Baixe o APP vale do Xingu

Quinta, 16 de Setembro de 2021 20:52
93 99192-6623
Pará Doença de Haff

Doença da urina preta: cidade do Pará proíbe por tempo indeterminado venda de pescado

Medida abrange três espécies peixes capturados em rios e lagos do Amazonas

08/09/2021 15h37
Por: confirmanoticia
Tambaqui foi um dos peixes proibidos (Jefferson Cristofoletti / Embrapa)
Tambaqui foi um dos peixes proibidos (Jefferson Cristofoletti / Embrapa)

Depois da morte de um homem em Santarém, a Prefeitura Municipal de Juruti, no Pará, decidiu proibir, por tempo indeterminado, o consumo e comercialização das espécies de peixe pirapitinga, pacu e tambaqui, capturadas em rios e lagos do Amazonas, inclusive as criadas em cativeiro. 

A decisão é para prevenir o contágio da Doença de Haff, conhecida como “Doença da Urina Preta”.

O Mototaxista Genivaldo Cardoso de Azevedo, de 55 anos, morreu na manhã de terça-feira (7) com suspeita da Síndrome. Ela é causada por uma toxina que pode ser encontrada em determinados peixes como o tambaqui, o badejo e a arabaiana ou crustáceos (lagosta, lagostim, camarão). Quando o peixe não foi guardado e acondicionado de maneira adequada, ele cria uma toxina sem cheiro e sem sabor.

Os peixes de outras espécies e aqueles oriundos da pscicultura de Juruti, continuam liberados. 

Genivaldo estava internado no Hospital Municipal de Santarém, no oeste do Pará. Segundo amigos de Genivaldo, ele teria comido peixe no fim de semana e horas depois começou a sentir os primeiros sintomas. No laudo médico foi atestada a morte como "infecção generalizada".

O quadro clínico do paciente foi considerado delicado. Ele foi levado para o setor de estabilização, mas não resistiu e morreu. 

 O Hospital informou que o paciente apresentou os primeiros sintomas e deu entrada na Unidade de Pronto Atendimento (UPA-24h) no dia 5 de setembro. Genivaldo se queixava de dores musculares nas pernas semelhantes a cãimbras. Ele recebeu atendimento, melhorou o quadro e foi liberado. Mas, o paciente piorou e deu entrada na nova unidade hospitalar durante a madrugada de segunda-feira (6). 

Surto da doença

Recentemente casos apareceram em Manaus. Segundo reportagem da BBC, desde 22 de agosto, dezenas de moradores do local apresentam um quadro chamado rabdomiólise, marcado pela destruição das fibras que compõem os músculos do corpo.Continua depois da publicidade

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Santarém - PA

Santarém - Pará

Sobre o município
Santarém é uma pequena cidade no estado brasileiro de Pará, onde o rio Tapajós se encontra com o rio Amazonas. É possível observar este fenómeno do "encontro das águas" da Praça do Mirante do Tapajós, no topo da colina. À beira-rio, o Centro Cultural João Fona possui relíquias da antiga cultura indígena de Tapajós. Nas proximidades, o Museu Dica Frazão exibe os têxteis que a artista brasileira Dica Frazão cria com materiais naturais. Área: 17.898 km² População: 306.480 (2020)
Altamira - PA
Atualizado às 20h36 - Fonte: Climatempo
29°
Pancada de chuva

Mín. 24° Máx. 34°

31° Sensação
9.6 km/h Vento
56.7% Umidade do ar
83% (5mm) Chance de chuva
Amanhã (17/09)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 24° Máx. 36°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Sábado (18/09)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 24° Máx. 35°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.