Baixe o APP vale do Xingu

Sexta, 03 de Dezembro de 2021 14:12
93 99192-6623
Justiça Parauapebas

Mãe e padrasto acusados de matar bebê de 1 ano em ritual satânico são condenados

Casal soma uma pena de mais 120 anos pelo assassinato e abuso sexual de Emanuele

22/10/2021 14h14 Atualizada há 1 mês
Por: Jornalismo Fonte: Italo Almeida
Irislene da Silva Miranda e Dayvyd Renato Oliveira Brito aguardando a sentença do julgamento - Foto: Reprodução/Mateus Cirilo
Irislene da Silva Miranda e Dayvyd Renato Oliveira Brito aguardando a sentença do julgamento - Foto: Reprodução/Mateus Cirilo

Símbolos satânicos, oferendas, velas e sinais de rituais macabros estavam espalhados por toda a casa. Um cenário que pra quem esteve por lá será difícil de ser esquecido. Na época do crime, a população de Parauapebas ficou revoltada, onde jamais imaginavam que algo desta natureza pudesse acontecer.

A casa, hoje de portas fechadas, foi alvo da fúria da vizinhança, em 2020. Ela teve as portas arrombadas, móveis destruídos e ainda atearam fogo, tudo isso após o casal Dayvyd Renato Oliveira Brito e Irislene da Silva Miranda serem presos como os principais suspeitos da morte da garotinha Carla Emanuele Miranda Correia que tinha 1 ano e 8 meses na época do crime.

Símbolos satânicos, oferendas, velas e sinais de rituais macabro encontrados na residência - Foto: Reprodução
Símbolos satânicos, oferendas, velas e sinais de rituais macabros encontrados na residência - Foto: Reprodução

No prontuário médico consta o dia e horário que a criança deu entrada no hospital, já desmaiada e com quadro de parada cardíaca. O julgamento do casal teve início na manhã da quarta-feira (20) e só finalizou no final da tarde desta última quinta-feira (21).

Prontuário médico que consta o dia e horário que a criança deu entrada no hospital - Foto: Reprodução

De acordo com a pediatra que examinou a criança no hospital, a menina tinha alargamento no ânus e na vagina. E ainda em seu depoimento, a médica chegou a dizer que até para um leigo era possível entender que a criança já vinha sendo abusada sexualmente há bastante tempo. 

Irislene foi condenada a 46 anos 5 meses e 20 dias já o seu companheiro padrasto da vítima, foi condenado a 83 anos e 4 meses. O julgamento composto por 7 jurados teve momentos tensos, o que exigiu atenção aos detalhes apresentados. Os depoimentos da médica pediatra Flávia Alves e da delegada Ana Carolina foram importantíssimos para compreender que o casal teve dolo em todas as ações violentas cometidas contra a criança.

Dayvyd Renato Oliveira Brito e Irislene da Silva Miranda no dia da prisão - Foto: Reprodução
Dayvyd Renato Oliveira Brito e Irislene da Silva Miranda no dia da prisão - Foto: Reprodução

Em entrevista na época, a delegada deu detalhes da cena macabra que encontrou na casa dos condenados. "Colhemos materiais. A calcinha que a criança estava usando tinha sangue novo na região do ânus, tinha sangue na toalha, tinha sangue no colchão, tinha sangue no lençol. Provavelmente dos abusos sexuais que a criança sofria, que eram pequenas manchas de sangue", relatou a Delegada Ana Carolina.

Carla Emanuele Miranda Correia estuprada e morta pela mãe e o padrasto em Parauapebas - Foto: Reprodução
Carla Emanuele Miranda Correia estuprada e morta pela mãe e o padrasto em Parauapebas - Foto: Reprodução

Durante o julgamento, o casal parecia já saber que não iriam mais gozar da liberdade por um longo tempo, eles se mantiveram inertes e de cabeça baixa, Irislene retornou ao presídio feminino de Marabá e Dayvyd, a cadeia pública de Parauapebas. Onde passarão um longo tempo longe da sociedade.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Parauapebas - PA

Parauapebas - Pará

Sobre o município
Parauapebas é um município brasileiro do estado do Pará, pertencente à mesorregião do Sudeste Paraense. Localiza-se no norte brasileiro, distante 719 km da capital Belém. O município é conhecido por estar assentado na maior província mineral do planeta, a Serra dos Carajás. Área: 6.886 km² População: 213.576 (2020)
Altamira - PA
Atualizado às 13h53 - Fonte: Climatempo
29°
Muitas nuvens

Mín. 24° Máx. 30°

33° Sensação
13 km/h Vento
75% Umidade do ar
90% (18mm) Chance de chuva
Amanhã (04/12)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 23° Máx. 32°

Sol com muitas nuvens e chuva
Domingo (05/12)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 23° Máx. 33°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.