Covid-19: Paciente de Pacajá dá entrada em Hospital Regional, em Altamira

Após o anúncio feito pelo próprio prefeito de Pacajá, Chico Tozetti, confirmando o primeiro caso de covid-19 no município, o paciente foi transferido para Altamira. a ambulância trazendo o homem de 53 anos chegou ao Hospital Regional por volta das 23 horas de domingo (19).

Segundo o prefeito de Pacajá, o paciente chegou de Belém há oito dias e após apresentar os sintomas da doença foi internado no hospital municipal, mas por ser hipertenso e diabético os profissionais de saúde decidiram que o melhor a fazer era transferi-lo para Altamira, já que o  HRPT é referência no atendimento a esses pacientes na região.

Por ser grupo de risco, o homem que é vendedor ambulante segue internado e sendo medicado. O caso acabou tomando proporções ainda maiores depois que uma notícia falsa foi publicada nas redes sociais, afirmando que o caso seria falso. A notícia pegou as autoridades de Pacajá de surpresa e o prefeito voltou a se pronunciar, explicando que o caso é real, e que que exame deu positivo para Covid-19.

Segundo as autoridades de saúde, o está bem e seu quadro é considerado estável. Ele deve ficar internado por mais dois dias e se tudo correr bem poderá cumprir isolamento em casa.

O prefeito informou ainda que conversou com os médicos que atenderam o paciente no regional e garantiram que o exame está correto.

A polícia já foi acionada pelo município para apurar a origem das publicações e os responsáveis podem responder criminalmente por distribuir notícia falsa.

Ler mais…Covid-19: Paciente de Pacajá dá entrada em Hospital Regional, em Altamira

Em anapu, população denuncia dificuldade para sacar auxílio emergencial

 Assim como acontece em Medicilândia, os moradores de anapu tem enfrentado filas para sacar o auxílio emergencial. Em um vídeo feito por um morador, que está dentro da lotérica é possível ver o tamanho da fila por causa das regras impostas pela caixa econômica federal. a aglomeração acontece do lado de fora, mas muitos usuários estão sem máscaras.

Com ou sem máscaras, o que os clientes esperavam é que pudessem sacar os r$ 600 do auxílio, mas muitos beneficiários voltaram para casa de mãos vazias.

Ler mais…Em anapu, população denuncia dificuldade para sacar auxílio emergencial

Em Anapu população começa usar máscaras e polícia fiscaliza pontos de aglomeração

Nas ruas de anapu as máscaras começam a se destacar. Algumas pessoas estão dando preferência ao equipamento de proteção individual, uma precaução em meio a pandemia do novo coronavírus.

A adesão ainda é pequena, mas dá pra notar que uma boa parte da população está preocupada com a possibilidade de contaminação comunitária.

Fora de Belém, onde estão concentrados mais da metade dos casos e das mortes por covid-19 no pará, apenas Marabá declarou oficialmente que a cidade já chegou atingiu o status de contaminação comunitária, que é quando não se sabe mais como a pessoa foi infectada.  os números fora da capital deram um salto na última semana, e mostram o avanço da doença no interior.

Decreto

No final de semana uma operação da polícia fechou estabelecimentos comerciais no centro de anapu. eles estavam funcionando normalmente apesar do decreto municipal proibir aglomeração.

Várias lanchonetes que ficam no centro da cidade estavam abertas e concentrando um número excessivo de pessoas.

A prefeitura publicou um decreto proibindo a concentração de pessoas em locais públicos e privados. As lojas chegaram a fechar, mas foram liberadas a funcionar, desde que seguissem uma série de requisitos e fornecessem álcool em gel para os clientes. Mas, ainda há uma lista de restrições que estão sendo fiscalizadas pela polícia, principalmente por conta do decreto estadual.

A prioridade é para os serviços delivery, e isso inclui restaurantes e lanchonetes onde as pessoas tendem a permanecer por mais tempo. As ações da polícia acontecem em todo o estado, principalmente onde a adesão ao isolamento social tem sido menor.

Ler mais…Em Anapu população começa usar máscaras e polícia fiscaliza pontos de aglomeração

Moradores dormem de um dia para o outro na fila da lotérica em Medicilândia

Uma fila gigantesca chamou a atenção das pessoas em Medicilândia, isso porque a espera é para ser atendido na lotérica, só abre na segunda, e a fila se formou na tarde de domingo.

Em dias normais as filas costumam ficar na calçada, com centenas de pessoas esperando para serem atendidas na casa lotérica. Mas, o que chamou a atenção de todos é que no domingo à tarde as pessoas já estavam na fila, aguardando o atendimento desta segunda-feira (20).

Nas redes sociais e grupos de mensagens moradores desabafam e afirmam que a situação vem se arrastando a meses. A moradora Carla Vazconta que já tentou receber outras vezes o pagamento do benefício, mas ela e outros parentes sempre encontram uma fila gigante na porta da agência.

Uma nota atribuída à lotérica circula nas redes sociais no município onde a agência informa que só libera 100 fichas por dia para evitar aglomeração no local. NOSSA equipe entrou em contato com a prefeitura de Medicilândia buscando informações sobre os procedimentos tomados pela vigilância sanitária nesses casos, já que a cidade baixou decreto proibindo aglomeração. Até o momento nem a Lotérica, nem a prefeitura, se manifestaram sobre o caso.

Em nota a caixa informou que “reforça o enfrentamento aos efeitos do novo coronavírus (Covid-19) com a ampliação dos serviços digitais e remotos e a implantação de nova padronização do atendimento presencial no interior das agências, onde serão realizados os serviços sociais essenciais. As medidas adotadas têm como objetivo contribuir para evitar aglomerações e, consequentemente, melhorar a segurança de todos os clientes, colaboradores e parceiros da CAIXA no contexto da pandemia.

A CAIXA orienta a rede de unidades lotéricas a realizar o atendimento ao público, uma vez que desenvolve atividades essenciais indispensáveis ao atendimento das necessidades da população brasileira. Os clientes estão sendo orientados a manter distância mínima de 1 metro para o próximo da fila, como forma de contribuir para a contenção da pandemia, conforme orientação da Organização Mundial de Saúde (OMS).

 

As unidades lotéricas realizam pagamentos de benefícios sociais do Governo Federal, recebimentos de contas de água, energia elétrica, telefone, além de diversos outros serviços. A lista completa com os serviços disponíveis nas unidades lotéricas pode ser consultada no site da CAIXA, na aba “Atendimento – Serviços por canal de atendimento”: http://www.caixa.gov.br/atendimento/Paginas/default.aspx

Ler mais…Moradores dormem de um dia para o outro na fila da lotérica em Medicilândia

Sespa divulga sexto caso de Covid-19 em Altamira

No site criado para atualização dos casos de Covid-19 no Pará, a Secretaria de Estado de Saúde Pública confirmou mais um caso de paciente infectado pelo novo coronavírus (Sars-CoV-2), em Altamira.  Trata-se de um homem, de 92 anos, o sexto caso de Altamira. O caso de Pacajá ainda não aparece na relação dos municípios.

Último cinco casos

Segundo o boletim divulgado ontem (19), um homem de 68 anos e uma mulher de 28 tiveram resultado positivo para a Covid-19 em Altamira.

Além destes, há o diagnóstico de um senhor de 90 anos. Outros dois casos, que foram confirmados na primeira semana de abril, já estão recuperados, isso significa que os pacientes não apresentam mais os sintomas da doença.

No Pará, a secretaria divulgou nesta segunda-feira 35ª morte no estado. A vítima é um homem de 75 anos, de Belém. Agora são 902 infectados no Pará, 1599 descartados e outros 284 casos em análise.

Casos por município

Abaetetuba

6

0

0%

Acará

1

0

0%

Afuá

1

0

0%

Altamira

6

0

0%

Ananindeua

89

1

1.12%

Augusto Corrêa

1

0

0%

Barcarena

5

0

0%

Belém

610

23

3.77%

Benevides

7

0

0%

Bragança

5

0

0%

Breves

3

0

0%

Bujaru

2

0

0%

Cachoeira do Arari

1

0

0%

Cametá

2

1

50%

Canaã dos Carajás

1

1

100%

Capanema

4

0

0%

Capitão Poço

1

0

0%

Castanhal

17

0

0%

Colares

1

0

0%

Conceição do Araguaia

1

0

0%

Curionópolis

1

0

0%

Curralinho

1

0

0%

Goianésia do Pará

1

0

0%

Igarapé-Açu

2

0

0%

Itaituba

6

0

0%

Juruti

3

0

0%

Mãe do Rio

1

0

0%

Marabá

3

0

0%

Marapanim

1

0

0%

Marituba

17

1

5.88%

Monte Alegre

1

0

0%

Muaná

1

0

0%

Nova Ipixuna

1

0

0%

Novo Progresso

2

0

0%

Óbidos

1

0

0%

Oeiras do Pará

3

0

0%

Oriximiná

1

0

0%

Ourém

2

0

0%

Parauapebas

19

4

21.05%

Primavera

1

0

0%

Quatipuru

1

0

0%

Rondon do Pará

1

1

100%

Salinópolis

2

0

0%

Salvaterra

2

0

0%

Santa Bárbara do Pará

3

0

0%

Santa Cruz do Arari

3

0

0%

Santa Izabel do Pará

2

0

0%

Santarém

28

2

7.14%

Santo Antônio do Tauá

7

0

0%

São Geraldo do Araguaia

1

0

0%

São João do Araguaia

1

0

0%

São Miguel do Guamá

3

1

33.33%

Terra Alta

1

0

0%

Tucumã

1

0

0%

Tucuruí

4

0

0%

Vigia

8

0

0%

Xinguara

2

0

 

Secretaria de Saúde confirma 35ª morte por Covid-19 no Pará

A Secretaria de Estado de Saúde Pública do Pará (Sespa) confirmou mais uma morte de paciente infectados pelo novo coronavírus (Sars-CoV-2) no Pará. O anúncio, feito através do twitter, informou que a vítima um homem de 75 anos, de Belém. Esta é a 35ª morte por Covid-19 no estado. Ao todo são 902 casos confirmadosm com 284 em análise, aponta o boletim da secretaria.

Ler mais…Secretaria de Saúde confirma 35ª morte por Covid-19 no Pará

Secretaria de educação faz capacitação online para professores de Altamira

Com as aulas suspensas, a Secretaria de Educação de Altamira está disponibilizando formação para que professores sejam capazes de utilizar ferramentas digitais na elaboração de conteúdo através da rede.

Na tentativa de minimizar os impactos e conter o contágio da doença, governantes e gestores municipais emitiram decretos que limitam a abertura de comércios de serviços considerados essenciais e suspensão das aulas nas escolas da rede municipal e particulares. Neste cenário, a Semed aproveitou para disponibilizar capacitação para os professores.

Junto a Interceleri, uma empresa parceira da plataforma ‘Google for Education’, a Semed oferece um curso para elaboração de aulas no formato online, para todos os professores da rede municipal, esteja ele lotado na área urbana ou zona rural. Para ter acesso basta o professor ter uma simples conexão de internet. A ideia é que por volta de 1200 profissionais da educação, entre professores e técnicos participem do curso.

Além de capacitar os professores, é uma excelente oportunidade de inserir esses profissionais no meio digital. O futuro por conta da pandemia é incerto. Enquanto estiver em vigor os decretos municipais e estaduais, além do isolamento social, os alunos poderão usufruir das aulas, online.

Para Maria Shelleide Queiróz, uma das coordenadoras pedagógicas da Semed, é uma grande oportunidade para que docentes estejam mais inseridos no meio digital. “Com esse período de quarenta podemos também nos qualificar. Basta que o professor acesse a plataforma e isso ele pode fazer de qualquer lugar que esteja, basta só ter internet e não precisa ser a melhor das conexões. Dessa forma será possível contribuir no processo educacional e ao mesmo tempo utilizar a tecnologia em favor da educação”, explica.

A formação faz parte de algumas ações que estão sendo desenvolvidas pela Secretaria Municipal de Educação de Altamira neste período em que as aulas estão suspensas.

(Assessoria)

Ler mais…Secretaria de educação faz capacitação online para professores de Altamira

Pará cai para 8º lugar no ranking brasileiro de isolamento social

O Pará computou, no sábado (18), 52,02% de isolamento social ficando em 8º lugar no ranking brasileiro entre os estados que mais estão adotando a medida para combater o novo coronavírus. O dado demonstra que o Pará caiu cinco posições em comparação com a sexta-feira (17), quando figurou na 3ª posição. Os dados foram levantados pela Secretaria de Inteligência e Análise Criminal (Siac), vinculada à Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do Pará (Segup), que faz a verificação da taxa diariamente.

“A gente imagina que a população está cada vez mais consciente da necessidade de isolamento. Em que pese termos caído de 3º para 8º lugar de sexta para sábado, o nosso isolamento social continua acima de 50%, porém sabendo que o ideal é 70%, recomendado pelos órgãos de saúde. A gente pode e deve chegar a esse patamar. Contamos que no período do feriado as pessoas possam ficar em casa com suas famílias, para que possamos melhorar cada vez mais” – Ualame Machado, titular da Segup.

Os órgãos do Sistema de Segurança Pública atuam, neste final de semana, até 22 de abril, em razão do feriado prolongado de Tiradentes, nas barreiras de entrada e saída de veículos, fiscalizando e impedindo o tráfego intermunicipal de carros com fins recreativos. A ação ocorre em cumprimento ao decreto estadual que determina o isolamento social.

Municípios 

De acordo com o levantamento, ao analisar as cidades paraenses, os melhores índices de isolamento, ou seja, onde as pessoas passaram mais tempo em casa respeitando a quarentena, estão nos municípios de Tracuateua (74,0%); Santa Cruz do Arari (72,5%); Chaves (69,3%); Magalhães Barata (66,4%) e Bujaru (65,8%).

Já os municípios que tiveram o pior índice de isolamento, ou seja, aqueles onde a população menos permaneceu em casa, estão: Goianésia do Pará (33,7%); Rondon do Pará (40,1%); Rio Maria (40,5%); Santana do Araguaia (41,4%) e Novo Progresso (42,2%).

Descentralização 

Os municípios de Marabá, Santarém e Breves irão abrigar Hospitais de Campanha para receber pacientes contaminados pela Covid-19. Nessas cidades, a taxa de isolamento esteve em 46,7%, 45,3% e 53,2%, respectivamente.

Belém e Ananindeua 

Na capital paraense, incluindo os distritos, os bairros onde as pessoas mais estiveram dentro de casa no sábado (18) foram: Coqueiro (82,8%); Castanheira (70,6%) e Val de Cães (68,5%).

Em Ananindeua, os melhores índices foram registrados nos bairros Curuçambá (82,3%); Atalaia (73,1%) Jaderlândia (69,8%).

Índices de isolamento por bairro em Belém no sábado (18):

Melhores

Coqueiro 82,8%

Castanheira 70,6%

Val de Cães 68,5%

Piores

Pratinha 35,1%

Aeroporto 37%

Brasília 37%

Índices de isolamento por bairro em Ananindeua no sábado (18):

Melhores

Curuçambá 82,3%

Atalaia 73,1%

Jaderlândia 69,8%

Piores

Águas Negras 37,7%

Geraldo Palmeira 40,7%

Icuí-Laranjeira 45,5%

Carro capota e atinge moto na BR-230

No momento do acidente a pista estava molhada e bastante escorregadia o que pode ter contribuído para o acidente. O carro descia a ladeira quando o motorista perdeu o controle e capotou. Nesse momento a motocicleta subiu a ladeira, e foi atingida pelo carro. Os veículos foram lançados na mata.

O condutor do carro e o carona tiveram ferimentos leves e permaneceram no local. Durante o resgate do motociclista, eles contaram aos socorristas que um veículo subiu a ladeira e tentou fazer uma ultrapassagem irregular. Para não bater de frente eles desviaram, mas o veículo acabou capotando.

Os bombeiros demoraram para remover a vítima do local. Com vários machucados, além de uma fratura exposta na perna, o homem identificado como Thayson Oliveira Cunha, de 25 anos, foi levado para o Hospital Regional. Parentes do motociclista estiveram no local e conversaram com os policiais militares que atenderam à ocorrência.