizzaria há um 1 e 8 meses e fazia pedidos com frequência, às vezes até três vezes por semana.

Continua após a publicidade

O golpe só foi descoberto no início de 2024. O empresário explicou que os funcionários verificavam os comprovantes e acreditavam que os pagamentos estavam corretos. No entanto, um dia ele notou a ausência de notificação de PIX enquanto estava no computador.

Renato levou o comprovante impresso ao banco no dia seguinte, onde foi informado que o documento era falso, apresentando características atípicas, como fontes diferentes. Após tentar cobrar o pagamento, Renato foi informado por outro comerciante, também vítima de Francielly, que ela havia enviado uma mensagem de WhatsApp alegando ter falecido devido a complicações de uma cirurgia após um acidente.

"Por favor, respeite o luto da família. [...] Até hoje pela manhã, nossa menina estava aqui feliz, sorridente, mas, infelizmente, chegou sua hora", dizia a mensagem.

Falsa nota de falecimento foi compartilhado pela mulher — Foto: Reprodução/WhatsApp

A surpresa aumentou quando, três dias depois, Renato encontrou Francielly em um bar. "Ela estava lá bebendo. Eu fui falar com ela e ela se negou, disse que não iria pagar nada. Como estava cheio de gente, eu preferi deixar para lá", afirmou.

Após tornar o caso público nas redes sociais, Renato foi procurado por outros comerciantes que também foram enganados por Francielly. Ela comprava comida, prometia pagar por PIX e enviava comprovantes falsos. As vítimas descobriram que Francielly havia sido demitida do setor de cartões de um supermercado por clonar cartões dos clientes.

"Todos os locais eram de comidas, almoço, bebida. Um deles teve prejuízo de mais de R$ 1 mil. Ela mandou uma mensagem para mim falando que iria me pagar, mas, até agora, não chegou o valor de nada", relatou.

No dia 13 de maio, Renato registrou uma queixa na Delegacia de Camaragibe. "Eu espero que mais ninguém caia num golpe desse, porque isso prejudica qualquer pai de família que está precisando levar seu pão de cada dia para casa", declarou.

A Polícia Civil informou em nota que um inquérito foi instaurado e as investigações continuarão até a elucidação dos fatos. O g1 tentou contato com Francielly dos Santos para obter um pronunciamento sobre as denúncias e a investigação, mas não obteve resposta até a última atualização desta reportagem.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Altamira, PA
20°
Tempo limpo

Mín. 19° Máx. 35°

20° Sensação
0.76km/h Vento
65% Umidade
0% (0mm) Chance de chuva
06h36 Nascer do sol
06h34 Pôr do sol
Qua 34° 22°
Qui 36° 21°
Sex 32° 20°
Sáb 36° 21°
Dom 36° 21°
Atualizado às 05h01
Publicidade
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 5,57 -0,05%
Euro
R$ 6,07 -0,03%
Peso Argentino
R$ 0,01 +0,32%
Bitcoin
R$ 395,502,50 -1,14%
Ibovespa
127,859,63 pts 0.19%
Publicidade
Publicidade
Publicidade