Baixe o APP vale do Xingu

Domingo, 16 de Janeiro de 2022 07:19
93 99192-6623
Política Debate

Câmara realiza audiência em defesa da Criança e do Adolescente

Estiveram presentes órgãos de segurança pública e movimentos sociais

26/11/2021 11h07 Atualizada há 2 meses
Por: Jornalismo
Cartaz fixado durante audiência em defesa da Criança e do Adolescente - Foto: Confirma Notícia
Cartaz fixado durante audiência em defesa da Criança e do Adolescente - Foto: Confirma Notícia

Foi para debater questões a cerca da defesa da Criança e do Adolescente que os movimentos sociais solicitaram uma Audiência Pública na noite desta quinta-feira (25). Estiveram presentes órgãos de segurança do município, Movimentos Sociais, Conselho Municipal dos Direitos da Criança e Adolescente, entre outras autoridades de Altamira.

"E o intuito é garantir esse espaço democrático, esse espaço do povo, que é a casa do povo. Para que a população pudesse se manifestar, principalmente, falar sobre a proteção de nossas crianças e promoção de direitos. Afinal de contas, a violência sexual, a exploração sexual, os crimes à violência física, mental, a questão do suicídio, do autismo, enfim, nós temos muitas demanda que chegam à Câmara e a sociedade civil organizada, através dos movimentos sociais, estiveram conosco pedindo essa audiência. E a gente como a sempre tem defendido, enquanto presidente nós formos, a gente vai abrir o espaço de diálogo aqui no parlamento para que a sociedade se manifeste", explicou o Presidente da Câmara de Vereadores, Silvano Fortunato.

A reunião aconteceu na Câmara de Vereadores. A ideia nasceu após Altamira registrar um aumento considerável de casos de abuso e estupro contra crianças. Dados do Conselho Tutelar do município revelam que por dia, em torno de 3 casos, são denunciados.

"A pandemia foi cruel, ela é cruel. Mesmo assim a comissão permanente, ela está atenta, ela está ativa. Antes do final do ano nós vamos estar encaminhando vários ofícios pra começar a trabalhar as ações que se combate com políticas públicas voltadas as ações que venham a trabalhar as questões de saúde, educação, da cultura, enfim, e como também trabalhar políticas da família", afirma Helenilda Monte, Presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente.

No local foram colocados vários cartazes pedindo por mais atenção às maiores vítimas de crimes sexuais. Karem Luz, membro da Comissão do Direito da Criança e do Adolescente da OAB, afirma que a denúncia é o principal passo para o fim dos casos de violência.

"Então, infelizmente, realmente o número de abusos acabaram aumentando durante essa pandemia, porque as crianças foram afastadas da escola, que querendo ou não, era um refugio pra elas, né. Principalmente àquelas que estavam sofrendo violência dentro de casa. Mas nós precisamos combater isso, e a melhor forma de combater, é denunciando. O pai ou a mãe que tá desconfiando que a sua filha ou seu filho está estranho, está com medo de um determinado adulto, quando a criança não quer chegar de algum tio, de alguma pessoa, mesmo que essa pessoa seja de confiança, mas você vê que a reação da criança não é uma boa reação, isso já é um grande indício de que aquela criança tá sofrendo abuso", explica a Advogada Karem Luz.

Autoridades e representantes de movimentos sociais puderam falar na tribuna sobre as principais necessidades dos jovens. A advogada, Siebra Darwich, relembrou sobre um dos crimes mais tristes da cidade, o assassinato dos meninos emasculados.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Altamira - PA

Altamira - Pará

Sobre o município
Altamira é um município brasileiro localizado no estado do Pará, na Região Norte do país. Sua população estimada em 2018 era de 113 195 habitantes. Com uma área de 159 533,328 km², segundo o IBGE em 2017, posiciona-se como o município mais extenso do Brasil.
Altamira - PA
Atualizado às 07h02 - Fonte: Climatempo
24°
Poucas nuvens

Mín. 24° Máx. 31°

24° Sensação
9.1 km/h Vento
90.2% Umidade do ar
90% (13mm) Chance de chuva
Amanhã (17/01)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 23° Máx. 32°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Terça (18/01)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 23° Máx. 30°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.