Vale Mais Negócio: Tudo parado! Como reagir?

Na Segunda Guerra Mundial, a cidade japonesa de Hiroshima sofreu um forte ataque americano de bomba atômica em 1945. Foram mais de 140 mil pessoas mortas instantaneamente naquele ataque, aproximadamente a população atual de Altamira.

Um fotógrafo registrou uma das cenas mais impactantes: um sobrevivente paralisado em meio ao caos de destruição. Provavelmente, o homem perdeu sua casa, sua família, seu emprego, e tudo que ele amava. No lugar dele, o que você faria?

A dor e o medo tomam conta de nós em momentos como este. Fica difícil saber o que fazer e qual será o próximo passo. Um cenário como esse parece não ter solução. Mas após a fase das lágrimas, percebemos que estamos vivos e é preciso seguir.

Chegamos então na etapa de reconstrução, para isso é preciso planejar, olhar a situação e imaginar seus planos em funcionamento e depois batalhar para colocá-los em prática. No mesmo lugar que antes estava destruído, hoje é Memorial da Paz de Hiroshima que os lembra da situação que eles escolheram mudar.

A cidade foi reconstruída. Nem dá para imaginar que essa Hiroshima de hoje é a mesma de 74 anos atrás, dado o seu grande avanço nas últimas décadas, mas tudo isso graças ao planejamento!

Como planejar a minha reconstrução? 

No momento em que tudo parece destruído, podemos avaliar a situação como uma folha de papel em branco. Ao mesmo tempo que não tem nada, tenho a possibilidade de desenhar o que eu quiser.

Passo a Passo da Reconstrução

1 – Avalie a situação;

2 – Liste os problemas;

3 – Dê soluções criativas para cada um;

Os governantes do Japão seguiram esses passos para encontrar soluções: desenvolveram planos econômicos que, de forma rápida, instalou indústrias de base e tecnológicas; e hoje o Japão ocupa o terceiro lugar no ranking econômico mundial.

Lembre-se: “Toda dificuldade que vivemos tem dentro de si o potencial de criar uma nova solução que ajuda a humanidade a prosperar.” – Pedro Superti, Ouse ser Diferente, p. 53.

(Leonardo Barros e Fernando Razende)

Ler mais…Vale Mais Negócio: Tudo parado! Como reagir?

Vale Mais Negócio: Quatro dicas de negócios que podemos aprender com a live do Gusttavo Lima

Não se tem notícia de outro artista que realizou algo igual e com um alcance tão intenso até agora.

Em 2020, o mundo vive um momento nunca visto ou imaginado pelos mais pessimistas, empresas já avaliam uma possível recessão econômica com a pandemia do COVID-19, que obrigou o isolamento das pessoas em suas casas.

No ramo de eventos, vários shows foram cancelados por conta desta ação. O cantor sertanejo Gusttavo Lima deu uma lição sobre o que todos devemos fazer em uma situação difícil como essa.

Com a agenda livre, o artista decidiu fazer uma live chamada “Buteco em casa”. A ação alcançou mais de 12 milhões de pessoas. Foi a primeira vez que isso aconteceu, com 750 mil acessos simultâneos, superando o de Beyoncé.

No total, ele cantou cem músicas em cinco horas de show e arrecadou mais de R$ 100 mil e 50 toneladas de alimentos e insumos hospitalares, que serão doados para ajudar no combate ao coronavírus.

Podemos tirar 4 lições que Gusttavo Lima nos ensinou nessa live:

1- Se reinvente

O Embaixador, talvez sem saber tenha criado um novo mercado, o de shows virtuais.
Tanto que um próximo “‘Buteco em Casa” já está prometido para 11 de abril.

Com tudo parado, impedido de fazer seus shows da forma tradicional, o cantor tinha tudo para reclamar e fazer como a maioria, sentar e esperar passar. No entanto ele criou um novo caminho, uma experiência que não só ele, Gusttavo Lima, mas tantos outros cantores e cantoras poderão realizar a partir de agora, como uma alternativa das mais interessantes.

Seguindo o sucesso da live feita por Gusttavo Lima, a dupla Jorge e Mateus atendeu a pedidos dos fãs e também realizará um show online dia 4 de abril, sábado, às 20h, no YouTube oficial da dupla.

Não esqueça de agendar!

2- Faça diferente

Muitos artistas já estavam fazendo lives durante o período de quarentena, Gusttavo Lima não foi o inventor da live, e nem mesmo a ferramenta é uma exclusividade do artista. Mais certamente sua visão e sua forma de fazer mudou a ideia de live e elevou o patamar para todos.

marilia mendonca on Twitter: “olá @gusttavo_lima, gostaria de dizer, em nome do sindicato dos “fazedores de ao vivo” que o Sr. está inviabilizando o conceito live e que não vai dar pra te copiar. Obrigada.”

Cada vez mais os consumidores estão menos preocupados com o produto propriamente dito e mais com a experiência da compra. Ou seja, como os produtos são bastante parecidos, os clientes querem se sentir especiais ao escolher essa ou aquela marca.

3- Identificação

Durante a live, o Embaixador cometeu vários deslizes, desde deixar o celular cair e ficar preocupado em ter quebrado, até errar as letras das músicas por que passou um pouco da conta no álcool. Quem nunca?!

Após a live a internet ficou cheia de memes do cantor e foi um dos assuntos mais comentados das redes sociais. O sucesso do artista vai além da música. É uma questão de identificação do público que se vê nele.

Assim como o sucesso de Gusttavo Lima, é importante que a identidade da sua marca possa ser reconhecida por seu público e permita uma identificação em relação a ela.

4- Seja Referência

Com toda repercussão, poucos dias após a live, Gusttavo Lima se tornou o cantor mais seguido do instagram, superando Wesley Safadão e obrigou a sua “concorrência” a se comparar a ele toda vez que o termo “Live” for utilizado. Existindo então “live” antes do Embaixador e depois do Embaixador.

“Eu vou fazer live, mas não vai ser igual a do Gusttavo Lima”- avisam os artistas

Ser lembrado como uma marca que tem autoridade no assunto, como um verdadeiro representante de seu segmento é algo que toda empresa deve buscar.

Se gostou das dicas e quer aplicar no seu negócio, e criar um plano de como divulgá-los para o seu público entre em contato com os consultores da Vale do Xingu e agende uma visita!

Não esqueça de marcar ou enviar esse texto a um amigo que precisa ler esse conteúdo!

#ValeMaisNegócio

Autor: Leonardo Barros

error: Conteúdo Protegido por [ConfirmaNoticia.com.br]