Segunda, 25 de Janeiro de 2021
93 9192-6623
Pará Servidores

Servidores aprovam suspensão da greve no Detran

Servidores aprovam suspensão da greve no Detran

12/03/2020 18h50 Atualizada há 10 meses
4
Por: confirmanoticia

Após 53 dias de greve, os servidores do Departamento Estadual de Trânsito do Pará (Detran-PA) aprovaram a suspensão do movimento paredista em assembleia geral, na manhã desta quinta-feira, 12, no acampamento montado em frente ao prédio sede do órgão, na Avenida Augusto Montenegro, em Belém. A deliberação foi motivada com a aprovação, pela categoria, do Termo de Acordo firmado entre o Sindicato dos Trabalhadores de Trânsito do Pará (Sindtran/PA), o chefe da Casa Civil do Estado, Parsifal Pontes, e a secretária adjunta de Planejamento e Administração, Thainná Alencar, que contemplou vários itens da pauta de reivindicações dos servidores.

A assembleia foi iniciada no dia anterior, na quarta-feira, 11, mas foi suspensa e retomada nesta quinta-feira, 12, para aguardar o fim da mesa de negociação com o governo, que foi iniciada também na quarta-feira, na Casa Civil, com a participação do deputado estadual Chicão (MDB), líder do governo na Assembleia Legislativa do Pará, e da deputada Marinor Brito (PSOL).

O acordo garante a recuperação de parte das perdas inflacionárias da gratificação de trânsito e uma mesa permanente de negociação com a Casa Civil, Seplad, Secretaria de Estado de Fazenda (Sefa) e Detran com o Sindtran que irá tratar de outros itens da pauta dos servidores da autarquia de trânsito, como o projeto revisional do Plano de Cargos, Carreira e Remuneração (PCCR) da categoria; a realização de concurso público regionalizado ainda este ano; e o plano de investimentos no Detran, entre outros assuntos.

"A nossa greve é  vitoriosa! Contamos com uma comunicação solidária e militante nas redes sociais. Fomos ousados ao enfrentar o atual governo. Reunimos a coragem e a organização de uma categoria aguerrida para denunciar e lutar contra o desmonte e privatização do Detran, pois enquanto eles cultuam o lucro, nós valorizamos a vida", comemorou o presidente do Sindtran, Denis Sampaio.

"A mesa de negociação foi bem sucedida, pois foi firmado um acordo oficial, assinado pelas partes, garantindo que ao longo do semestre a nossa pauta será discutida e implementada", afirma o diretor jurídico do Sindtran, Élison Oliveira. "A  pauta de reivindicações passa pela valorização do servidor, como a atualização do nosso Plano de Carreira, lei criada em 2014, mas nunca implementada. Mais do que isso, queremos qualidade e eficiência no atendimento ao público, queremos garantia da segurança viária para humanizar o trânsito", completa.

(Assessoria)

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias