Baixe o APP vale do Xingu

Domingo, 16 de Janeiro de 2022 07:57
93 99192-6623
Polícia Investigação

Garçom assassinado: atirador foi identificado e segue foragido

Investigação aponta que primos teriam sido mortos por engano

14/01/2022 11h22 Atualizada há 2 dias
Por: Jornalismo Fonte: Por Karine Weil
Assassino do garçom momentos antes da execução - Foto: Reprodução
Assassino do garçom momentos antes da execução - Foto: Reprodução

Quatro meses se passaram e as investigações sobre a morte de Alessandro Teixeira de Oliveira, de 27 anos, continuam. Segundo com a Polícia Civil, o principal suspeito de ter assassinado o jovem é Jackson Silva Lemos, de 20 anos, conhecido como “Zé do Caixão”.

"A investigação continua, não foi encerrada. O autor dos disparos foi identificado, foi representado pela prisão preventiva. Foram feitas diversas diligencias no intuito de prender o indivíduo para que ele dê a versão aos fatos, para que a gente entenda toda demanda do crime, porém, encontra-se foragido. E a orientação que nós damos quanto Polícia Civil, é que se apresente espontaneamente com advogado ou desacompanhado de advogado, mas que se apresente porque nós vamos continuar as buscas insistentemente por ele até encontrá-lo", afirma o Delegado Mhoab Khayan.

A motivação do crime ainda é desconhecida. O assassinato aconteceu no dia 11 de setembro de 2021. O garçom trabalhava em um bar no bairro de Brasília. Ele atendia alguns clientes quando o atirador chegou ao estabelecimento e observou a vítima por alguns minutos e em seguida sacou a arma e atirou, sem se intimidar com a presença de outras pessoas.

LEIA TAMBÉM:

"A gente precisa desvendar a motivação de todos os envolvidos, é algo que ainda transita, o inquérito não foi encerrado, mas assim que nós conseguirmos todos os elementos desse desfecho criminoso nós vamos lançar pra dentro do inquérito e encaminhar pra Justiça"

Outro crime que segue sendo investigado é o caso dos primos assassinatos a tiros na rodovia Transamazônica. De acordo com a polícia, João Marcos e Rafael Lira, ambos de 13 anos, teriam sido mortos por engano.

"O sigilo é extremamente importante pro inquérito, porém, o que nós podemos dizer é que tem medidas cautelares representadas pro Poder Judiciário, nós estamos aguardando um posicionamento do Poder Judiciário, pra cumprir essas medidas cautelares, pra diante disso, identificar os autores, recuperar objetos que vá levar a autoria dos criminosos", explica o delegado.

Os primos retornavam do bairro Buriti e trafegavam em uma moto pela BR-230. João Marcos, que era o garupa, foi atingindo por dois tiros nas costas e dois de raspão no ombro e braço. Já Rafael, quem conduzia a moto, foi morto também com dois tiros. O pai de João Marcos estava em um carro que seguia logo à frente dos meninos, que levavam a moto para conserto, até o centro da cidade. As informações que possam ajudar a polícia a chegar até o “Zé do Caixão” ou até os criminosos que mataram os primos, podem ser feitas ao 181 ou 190

"A população sempre nos ajuda, o que nós pedimos é que continue ajudando ligando no 181 ou mesmo no 190, informando o possível paradeiro desse indivíduo, porque vai tá tirando um indivíduo extremamente perigoso da sociedade e vai tá ajudando a polícia pra concluir as investigações. O sigilo é sempre mantido da identificação dos denunciantes, então nós temos uma lei que os protege, jamais revelamos sua identidade"

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Altamira - PA

Altamira - Pará

Sobre o município
Altamira é um município brasileiro localizado no estado do Pará, na Região Norte do país. Sua população estimada em 2018 era de 113 195 habitantes. Com uma área de 159 533,328 km², segundo o IBGE em 2017, posiciona-se como o município mais extenso do Brasil.
Altamira - PA
Atualizado às 07h43 - Fonte: Climatempo
23°
Céu encoberto

Mín. 24° Máx. 31°

23° Sensação
9.1 km/h Vento
100% Umidade do ar
90% (13mm) Chance de chuva
Amanhã (17/01)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 23° Máx. 32°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Terça (18/01)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 23° Máx. 30°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.