Sábado, 19 de Junho de 2021 03:37
93 9192-6623
Geral Pará

Valor Bruto da Produção do Pará pode atingir a marca de R$ 25,06 bilhões até fim deste ano

O Pará é o estado da região Norte com o maior Valor Bruto da Produção (VBP). De acordo com os dados elaborados pelo Núcleo de Planejamento/Estatísticas da Secretaria de Desenvolvimento Agropecuário e da Pesca (Sedap), o VBP paraense em 2020...

12/05/2021 08h36
Por: Redação Fonte: Secom Pará

O Pará é o estado da região Norte com o maior Valor Bruto da Produção (VBP). De acordo com os dados elaborados pelo Núcleo de Planejamento/Estatísticas da Secretaria de Desenvolvimento Agropecuário e da Pesca (Sedap), o VBP paraense em 2020 foi de quase R$ 22 bilhões. Até o final do ano, de acordo com as projeções do estudo, o Pará pode atingir um VBP de R$ 25,06 bilhões, ou seja, um aumento de 16,02%.

O VBP é um índice de frequência anual e mostra a evolução do desempenho das lavouras e da pecuária ao longo do ano. Corresponde ao faturamento bruto dentro do estado. É calculado com base na produção da safra, com informações do Levantamento Sistemático da Produção Agrícola (LSPA/IBGE) e na pecuária – com base nas pesquisas trimestrais do abate de animais, do leite e produção de ovos de galinhas e nos preços recebidos pelos produtores nas principais praças do país.

De acordo com o estudo da Sedap, os produtos agrícolas comercializados no Brasil e que são usados como referências para levantamento do VBP são: algodão, amendoim, arroz, banana, batata (inglesa), cacau, café total, café arábica, café conilon, cana-de-açúcar, cebola, feijão, fumo, laranja, mamona, mandioca, milho, pimenta-do-reino, soja, tomate, trigo e uva. Já na pecuária bovinos, suínos, frango, leite e ovos.

O responsável pela elaboração do estudo pela Sedap, João Ulisses da Silva, que é estatístico do Núcleo de Planejamento da secretaria, informou que o valor real da produção, descontada a inflação, é obtido pelo Índice Geral de Preços – Disponibilidade Interna (IGP-DI) da Fundação Getúlio Vargas. A periodicidade é mensal com atualização e divulgação até o dia 15 de cada mês, pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA). O cálculo é feito em cima do valor médio de mercado de cada um dos produtos.

O levantamento foi desenvolvido pelo Setor de Estatística da Sedap, conforme explica Ulisses, “com o objetivo em subsidiar de informações a gestão governamental do setor agropecuário na tomada de decisão de suas ações além de manter a comunidade interessada informada. Este boletim informativo tem como temática apresentar o Valor Bruto de Produção nacional e paraense e seus principais produtos”, informou o estatístico.

Destaques- Segundo o estudo, dos R$ 25,06 bilhões previstos, R$ 12,68 bilhões são alusivos às lavouras (50,59% do VBP Pará) e R$ 12,38 bilhões da pecuária (49,41%). O acréscimo projetado em relação ao ano de 2020 é de 16,02%, portanto, um ganho superior ao do Brasil que é de 12,61%. Nas lavouras paraenses, o ganho previsto é de 26,37% e na pecuária de 7,04%. 

Essa projeção, segundo explica Ulisses da Silva, foi feita com base nos dados atualizados até o mês de abril. Em relação ao ranking do Valor Bruto de Produção alusivo às Unidades Federativas, o Pará está listado em 10º lugar (2,37%) sendo que o estado do Mato Grosso é o que lidera o VBP com um índice de 17,42%.

 

Por: Rose Barbosa (Ascom/Sedap) 

 

Por Governo do Pará (SECOM)
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Altamira - PA
Atualizado às 03h20 - Fonte: Climatempo
23°
Poucas nuvens

Mín. 22° Máx. 32°

23° Sensação
7.7 km/h Vento
92.3% Umidade do ar
90% (8mm) Chance de chuva
Amanhã (20/06)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 22° Máx. 31°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Segunda (21/06)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 22° Máx. 32°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.