Após denúncia paciente é transferida ao Hospital Regional

A transferência ao Hospital Regional Público da Transamazônica foi realizada após o caso ganhar grande repercussão. Márcia Araujo, 20 anos, denunciou que foi vítima de negligência durante o parto na unidade de saúde de Medicilândia.

A família de Marcia informou a nossa equipe de reportagem que teria pedido para fazer uma cirurgia cesariana, mas teria tido um parto normal forçado e teve sequelas na região intima.

Márcia está internada no Hospital Regional onde deve passar por cirurgia e receber tratamento especializado. A Secretaria de Saúde que anteriormente havia dito que a paciente receberia alta em até 48 horas, informou que ela não teve piora no quadro, mas diante da repercussão a equipe decidiu pela transferência.

A Defensoria Pública do Pará já recebeu a denúncia e diz que teve conhecimento da transferência da paciente para o hospital de alta complexidade. Nas redes sociais, outra moradora de Medicilândia denunciou que também teria sido vítima de negligência na hora do parto. “Isso não é novidade, fizeram o mesmo comigo. Não me fizeram uma cesariana, me forçaram ter um parto normal no qual após o parto fiquei uma semana internada. “Em outro trecho, ela destaca: “mais de quase dois meses passei por uma cirurgia pois fiquei com sequelas do parto.”

A secretaria de saúde de Medicilândia foi questionada sobre a orientação da equipe que faz o atendimento às mães no momento do parto.  Informou que o médico analisa caso por caso para verificar se há necessidade ou não de cesariana. Em relação ao caso da Márcia, informou que apura a situação para tomar as devidas providencias.

Confira a reportagem completa.

 

Altamira: empresa que administrará Hospital de Campanha visita local

O contrato já está assinado com prefeitura. A organização social que vai administrar a gestão do hospital de campanha em altamira é o Instituto Panamericano de Gestão. A empresa é a mesma que administra os hospitais de campanha em Santarém, no oeste do Pará e em Breves, no Marajó.

Com a contratação da O.S. O próximo passo é selecionar os funcionários que atuarão no atendimento aos pacientes. Médicos, técnicos de enfermagens, enfermeiros, além de serviços gerais. O valor do procedimento é de mais R$ 7 milhões que fazem parte do repasse de convênio do governo do estado com a prefeitura de Altamira como mostra o documento (video abaixo).

A empresa vai montar um cronograma de trabalho nos próximos dias, prevendo, inclusive, a data que o hospital de campanha vai começar a atender a pacientes da região. O Hospital de Campanha já está montado e com ele funcionando vai ter 50 leitos de isolamento e 10 leitos de UTI vai funcionar no centro de convenções e cursos. A previsão de funcionamento é para daqui a uma semana.

Ex-prefeito de Vitória do Xingu terá que devolver R$553 mil ao município

O Tribunal de Contas do Munícipios do Pará – TCM/PA votou pela rejeição das contas de Gestão da prefeitura de Vitória do Xingu, exercício de 2015, da responsabilidade de Erivando Oliveira Amaral.

Vando terá que devolver aos cofres da Prefeitura R$ 317.060,12 decorrentes de divergências nos saldos bancários; R$ 123.762,66 e R$ 93.959,23 referentes, respectivamente, a pagamentos, acima do estabelecido em lei, ao prefeito e vice-prefeito.

O ex-prefeito também terá de devolver R$ 18.426,33 pagos como diárias sem autorização. O plenário aprovou medida cautelar bloqueando bens do gestor caso não devolva os valores corrigidos em 60 dias. Ele ainda foi multado em R$ 53.723,02.

Contas do governo

Em outro julgamento, as contas de governo de 2015 da Prefeitura de Vitória do Xingu receberam parecer prévio pela não aprovação devido a irregularidades como receita a comprovar, descumprimento de limites constitucionais e abertura de créditos sem autorização legal. O gestor Erivando Amaral foi multado em R$ 25.740,72.

(Com informações TCM/PA)

 

Projeto social vai disponibilizar internet para 150 estudantes em Altamira

Uma ação promovida por um Centro de Educação Popular, em Altamira, vai disponibilizar internet de qualidade para estudantes carentes. Uma oportunidade de ter acesso a conteúdo, e se preparar bem para o Enem 2020.

Quem não tem internet fica sem estudar. É isso mesmo, e segundo a Unicef 4,8 milhões de estudantes brasileiros não têm internet regular casa o que equivale a 17% de todos os estudantes na faixa etária de 9 a 17 anos

O dado é preocupante porque nesse período em que as escolas estão fechadas, os alunos dependem da internet para acessar as aulas e tirar dúvidas com os professores

O projeto conta com vários parceiros e espera conseguir apoio para ampliar o número de estudantes beneficiados. Qualquer um pode ser padrinho e colaborar com essa ideia.

Confira a reportagem completa.

 

Semat orienta população sobre queimadas em Altamira

Com o período de chuvas encerrando começa o perigo de queimadas florestais e em terreno com mata na cidade, por isso a Secretaria de Meio Ambiente de Altamira inicia orientações.

Confira a reportagem completa.

Instituição para idosos na Argentina cria ‘cortina do abraço’ e reconecta residentes e familiares

A pandemia do novo coronavírus diminuiu a quantidade de visitas e abraços no mundo inteiro, mas uma instituição para idosos na cidade argentina de Tandil, na província de Buenos Aires, implementou uma boa solução para diminuir a distância e a necessidade de calor humano.

Foi colocada uma divisória de acrílico com “braços de plástico” para que os residentes da casa pudessem reencontrar e abraçar seus parentes ou conhecidos sem que haja risco de contaminação de Covid.

“É lindo, lindo termos contato de novo, e sentir, eu senti muita falta disso e com esse sistema sinto que a distância é menor”, disse Florencia Agustina Torres, neta de uma residente que vive na instituição.

Anahi Soulie, proprietária da casa, disse que teve a ideia da “cortina do abraço” após ver uma iniciativa parecida na Espanha.

(G1 Com informações de Ruptly)

Suspeito de tentativa de homicídio a servidores do Ibama em Placas é transferido

Cristiano de Sousa Paiva, vulgo Metralha, apontado como líder do movimento que causou várias manifestações, em Placas, e atacou servidores do Ibama, foi transferido para um presídio, em Santarém.

De acordo com a Polícia Civil, Metralha foi parado em uma barreira sanitária de combate ao coronavírus, em Placas, e conduzido à delegacia onde foi constatado que havia mandados de prisão em aberto por diversos crimes, como atentado contra a vida e também ambientais.

Confira a reportagem completa.

Governo anuncia plano para retomada das visitas em casas penais do Pará

O Governo do Pará anunciou nesta quarta-feira (24) o plano de retomada de visitas às unidades prisionais no estado. As visitas em casa penais do Pará estavam suspensas desde o dia 23 março, por conta da pandemia da Covid-19. Apesar da elaboração do plano, a Secretaria de Administração Penitenciária (Seap) ainda não fixou uma data pro retorno das visitas.

As visitas serão liberadas com base em cronograma e avaliação do quadro da pandemia em cada município onde estão as casas penais. Assim como o plano de retomada econômica, os municípios do estado serão divididos em bandeiras, que representam o risco de contágio pela Covid-19.

De acordo com o Governo, as casas penais serão classificadas por bandeiras:

  • Vermelha – definidas com alerta máximo, não terão liberações de visitas
  • Amarela – definidas como em risco ou evolução da doença relativamente controlada, com liberação gradativa de visitas
  • Verde – definidas como áreas controladas e evolução da doença em fase decrescente, terão liberação imediata de visitas

Mesmo com a liberação das visitas, a entrada de visitantes nas unidades prisionais deverá obedecer a normas e protocolos de segurança e higienização. As unidades com visitas liberadas serão equipadas com barreiras sanitizantes para pisos nas entradas e nos locais de acolhimento aos visitantes.

Além disso, durante as visitas será obrigatório o uso de máscara por todos os presentes e o distanciamento social de 1,5m, permanecendo proibido qualquer contato físico. Os espaços onde as visitas são realizadas também serão higienizados e desinfetados, antes e após o término de cada encontro, e ficará disponível álcool em gel ou líquido para os familiares e internos.

(G1/PA)

Cachorrinho dá susto em donos e viraliza na web

Um cãozinho da raça corgi foi responsável por um baita susto na web após seus donos postarem uma foto dele dormindo no chão depois de uma refeição, no Vietnã.

O filhote, cujo nome seria Gody, atacou alguma fruta vermelha e depois dormiu de barriga para cima, com o pêlo todo manchado após a refeição.

A cena, que poderia ser traumatizante, foi logo desvendada no mesmo post, que já teve mais de 12 mil reações no Facebook. O filhotinho aparece nas fotos seguintes acordado, todo lambuzado, erguido por um homem.

(G1/Planeta Bizarro)