Quarta, 27 de Janeiro de 2021 22:53
93 9192-6623
Geral Produção

Produção de cacau orgânico ganha destaque na região

Produção de cacau orgânico ganha destaque na região

26/03/2019 09h26 Atualizada há 2 anos
16
Por: confirmanoticia
Produção de cacau orgânico ganha destaque na região

Paulo Barbosa é produtor de cacau há 30 anos, em Vitória do

Xingu, e há mais de 10 anos decidiu mudar do cultivo tradicional para o

orgânico. A decisão de se livrar dos agrotóxicos mudou a forma de fazer

negócios. São 15 hectares com sistema agroflorestal, investimentos que

aumentaram os lucros.

São 15 mil pés de cacau na propriedade. Por safra, a média de

produção gira em torno de 900 gramas por pé. Se antes o cacauicultor  comercializava o quilo da amêndoa em uma

média de R$9, hoje, o valor quase dobrou, são R$16 pelo quilo do produto.

O seu Paulo faz parte das 115 famílias que são acompanhadas pela Cooperativa Central de Produção Orgânica da Transamazônica e Xingu. Já são 1000 hectares de área plantada. Além de incentivar produtores para o cultivo sem agrotóxicos, a qualidade da amêndoa é outro ponto levado a sério pelos cooperados. Os produtores despacham as amêndoas para Suíça, Holanda e Itália, e querem ampliar o mercado.

Cacau é remédio contra o estresse

O cacau,

quando consumido de maneira e quantidade certas, estimula a produção de

hormônios voltados para a sensação de prazer e bem-estar, chamados dopamina e

serotonina. Até então, um benefício dos grandes em tempos de estresse nas

alturas. Mas imagine que aliado à função relaxante, ele também oferece

vantagens funcionais ligadas ao seu poder antioxidante.

Saiba

que ele também possui flavonoides, substância que combate os radicais livres e

o envelhecimento precoce das células do corpo. Isso sem falar nas propriedades

vasodilatadoras, capazes de melhorar a circulação sanguínea e estimular uma

melhora naquela disposição do dia a dia. Esse famoso “xô, preguiça” atribuído

ao fruto também diz respeito à quantidade de cafeína, responsável por ativar o

sistema nervoso central. “Tudo isso melhora a circulação sanguínea e favorece o

bom funcionamento das artérias e do coração”, reforça a nutricionista Aline

Gomes.

O melhor consumo

Em meio a tanto contexto positivo, comer chocolate logo parece ser uma atitude saudável e das mais prazerosas, certo? Depende. “Quanto maior o teor de cacau, mais benéfico é o produto, com versões no mercado de até 80% da fruta na sua composição. Ainda assim, segundo a Anvisa, obrigatoriamente o produto deve apresentar o mínimo de 25% de cacau”, explica Gomes, ao lembrar a existência de outros ingredientes neste tipo de receita, como açúcar e gordura, que aumentam as calorias.

Para

a nutricionista Lisianny Cocri, a melhor forma de aproveitar os atrativos

nutricionais é através do consumo in natura. “Ele tem sabor mais ácido e é mais

claro do que o cacau alcalino, aquele que, ao passar pelo processo de

alcalinização, diminui a quantidade de polifenóis e seus efeitos benéficos.

Pode ser aproveitado tanto em pó, como em nibs”, orienta.

Ainda de acordo com a especialista, o rótulo do cacau em pó deve informar se o produto é alcalino. “Quando não tem, supomos que seja natural”, completa. Já o nibs sofre menor processamento, logo costuma ser o mais indicado para consumo. “Mas, cuidado, a fruta tem efeito estimulante, além de poder ser contaminado com fungos que podem sobrecarregar a função hepática e renal. Então, nada de comer em excesso e, à noite, ter cuidado na quantidade para não perder o sono”, alerta Cocri. ( Fonte: Folha PE)

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Altamira - PA
Atualizado às 22h44 - Fonte: Climatempo
24°
Muitas nuvens

Mín. 23° Máx. 30°

24° Sensação
8.6 km/h Vento
100% Umidade do ar
90% (15mm) Chance de chuva
Amanhã (28/01)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 23° Máx. 31°

Sol com muitas nuvens e chuva
Sexta (29/01)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 23° Máx. 32°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.