Polícia Civil e Prodepa ampliam serviços da Delegacia Virtual

Os registros de ocorrências de crimes ou perdas de objetos no Pará já podem ser feitos pelo celular. A Polícia Civil, em parceria com a Prodepa (Empresa de Tecnologia da Informação e Comunicação do Pará), modernizou a Delegacia Virtual, e agora os usuários podem registrar o boletim de ocorrência direto pelo telefone. O site, que se tornou uma multiplataforma, também dispõe da 2ª via do boletim de ocorrência, que tem a mesma validade de um B.O. feito na delegacia de forma presencial. Para fazer o registro virtual é necessário acessar o site www.delegaciavirtual.pa.gov.br. Em seguida, preencher o formulário na página eletrônica.

A população pode registrar as seguintes ocorrências: acidente de trânsito sem vítima; ameaça; calúnia, crimes contra as relações de consumo; difamação; estelionato; falsa identidade; falso alarme; furto; injúria; invasão de dispositivo informático; perda/extravio de documento ou objeto; perturbação da tranquilidade e roubo.

Para evitar a disseminação da Covid-19, está suspenso o atendimento presencial em todas as delegacias do Estado e demais unidades operacionais e administrativas da Polícia Civil. Os atendimentos presenciais nas delegacias estão sendo realizados somente em caso de flagrante ou quando o acusado é conduzido, envolvendo os seguintes crimes: homicídio, latrocínio e remoção de cadáver; lesão corporal; violência doméstica e contra crianças e adolescentes; crimes contra a dignidade sexual, entre os quais o estupro; sequestro e cárcere privado; roubos em geral (subtração cometida com violência ou grave ameaça) e situações que possam ocorrer o perecimento da prova, mediante prévia análise do delegado de polícia.

Aprimoramento – “Ampliamos a qualidade da Delegacia Virtual. Já era algo que vínhamos planejando, e agora tornamos real a necessidade da Delegacia Virtual ser mais efetiva. Até porque a tendência é que todo o inquérito seja eletrônico, e em decorrência do momento de atenção em que a gente vive e as orientações pelo governo do Estado, a Delegacia Virtual foi aprimorada para possibilitar à população uma série de operações, que de pronto, informarão aos policiais o local do fato, assim podendo tramitar para a circunscrição competente, nos dando o controle de que aquela ocorrência será apreciada e demandada”, explicou o delegado-geral de Polícia Civil, Alberto Teixeira.

Ele ressaltou que registro falso é crime. Comunicação falsa de crime ou contravenção está sujeita às penas previstas nos Artigos 138, 339 e 340 do Código Penal Brasileiro.

(Ascom PCPA)

Ler mais…Polícia Civil e Prodepa ampliam serviços da Delegacia Virtual

Norte Energia doa 500 macacões ao Hospital Regional, em Altamira

A Norte Energia, empreendedora da Usina Hidrelétrica Belo Monte, doou 500 macacões impermeáveis de segurança para o Hospital Regional Público da Transamazônica, referência no atendimento hospitalar em Altamira e municípios do sudoeste do Pará. A entrega dos equipamentos de proteção individual (EPIs) foi realizada nessa quinta-feira, 09, e integra as ações da empresa em apoio aos órgãos de saúde para o enfrentamento à Covid-19 na região.

Segundo o diretor geral do Hospital Regional de Altamira, Edson Gonçalves Primo, os macacões serão usados pelos profissionais de saúde que atuam na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do estabelecimento. “Além dos pacientes, também precisamos cuidar dos nossos colaboradores. Eles vão fazer com que possamos dar um tratamento mais adequado aos pacientes que forem acometidos pela Covid-19”, explica.

Esta foi a primeira de uma série de doações programadas pela Norte Energia, destaca o superintendente de Relações Institucionais da empresa, Eduardo Camillo. “Preocupada com a saúde da população, dos seus colaboradores e com a geração de energia, a Norte Energia começou hoje o processo de doação de diversos EPIs fundamentais nesse momento, como luvas, máscaras e toucas adquiridas pela empresa para entrega à 10ª Coordenação Regional da Secretaria Estadual de Saúde do Pará, que irá distribuir na região”, informa.

O diretor da 10ª Regional da Secretaria Estadual de Saúde, Mauricio Nascimento, que acompanhou a entrega dos equipamentos, agradeceu pela doação oportuna e informou que os equipamentos serão de grande utilidade no combate à pandemia.

(Assessoria)

Ler mais…Norte Energia doa 500 macacões ao Hospital Regional, em Altamira

PRF não vai parar veículos particulares ou impedir passagem

A informação foi parar nos grupos de mensagem, e logo se multiplicou. Alguns querendo saber se era verdade, enquanto outros tentavam desmentir.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal, não há barreiras nas rodovias federais no estado do Pará, e as pessoas não estão proibidas de circular nesse período. O que há é a suspensão do transporte intermunicipal, que inclui ônibus, micro-ônibus e táxis. veículos particulares podem circular, desde que não estejam atuando como taxi lotação.

em todo o estado, a arcon fará esse trabalho de fiscalização ao transporte coletivo intermunicipal. de acordo com a prf em altamira, não haverá uma operação nacional neste feriado da semana santa. a medida visa à proteção dos servidores e de toda a sociedade, e ainda levou em conta a expressiva redução no número de veículos circulando pelas brs.

Durante o feriado, a prf manterá o foco nas suas ações voltadas à crise e orienta que todos cumpram a recomendação de ficar em casa, e se for sair que respeitem as leis de trânsito.

A Polícia Militar também desmentiu a mensagem de toque de recolher que está circulando pelos grupos.

Ler mais…PRF não vai parar veículos particulares ou impedir passagem

Pará permanece em 15ª colocação no ranking de isolamento do Brasil

Conforme dados levantados até a última quarta-feira (8), por meio de um software que monitora a aglomeração de pessoas na capital e nos municípios do interior, a Secretaria de Inteligência e Análise Criminal (Siac), vinculada à Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do Estado (Segup), verificou que o Pará registra 52,5% de isolamento, e permanece figurando na 15ª colocação entre os estados brasileiros.

“Não estamos ruins na posição, mas percebemos que ainda precisamos melhorar para evitar o contágio, principalmente porque o Pará já computa óbitos em decorrência do vírus. É importante que a população tenha consciência de ficar em casa, mas também vamos traçar operações específicas para que os bairros que apresentem menor índice de isolamento possam melhorar e aqueles que têm o índice bom possam melhorar ainda mais”, explicou o secretário de segurança pública, Ualame Machado.

Municípios

De acordo com os dados, os cinco melhores índices de isolamento, ou seja, onde as pessoas passaram mais tempo em casa respeitando a quarentena, estão nos municípios de Chaves (77,1%); Quatipuru (74,1%); São José do Araguaia (73,2%); Inhangapi 68,6%; Tracuateua (66,7%).

Já entre os municípios que apresentaram pior índice de isolamento, isto é, locais onde as pessoas não ficaram em casa, estão: Abel Figueiredo (34,6%); Conceição do Araguaia (38,3%); Jacareacanga (39,8%); Pacajá (40,8%); e Tucumã (41,2%);

Bairros da capital – Em Belém e distritos, os bairros que se destacaram com os melhores índices de isolamento social na última quarta-feira (8) foram: Una (74.2%); Praia Grande 71,4%; Guanabara (70.9%); Val-de-Dães (67,9%); e Águas Lindas  (67,2%).

Em Ananindeua, os bairros onde a população mais respeitou o isolamento foram Coqueiro (76,6%); Curuçambá (73,9%); Guanabara (73,7%); Atalaia (73,3%); e Jaderlândia (70,9%).

Confira os índices de isolamento por bairro em Belém (Data: 08 de abril)

Piores:

Maracacuera 32,1%

Brasília 34,1%

Água Boa 35,3%

Maracajá 37%

Campina 38,1%

Melhores:

Una 74,2%

Praia Grande 71,4%

Guanabara 70,9%%

Val-de-Cães 67,9%

Águas Lindas 67,2%

Confira os índices de Isolamento por bairros em Ananindeua: (Data: 08 de abril)

Piores:

Heliolândia 44%

Icuí-Laranjeira 48%

Aurá 50%

Águas Lindas 50%

Júlia Seffer 50%

Melhores:

Coqueiro 76,6%

Curuçambá 73,9%

Guanabara 73,7%

Atalaia 73,3%

Jaderlândia 70,9%

Ler mais…Pará permanece em 15ª colocação no ranking de isolamento do Brasil