Baixe o APP vale do Xingu

Domingo, 16 de Janeiro de 2022 07:06
93 99192-6623
Educação Deteriorada

Escola de ensino médio espera por reforma há dois anos no Ruc Jatobá

Prédio sofre com infiltrações e alagamentos

13/01/2022 21h30 Atualizada há 2 dias
Por: Jornalismo Fonte: Por Karina Pinto
A Escola Estadual Odila de Sousa sofre com infiltrações e alagamentos - Foto: Reprodução
A Escola Estadual Odila de Sousa sofre com infiltrações e alagamentos - Foto: Reprodução

Dinheiro jogado fora? Esse é o questionamento feito pelo sindicato que representa os trabalhadores da educação, em Altamira e na região do Xingu.

“A situação da escola Odila de Sousa no Ruc Jatobá, é imagem mais nítida no nível de abandono que o Governo do Estado tem deixado na educação no interior, especificamente aqui em Altamira. Infelizmente essa escola já está há dois anos esperando o conserto desse telhado, e, não só o telhado, reparos necessários também”, explica o coordenador do Sintepp, Vitoriano Bill.

Construído no bairro Jatobá para atender aos estudantes que foram remanejados para aquela parte da cidade, o novo prédio é moderno, conta com laboratórios, quadra de esportes, uma área ampla para as atividades educacionais e deveria atender aos alunos da rede estadual de ensino.

O prédio está fechado, em 2020 uma ventania levou metade do telhado deixando parte do prédio completamente exposto. Sem segurança e com problemas de infiltrações, basta chover para cenas como essas serem registradas.

Com menos de 8 anos de fundação, a escola Odila de Sousa deveria atender cerca de 250 alunos, mas com as portas fechadas há dois anos, os alunos seguem recebendo o conteúdo de forma remota. A situação levou o Sintepp a denunciar o caso à 10ª Unidade Regional de Educação, que representa a Seduc na região, e fazer um pedido formal ao governo do estado, solicitando urgência na reforma dessa e de outras escolas.

“Há dois anos esses alunos não conseguem estudar de maneira presencial por falta da reforma que prédio necessita. E assim, alguns estão se formando sem ter tido aulas presenciais. E não é só a escola Odila de Sousa, se a gente for observar por exemplo, a Escola Estadual Getúlio Vargas, aqui no centro da cidade, o prédio dessa escola tá em situação decadente. Os alunos sem condições de aprendizagem, os professores sem condições de trabalho dignas”

Com a chegada de mais um inverno, a possibilidade dos alunos em retornarem para a sala de aula ainda no primeiro semestre de 2022, ficou ainda mais distante.

A Secretaria de Estado de Educação (Seduc) se pronunciou por meio de nota e informou que “vai enviar uma equipe técnica até a Escola Estadual Odila de Sousa, em Altamira, para fazer o levantamento das intervenções necessárias no local. Ressalta, ainda, que a unidade escolar está incluída no cronograma de obras para que seus espaços de aprendizagem sejam reconstruídos.

Por fim, vale ressaltar que desde janeiro de 2019, o Governo do Estado, por meio da Seduc, já entregou 86 escolas novas ou reconstruídas em diversas regiões, o que reafirma cada vez mais o compromisso do Executivo Estadual com a educação pública paraense.”

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Altamira - PA

Altamira - Pará

Sobre o município
Altamira é um município brasileiro localizado no estado do Pará, na Região Norte do país. Sua população estimada em 2018 era de 113 195 habitantes. Com uma área de 159 533,328 km², segundo o IBGE em 2017, posiciona-se como o município mais extenso do Brasil.
Altamira - PA
Atualizado às 07h02 - Fonte: Climatempo
24°
Poucas nuvens

Mín. 24° Máx. 31°

24° Sensação
9.1 km/h Vento
90.2% Umidade do ar
90% (13mm) Chance de chuva
Amanhã (17/01)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 23° Máx. 32°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Terça (18/01)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 23° Máx. 30°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.