Baixe o APP vale do Xingu

Terça, 07 de Dezembro de 2021 15:00
93 99192-6623
Mundo Violência sexual

Mulher é estuprada no metrô e passageiros filmam ato ao invés de chamar a polícia

O caso foi registrado na Filadélfia, Estados Unidos

20/10/2021 17h25 Atualizada há 2 meses
Por: Jornalismo
Mulher é estuprada no metrô e passageiros filmam ato ao invés de chamar a polícia na Filadélfia, Estados Unidos - Foto: Foto: Tom Gralish/The Philadelphia Inquirer via AP
Mulher é estuprada no metrô e passageiros filmam ato ao invés de chamar a polícia na Filadélfia, Estados Unidos - Foto: Foto: Tom Gralish/The Philadelphia Inquirer via AP

Uma passageira foi estuprada no metrô da cidade da Filadélfia, nos Estados Unidos. A situação já é chocante por ser considerado um crime de abuso sexual, mas o que deixou as autoridades perplexas foi o fato que ao invés dos passageiros usarem o celular para chamar a polícia, gravaram todo o ato. Segundo os policias, o crime teria sido evitado se o aparelho celular tivesse sido usado de maneira "correta", disseram as autoridades nesta terça-feira (19).

"Havia outras pessoas no trem que testemunharam esse ato horrível, e ele poderia ter sido interrompido mais cedo se um passageiro ligasse para o 911", disse o porta-voz do SEPTA, John Golden, em um comunicado enviado por e-mail à agência Reuters.

A vítima foi violentada por volta das 21h do dia 13 de outubro em um trem operado pela Autoridade de Transporte do Sudeste da Pensilvânia (Septa), que opera transporte público dentro e nos arredores da Filadélfia.

Segundo informações, um vídeo de vigilância do vagão mostra que a vítima tenta empurrar o agressor por várias vezes enquanto ele a apalpava, até que começou a agredi-la sexualmente. A violência durou uma média de 45 minutos, enquanto os passageiros apontavam seus celulares para gravar todo o ato e ninguém tentou impedir.

Foi a chamada de um funcionário da Septa fora de serviço que rapidamente trouxe os agentes a bordo, permitindo que parassem o ataque e prendessem o agressor, disse a polícia da Septa à Reuters.

O suspeito do estupro foi identificado por Fiston Ngoy, de 35 anos, e enfrenta acusações de estupro, desvio involuntário de relações sexuais, agressão sexual e outros crimes. Ngoy, teria listado seu endereço mais recente como um abrigo para sem-teto na Filadélfia, foi detido sob fiança de US$ 18 mil (cerca de R$ 100 mil) e tem uma audiência agendada para 25 de outubro, informou a mídia local.

Ngoy afirma que o encontro foi consensual, mas a mulher nega. O crime ocorreu depois que a vítima tomou algumas cervejas após o trabalho e por engano embarcou no trem errado às 21h15. Minutos depois, Ngoy entrou no trem, sentou-se ao lado dela onde o assédio teria iniciado.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Altamira - PA
Atualizado às 14h54 - Fonte: Climatempo
28°
Céu encoberto

Mín. 24° Máx. 32°

32° Sensação
6 km/h Vento
84% Umidade do ar
90% (20mm) Chance de chuva
Amanhã (08/12)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 23° Máx. 30°

Sol com muitas nuvens e chuva
Quinta (09/12)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 23° Máx. 31°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.