Saída temporária no Pará vai ter início no dia 22 de agosto

Já está definida a data para a retomada das saídas temporárias no sistema penitenciário paraense: dia 22 de agosto. Em reunião na última terça-feira (11), o corpo diretivo da Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) junto aos diretores das unidades prisionais liberadas para a retomada do benefício da saída temporária referente ao Dia dos Pais, bem como o retorno desta.

Nesta reunião, foram definidos os pontos principais quanto à segurança, à logística e à preservação da saúde dos internos, procedimentos estes que deverão ser adotados durante a liberação do benefício, ainda neste mês. Cada saída terá duração de sete dias e, dando intervalo de 24 horas entre uma e outra para que as tornozeleiras possam ser devidamente higienizadas e desinfectadas. As datas para implementação do benefício foram definidas para a partir do dia 22 de agosto.

A previsão é que, ao todo, cerca de 1.600 pessoas privadas de liberdade recebam o benefício da saída temporária, sob monitoramento eletrônico. No retorno, os custodiados deverão apresentar-se até às 14h do dia previsto para encerramento do benefício. O não comparecimento até a hora prevista implicará em sanções administrativas e/ou judiciais ao custodiado.

A saída temporária é um benefício previsto na Lei de Execuções Penais – LEP, que estava  suspensa por conta do Plano de Contingência de enfrentamento de COVID-19 desta Secretaria, a fim de proteger a vida da população carcerária e de todos aqueles que compõem o sistema penitenciário do estado contra a pandemia do novo coronavírus.

(Assessoria)

Operação Cidade Segura apreende 20 motos em Anapu

As polícias Civil, Militar e o Departamento Municipal de Trânsito da cidade de Anapu – Demutran, realizaram na noite desta sexta-feira (14) a primeira fase da operação Cidade Segura, com a fiscalização do trânsito e de estabelecimentos comerciais.

Durante a operação, várias motocicletas que estavam com o escapamento em desacordo com as normas de trânsito foram apreendidas.

O foco principal da operação foi coibir os crimes de poluição sonora e perturbação do sossego, gerados pelos barulhos das motocicletas.

No total 20 motocicletas que estavam irregulares foram apreendidas. Segundo a polícia, as fiscalizações serão mantidas e intensificadas no intuito de coibir a prática de crimes.