Baixe o APP vale do Xingu

Domingo, 16 de Janeiro de 2022 07:29
93 99192-6623
Saúde Denúncia

Sangrando há dois anos, altamirense precisa de cirurgia de retirada do útero

Elizabeth aguarda debilitada, uma ligação do hospital para o procedimento

07/01/2022 15h18 Atualizada há 1 semana
Por: Jornalismo Fonte: Por Karina Pinto
Elizabeth Pereira Alves aguarda por dois anos, uma cirurgia de retirada do útero - Foto: Reprodução
Elizabeth Pereira Alves aguarda por dois anos, uma cirurgia de retirada do útero - Foto: Reprodução

Elizabeth Pereira Alves está prestes a completar 49 anos, dois deles de muito sofrimento. Deitada em sua cama, e sem poder trabalhar, estudar, ou fazer tarefas simples dentro de casa, ela pede ajuda, e diz que já não aguenta mais essa situação.

Com problemas sérios de saúde, há dois anos Elizabeth notou que havia algo de errado com seu útero. Além de fortes dores, o sangramento anormal passou a causar muita preocupação. Após realizar uma série de exames ela descobriu os miomas, e ouviu da médica que ela precisava fazer uma histerectomia.

Após realizar todos os exames, ela recebeu a indicação médica para a cirurgia. O exame que indica que há ou não risco diante do procedimento também foi feito, e mostrou que ela estaria apita a fazer a remoção total do útero. Mas o tempo foi passando, e os problemas se agravando. Em registros feito durante o banho, ela mostra sua rotina, a perda considerável de sangue, que chega a assustar.

Elizabeth apresenta muita perda de sangue durante o banho - Foto: Reprodução
Elizabeth apresenta muita perda de sangue durante o banho - Foto: Reprodução

Os miomas, ou a miomatose uterina afeta entre 50% e 80% das mulheres em idade reprodutiva. Essa inflamação ocorre com a formação de espécies de bolhas dentro do útero, causando sangramento anormal, dores abdominais, e em alguns casos até a infertilidade. Em boa parte dos casos, segundo especialistas, esses tumores benignos reduzem de tamanho após a menopausa, mas em algumas mulheres, os efeitos podem ser devastadores.

Em dezembro, após várias tentativas para realizar o procedimento pelo SUS, em Altamira, Elizabeth recebeu mais uma ligação do hospital. Sem resposta, a família inteira está angustiada.

"Desde o início de dezembro que o hospital liga dizendo que ‘tal dia a gente vai te chamar pra cirurgia, vai ficando atenta aí’. Aí tava marcada pro dia 26, do dia 26 foi marcado pro dia 1º”, afirma Elizabeth. “Eu já não tô dormindo, minha mãe já não tá dormindo a gente já não tá bem psicologicamente por conta disso tudo”.

A prefeitura de Altamira, por meio da Secretaria Municipal de Saúde informou por meio de nota “que a paciente já está com a consulta marcada para o dia (11), as oito horas da manhã no ambulatório do Hospital Geral de Altamira, com profissional obstetra que realizará a avaliação e o exame clínico da paciente, e consequentemente agendará a cirurgia ainda para este mês de janeiro”.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Altamira - PA

Altamira - Pará

Sobre o município
Altamira é um município brasileiro localizado no estado do Pará, na Região Norte do país. Sua população estimada em 2018 era de 113 195 habitantes. Com uma área de 159 533,328 km², segundo o IBGE em 2017, posiciona-se como o município mais extenso do Brasil.
Altamira - PA
Atualizado às 07h23 - Fonte: Climatempo
23°
Céu encoberto

Mín. 24° Máx. 31°

23° Sensação
9.1 km/h Vento
100% Umidade do ar
90% (13mm) Chance de chuva
Amanhã (17/01)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 23° Máx. 32°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Terça (18/01)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 23° Máx. 30°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.