Segunda, 12 de Abril de 2021 12:25
93 9192-6623
Placas Crime cibernético

Polícia investiga caso de Adolescentes que foram expostas em vídeos

Vídeos ofensivos estão causando confusão na cidade de Placas

01/03/2021 11h08 Atualizada há 1 mês
Por: Jornalismo
Polícia investiga caso de Adolescentes que foram expostas em vídeos

As imagens são ofensivas, mostram as adolescentes, a maioria menor de 16 anos. Com as imagens, quem produziu o material também incluiu fases pejorativas, que põe me cheque a reputação das vítimas.

 A mãe de uma adolescente de 13 anos, conta que pelo menos nove vídeos já foram identificados, e todos foram entregues à polícia. Além das adolescentes, agora as ofensas estariam sendo direcionadas a outras pessoas, o que gerou ainda mais confusão.

 As produções são amadoras e utilizam imagens baixadas das redes sociais das vítimas. Os vídeos são montados com ajuda de aplicativos gratuitos de celular. A polícia já recebeu informações sobre os contatos que publicam os vídeos, e também dos números que são utilizados para compartilhar o material.

 Segundo o estatuto da criança e do adolescente, divulgar imagens de menores crianças e adolescentes sem o uso de artifícios que possam impedir a sua identificação é considerado infração administrativa prevista no artigo 247 do ECA. A lei de crimes cibernéticos prevê punição para essa prática, que se popularizou com a lei Carolina Dieckman, após as fotos da atriz vazarem de forma criminosa nas redes sociais.

 

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.