Wednesday, 04 de August de 2021 08:30
93 99192-6623
Pará Pacajá

Acidente de trabalho ou crime? Polícia investiga queda de torre

Os sete trabalhadores mortos já foram enterrados nas cidades de origem, só um era morador do Pará

20/07/2021 15h11 Atualizada há 2 semanas
Por: confirmanoticia
Foto: divulgação
Foto: divulgação

A Polícia Civil aguarda resultados da perícia para ter algumas respostas sobre a queda de duas torres de transmissão de energia. O acidente aconteceu em Pacajá, sudoeste do estado e matou 7 trabalhadores.

Dia 16 de julho, duas torres de transmissão de energia que estavam sendo instaladas acabaram desabando, matando 7 trabalhadores, em Pacajá, sudoeste do Pará.

Desde o dia do acidente, a Polícia Civil tem informações e não descarta hipóteses sobre o que teria acontecido. As autoridades querem saber se a tragédia foi um acidente de trabalho ou crime e assim poder identificar as causas e responsáveis.

Peritos criminais do Núcleo de Engenharia Aplicada do Centro de Perícias Científicas Renato Chaves concluíram a coleta no local do acidente. Entre as perícias solicitadas está a que envolve constatação de danos, verificando se a estrutura das torres era capaz de sustentar todo o sistema de cabeamento da linha de alta tensão que está sendo construída.

O resultado deve sair em 15 dias. A obra estava executada por uma empresa terceirizada na construção das torres para o projeto Novo Estado, do governo federal. A Polícia Civil já ouviu testemunhas sobre o caso.

12 pessoas trabalhavam no momento da queda das torres de transmissão de energia, que ainda não estavam energizadas. Cada uma delas tinha cerca de 40 metros, o que equivale a um prédio de 12 andares. Com exclusividade, este funcionário que prefere não se identificar, relatou que percebeu algo estranho momentos antes do acidente.

"Lá em cima a torre estava se balançando. Ai eu vi quando torre onde nós estava, quase cai também[sic]."

Mas tava agarrada uma na outra?

"Não, pô! É porque é uma linha, aí a linhas e os cabos desceu tudo [sic]. Aí as outras torres foram soltas’’, contou o profissional. 

Os feridos seguem internados e no Hospital Regional de Tucuruí e em Altamira, no Hospital Regional Público da Transamazônica, onde dois estão na UTI e um na ala da enfermaria.

Os sete trabalhadores mortos já foram enterrados nas cidades de origem, só um era morador do Pará, na cidade de Goianésia, Sudeste do Estado. Os demais eram naturais do Nordeste.

No interior do Sergipe, duas vítimas, Oziel da Silva Passos e Expedito Bezerra dos Santos Filho. O adeus abalou a pequena cidade de Carira. Um dos funcionários tinha apenas 23 anos. 

Na postagem, em uma rede social, uma prima diz que por pouco o irmão dele também não poderia ter sido vítima da tragédia, ele faltou o serviço por apresentar reações da vacina contra a covid-19. 

Alex da Natividade Rodrigues também morreu deixando um filho de 4 anos a esposa.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Pacajá - PA

Pacajá - Pará

Sobre o município
Pacajá é um município brasileiro do estado do Pará, pertencente à Mesorregião do Sudoeste Paraense. Área: 11.832 km² População: 48.414 (2020) Municípios limítrofes: Portel (N), Tucuruí, Baião (L), Novo Repartimento (S) e Anapu (O)
Altamira - PA
Atualizado às 08h19 - Fonte: Climatempo
24°
Poucas nuvens

Mín. 22° Máx. 32°

24° Sensação
1.9 km/h Vento
100% Umidade do ar
67% (2mm) Chance de chuva
Amanhã (05/08)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 22° Máx. 33°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Friday (06/08)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 23° Máx. 34°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.