Norte Energia doa mais de 1.400 novos testes para Covid-19 à Sespa

A Norte Energia, operadora da Usina Hidrelétrica Belo Monte, doou mais 1.475 testes rápidos ao 10ª Centro Regional da Secretaria de Saúde Pública do Estado do Pará (SESPA), em Altamira. A
entrega, realizada na manhã desta quarta-feira (29), faz parte de um investimento de mais de R$ 6 milhões realizados pela empresa, revertidos em materiais, equipamentos e insumos para apoiar o enfrentamento à Covid-19 em municípios da Transamazônica e Xingu.

Com a nova entrega, a empresa totaliza 20.280 testes rápidos para detecção de Covid-19 entregues à SESPA, além de 10 leitos de UTI completos; dois respiradores de transporte e cinco camas manuais com colchões impermeáveis, além de 187,8 mil Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), como máscaras descartáveis, aventais, toucas, óculos de proteção e macacões de segurança
impermeáveis.

“Essa parceria com a Norte Energia é de fundamental importância não só para a regional como para todo o Xingu e Transamazônica. Sabemos que alguns municípios têm certa dificuldade financeira para conseguir materiais, principalmente teste rápido, assim que recebemos os produtos encaminhamos aos municípios para fazer o monitoramento da Covid-19”, afirma Iraldo Florêncio,
diretor adjunto do 10° Centro Regional da Sespa.

O Superintendente de Relações Institucionais da Norte Energia, Eduardo Camillo, destacou que a parceria e doações de insumos à Sespa reforça as políticas públicas de saúde na região da UHE Belo Monte, especialmente no combate ao novo coronavírus. “É de suma importância firmar esta parceria com a Sespa, com doações que chegam em um momento importante de combate à
Covid-19. Com esta iniciativa, a Norte Energia reforça seu compromisso de empreendedor ao atender, junto à secretaria, a infraestrutura de saúde da região influenciada pelo empreendimento e a qualidade de vida da população”, destacou o executivo.

(Assessoria)

Usuários reclamam de fila para atendimento na Caixa Econômica

Em vídeo feito por um cliente da agência é possível ver a situação, centenas de pessoas aguardam na calçada, em frente à agência, sob sol forte.

A agência fica no centro comercial de Altamira, o horário de funcionamento é das 10h às 15h e funciona de segunda a sexta-feira para atendimentos diversos, mas, desde o início do pagamento das parcelas do auxílio emergencial, o fluxo mudou, e as filas se tornaram uma rotina.

O problema, dizem os usuários, é que mesmo fora dos dias de pagamento do auxílio, a espera continua. Quem buscou atendimento na agência nesta terça-feira 29, precisou ter paciência, a fila dobrou o quarteirão, e ao contrário do que acontece aos sábados, quando o atendimento é exclusivamente para o pagamento do auxílio emergencial, na terça, a fila não andou, e muita gente foi obrigado a voltar para casa sem conseguir entrar no prédio,

Nesta segunda-feira (28) o governo federal divulgou o calendário de pagamento da 6ª parcela do auxílio para beneficiários cadastrados pelo site, pelo cadastro único ou aplicativo caixa tem, os pagamentos começam nesta quarta-feira para os nascidos em janeiro, e a previsão de mais filas aqui na agência,

De acordo com o governo federal, 27 milhões de brasileiros irão receber mais quatro parcelas de R$ 300 ou R$ 600, em caso de mães chefes de família, enquanto isso, muitos beneficiários que ainda esperam receber a terceira, quarta e quinta parcelas, se aglomeram, descumprindo as medidas de distanciamento e colocando em risco a saúde em plena pandemia do novo coronavírus.

Calendário

Data de pagamento do benefícioMês de nascimento do beneficiário
30 de setembronascidos em janeiro
5 de outubronascidos em fevereiro
7 de outubronascidos em março
9 de outubronascidos em abril
11 de outubronascidos em maio
14 de outubronascidos em junho
16 de outubronascidos em julho
21 de outubronascidos em agosto
25 de outubronascidos em setembro
28 de outubronascidos em outubro
29 de outubronascidos em novembro
01 de novembronascidos em dezembro

Ciclo 4- crédito em poupança social

Data de pagamento do benefícioMês de nascimento do beneficiário
30 de outubronascidos em janeiro
4 de novembronascidos em fevereiro
5 de novembronascidos em março
6 de novembronascidos em abril
8 de novembronascidos em maio
11 de novembronascidos em junho
12 de novembronascidos em julho
13 de novembronascidos em agosto
15 de novembronascidos em setembro
16 de novembronascidos em outubro
18 de novembronascidos em novembro
20 de novembronascidos em dezembro

Ciclo 3 e 4 – Saque em dinheiro

Data de pagamento do benefícioMês de nascimento do beneficiário
07 de novembronascidos em janeiro/fevereiro
14 de novembronascidos em março
21 de novembronascidos em abril/maio
24 de novembronascidos em junho
26 de novembronascidos em julho
28 de novembronascidos em agosto/setembro
01 de dezembronascidos em outubro
05 de dezembronascidos em novembro/dezembro

Ciclo 5 – crédito em poupança social

Data de pagamento do benefícioMês de nascimento do beneficiário
22 de novembronascidos em janeiro
23 de novembronascidos em fevereiro
25 de novembronascidos em março
27 de novembronascidos em abril
29 de novembronascidos em maio
30 de novembronascidos em junho
02 de dezembronascidos em julho
04 de dezembronascidos em agosto
06 de dezembronascidos em setembro
09 de dezembronascidos em outubro
11 de dezembronascidos em novembro
12 de dezembronascidos em dezembro

Ciclo 6 – Crédito em poupança social

Data de pagamento do benefícioMês de nascimento do beneficiário
13 de dezembronascidos em janeiro/fevereiro
14 de dezembronascidos em março
16 de dezembronascidos em abril
17 de dezembronascidos em maio
18 de dezembronascidos em junho
20 de dezembronascidos em julho/agosto
21 de dezembronascidos em setembro
23 de dezembronascidos em outubro
28 de dezembronascidos em novembro
29 de dezembronascidos em dezembro

 

Ciclo 5 e 6 – saque em dinheiro

Data de pagamento do benefícioMês de nascimento do beneficiário
19 de dezembronascidos em janeiro/fevereiro
04 de janeironascidos em março
06 de janeironascidos em abril
11 de janeironascidos em maio
13 de janeironascidos em junho
15 de janeironascidos em julho
18 de janeironascidos em agosto
20 de janeironascidos em setembro
22 de janeironascidos em outubro
25 de janeironascidos em novembro
27 de janeironascidos em dezembro

 

Quem pode receber

A Medida Provisória (MP) 1.000/2020 fixou novos critérios para o pagamento das cotas adicionais . O governo endureceu algumas regras para o recebimento do auxílio. Quem já recebia o benefício não precisa fazer um novo cadastro para receber as novas parcelas, mas sua condição pode ser reavaliada. O governo também não vai abrir inscrições para novos beneficiários.

Dentre as mudanças que podem gerar reavaliação de beneficiários, quem conseguiu um emprego formal nos últimos meses, enquanto recebia as primeiras parcelas do auxílio, não poderá solicitar os novos pagamentos. O mesmo vale para aposentados. Também foram retirados da lista residentes no exterior.

O governo afirma ainda que vai verificar mensalmente a situação empregatícia dos beneficiários e cancelar o auxílio se necessário, o que foi uma solicitação do Tribunal de Contas da União (TCU).

Com as mudanças, em linhas gerais, pode receber o auxílio quem:

– Tem renda per capita (por pessoa) de no máximo meio salário mínimo, ou renda familiar de até três salários;

– Tem ao menos 18 anos. Há uma exceção para mães adolescentes, que podem receber o auxílio mesmo sendo mais jovens;

– Não recebeu benefícios como aposentadoria, seguro-desemprego ou conseguindo outro emprego durante o pagamento do auxílio nos últimos meses;

– Teve rendimentos tributáveis de no máximo 28.559,70 durante o ano de 2019 e não-tributáveis ou tributados direto na fonte (como parte do salário bruto) de 40.000 reais;

– Não tinha, no fim de 2019, casas, terrenos ou outras propriedades no valor de 300.000 reais;

– Não foi incluído em declarações do imposto de renda de terceiros na declaração enviada neste ano. É o caso de cônjuge, filho ou companheiro (com o qual o contribuinte tenha filho ou conviva há mais de cinco anos).

 

Duralex, marca dos pratos ‘inquebráveis’, está perto da falência

Na última quinta-feira (24), a Duralex, empresa de utensílios de vidro francesa, entrou com pedido de recuperação judicial no Tribunal Comercial de Orleães. O processo serve para tentar salvar a empresa, antes de decretar falência. A Duralex é conhecida pelos “pratos inquebráveis” e a marca é popular no Brasil.

A Duralex tem 75 anos. O CEO da empresa, Antoine Ioannidès, disse à imprensa francesa que a pandemia de Covid-19 impactou as exportações dos produtos. “Perdemos cerca de 60% do nosso faturamento com a cessação das exportações, que representam 80% do nosso negócio”, explicou.

Antes disso, a Duralex já sofria com baixo fluxo de caixa desde que precisou reduzir a produção industrial, em 2017, com a substituição de um alto-forno. A mudança gerou diversos problemas na linha de produção e na gerência da companhia.

“As dívidas da empresa no dia da abertura do processo estão congeladas. (…) Após o inventário de todos os recebíveis pelos representantes legais, a empresa poderá propor um plano de recuperação”, disse a administração da Duralex em carta aos funcionários, obtida pelo jornal francês Le Monde.

Na Duralex, há 248 empregados que, de acordo com o documento, ainda serão pagos. “Com a ajuda do Tribunal de Comércio de Orléans, continuaremos as negociações com os diversos compradores”, disse o presidente da Duralex.

História da Duralex

Criada em 1945, ao fim da Segunda Guerra Mundial, pelo grupo industrial Saint-Gobain, a Duralex inovou ao substituir as louças tradicionais pelo vidro.

O grande sucesso veio nas décadas de 1970 e 1980, com ganhos de mercado dos vidros “inquebráveis”. Mais tarde, em 1997, a Duralex foi vendida a um grupo italiano que ficou como controlador até 2005.

Em 2005, o empresário turco Sinan Solmaz tomou a operação. Dois anos depois, uma das fábricas francesas fechou. Em 2008, a empresa ameaçou entrar com um processo de recuperação judicial, mas acabou vendida para a atual administração.

A Duralex tinha mais de mil funcionários, passando a ter, nessa época, cerca de 260. Até 2018, a empresa conseguiu estabilizar as operações e queriam ampliar os negócios, abrindo uma nova fábrica. Mas o plano não se confirmou e as instalações apresentaram problemas, trazendo de volta os problemas financeiros, aumentandos agora pela pandemia de Covid-19.

(UOL)

Polícia prende homem suspeito de matar jovem em restaurante

Foi preso na tarde de segunda-feira (28) Maxwell dos Santos Dias, de 20 anos. Ele é o principal suspeito de ter atirado contra Vanuza Santana de Lima, de 26 anos.

Ele foi reconhecido por testemunhas, mas negou a participação no crime. Vanuza foi morta no último domingo quando dois homens entraram na cozinha do estabelecimento que ela trabalhava e efetuaram vários disparos, cerca de nove.

O delegado informou que Vanuza não tinha passagens pela polícia. O caso segue na investigação, a polícia agora trabalha para tentar identificar o outro suspeito. Em entrevista coletiva ele falou mais sobre a Vanuza, já que ela foi a terceira pessoa assassinada da família.

Ler mais…Polícia prende homem suspeito de matar jovem em restaurante

Hospital de Campanha encerra atividades em Altamira

Com dois pacientes internados na clínica médica, o Hospital de Campanha vai encerrar suas atividades nesta quarta-feira (30).

A unidade iniciou suas atividades no dia 17 de julho, e até agora atendeu 149 pacientes infectados pelo novo coronavírus. Foram 111 altas, e 22 óbitos registrados.

O convênio com o governo municipal foi celebrado no dia 19 de maio. Em 19 de junho a estrutura foi concluída e quase um mês depois, foi entregue à região, período em que Altamira chegava a marca de 70 óbitos e a região do Xingu possuía mais de 7.500 casos confirmados da doença.

Para garantir o funcionamento do HC foram implantados 60 leitos, sendo 50 clínicos e 10 de UTI, além de 6 respiradores que foram instalados para auxiliar pacientes em estado grave.

Durante sua operação a unidade registrou momentos de tensão com o registro de uma invasão. Um adolescente de 16 anos invadiu uma sala após pular o muro e levou objetos pessoais dos funcionários. O menor foi apreendido.

Em mais de dois meses de operação, um dos momentos mais marcantes da unidade foi a alta da paciente Teresa Toscano, de 94 anos, que apesar de todos os cuidados, morreu três dias após receber alta.

Outro momento marcante foi a alta do casal Francisca Rodrigues e Pedro Andrade que após ficarem internados vítimas da Covid-19 E deixaram a equipe emocionados ao saírem juntos e com saúde.

MEC publica edital para 50 mil vagas remanescentes do Fies

Está publicado no Diário Oficial da União desta terça-feira (29) o edital do processo de inscrição para cerca de 50 mil vagas remanescentes do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) para o 2º semestre de 2020. As inscrições serão abertas no dia 6 de outubro, exclusivamente na página do Fies. Os candidatos não matriculados em uma instituição de ensino superior podem se inscrever até as 23h59 do dia 13 de outubro. Para os já matriculados, o prazo vai até 13 de novembro.

Para se candidatar é necessário ter participado de uma das edições do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) a partir de 2010, ter obtido no mínimo 450 pontos na média das cinco provas do exame e não ter zerado a prova de redação. O interessado precisa ainda ter renda mensal bruta de até três salários mínimos por pessoa da família.

A ocupação das vagas, segundo o Ministério da Educação, será feita de acordo com a ordem de conclusão das inscrições. O candidato que precisar alterar informações depois da inscrição concluída no sistema terá de cancelar e fazer de novo o procedimento. Durante esse procedimento, a mesma vaga escolhida anteriormente poderá ser ocupada por outro candidato que concluir a inscrição antes.

Seduc realiza cadastramento de chips de internet para alunos do Ensino Médio

O Governo do Pará, por meio da Secretaria de Estado de Educação (Seduc), recebeu nesta segunda-feira (28) a última remessa dos chips de internet móvel que serão distribuídos para os alunos da 3ª série do Ensino Médio da rede estadual de ensino. Após a chegada dos chips, eles passarão por cadastramento, um a um, para a entrega aos estudantes.

A ação tem como intuito, auxiliar os estudantes no aprendizado remoto, dessa forma, garantindo a competitividade para realização do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), que será realizado no início de 2021. Cada aluno terá uma franquia de 20 gigas para usar.

Desde o último dia 5 de setembro, a Seduc iniciou a entrega dos chip’s, que ocorreu, primeiramente, para os estudantes concluintes do Ensino Médio da Escola Estadual Maria Uchôa Martins, em Santarém. A distribuição dos demais chip’s acontecerá nos próximos dias de outubro nas unidades da rede estadual de ensino.

Para usar o benefício, os estudantes deverão retirar pessoalmente os chips, mediante apresentação de documento de identidade e termo de compromisso, a ser datado e assinado no momento da entrega respeitando todos os protocolos sanitários de proteção contra o coronavírus, que incluem a utilização de máscara e o uso de caneta própria.

 

Projeto desafia quem deseja atravessar o rio Xingu

O grupo Botos do Xingu está realizando um desafio para quem deseja fazer a travessia do rio. Serão 12 quilômetros a nado.

Com um cenário lindo desse e o privilégio de ter a cidade banhada por um rio, não é difícil entender porque tanta gente está aderindo a natação.

O desafio é conseguir fazer a travessia da Ilha do capacete, que fica em frente à cidade, até a praia da orla. A prática de atividades físicas vem ganhando espaço e atraindo cada vez mais adeptos.

Confira a reportagem completa.

 

Envelope com notas falsas é apreendido em Senador José Porfírio

As trinta notas falsas estavam em um pacote. Todo o dinheiro somava o valor de três mil reais. A investigação apontou que o dinheiro chegou ao município de Senador José Porfírio através dos correios. A encomenda estava destinada a Vânio José Cometti Rodrigues, de 49 anos.

Foi à própria empresa que acionou a Polícia Militar, após suspeitar do envelope que foi enviado do estado de São Paulo. Vânio foi localizado em uma serraria da cidade que confirmou os dados, mas negou que a encomenda fosse dele.

Segundo a polícia, o dinheiro seria espalhado no comércio local. O suspeito foi levado para a delegacia de Polícia Civil, Vânio deve responder pelo crime de moeda falsa de acordo com artigo 289 do código penal, o inquérito agora será encaminhado à justiça federal.

Em 17 de setembro um homem foi preso em flagrante, também em Senador José Porfírio, com mais de mil reais em notas falsas que também chegaram pelos correios. A polícia investiga se o suspeito tem participação em uma organização criminosa que atua na fabricação e comercialização de dinheiro falso.

Jovem é assassinado no bairro Independente I

Um jovem foi assassinado no bairro jardim Independente I, na noite desta segunda-feira (28). Este já é o segundo homicídio em Altamira, em 24 horas.

Leandro Almeida de Sousa, 21 anos, foi vítima de tiros de arma de fogo na calçada, em frente a uma casa. Ele foi socorrido pelos bombeiros, e lavado ao Hospital Regional Público da Transamazônica, mas não resistiu. A polícia ainda aguarda informações de testemunhas para saber como o crime aconteceu.

Segundo a polícia, a vítima foi atingida com aproximadamente seis tiros, um deles atingiu a região da cabeça. Próximo ao local onde aconteceu o crime há câmeras de segurança que podem ajudar a polícia na investigação do caso.

Mulher é assassinada no bairro Brasília em Altamira

No último domingo, Vanuza Santana de Lima, 26 anos, foi assassinada dentro da cozinha de um estabelecimento onde trabalhava. Sobre o assassinato de Vanuza, o delegado Davi Flávio informou que já efetuou a prisão de um suspeito, em coletiva deu detalhes sobre a investigação.