ProUni: selecionados na 2ª chamada podem comprovar dados até sexta

Os estudantes selecionados em segunda chamada para o Programa Universidade para Todos (ProUni) têm até sexta-feira (28) para comprovar as informações fornecidas no ato da inscrição. A documentação deve ser apresentada diretamente às instituições de ensino.

As bolsas de estudo não solicitadas serão destinadas aos participantes da lista de espera. O prazo para se inscrever na lista de espera é de 6 a 9 de março e a divulgação será feita no dia 12 de março.

Neste semestre, o ProUni está oferecendo 252.534 bolsas. O sistema registrou mais de 1,5 milhão de inscrições, feitas por 782.497 estudantes. O número de inscrições é maior que o de inscritos porque cada participante pode escolher até duas opções de instituição, curso e turno.

ProUni

O ProUni é um programa do Ministério da Educação que oferece bolsas de estudos, integrais e parciais (50%), em instituições particulares de educação superior.

Podem participar estudantes que tenham cursado todo o ensino médio na rede pública, ou na rede particular na condição de bolsista integral; estudantes com deficiência; professores da rede pública de ensino, no efetivo exercício do magistério da educação básica, integrantes de quadro de pessoal permanente de instituição pública.

Para concorrer às bolsas integrais, o estudante deve comprovar renda familiar bruta mensal, por pessoa, de até um salário mínimo e meio. Para as parciais, a renda familiar bruta mensal deve ser de até três salários mínimos por pessoa.

Só pode se inscrever no ProUni o estudante que não tiver diploma de curso superior, que tenha participado do Enem mais recente e obtido, no mínimo, 450 pontos de média das notas, e nota acima de zero na redação.

(Agência Pará)

Grupo coloriu as ruas durante o Carna Bike 2020

Para essa turma carnaval é tempo de manter o ritmo e pedalar, mas com estilo afinal é época de festa.

A criatividade da galera da bike chamou atenção. Tinha Arlequina, Kiko, Palhaço, Princesa e até membro da turma “La casa de papel”.

Confira a reportagem completa.

 

Justiça reintegra o prefeito de Brasil Novo ao cargo

A justiça reintegrou o prefeito de Brasil Novo ao cargo depois que a maioria dos vereadores pediu o afastamento dele por infração político-administrativa. A decisão foi assinada pelo Juiz de Direito Álvaro José Silva Sousa, nesta segunda-feira, 24. Nela consta a reintegração de Alexandre Lunelli ao cargo de Prefeito Municipal de Brasil Novo.

Alexandre Lunelli (PSC) havia sido afastado do cargo na última sexta-feira, 21 de fevereiro, depois que a maioria dos vereadores resolveu acatar uma denúncia protocolada por um morador  na Câmara, alegando que o gestor municipal havia cometido infração político-administrativa.

O prefeito teria deixado de responder a 11 requerimentos de pedidos de informações da Câmara Municipal. Algumas dessas informações foram solicitadas há mais de 1 ano. Com base na denúncia protocolada, a maioria dos parlamentares resolveu afastar o prefeito por 90 dias e formou uma comissão processante para apurar a denúncia.

Confira a reportagem completa.

 

 

1º Pet Folia teve a missão de arrecadar fundos para Apata

Muita gente caiu na folia até mesmo os foliões de quatro patas. O carnaval é bom até pra cachorro.

O primeiro Pet Folia de Altamira foi literalmente o carnaval mais animal da região. Promovido pela Associação de Protetora dos Animais de Altamira – Apata, o objetivo era arrecadar recursos para instituição.

Confira o estilo dessa turma na reportagem completa.

 

Jovens se unem em retiro espiritual durante Carnaval

É nos dias de carnaval que muitos cristãos refletem sobre diversos assuntos da bíblia. Foi para realizar momentos como esse que os evangélicos da Igreja da Vinha vieram para um balneário afastado da cidade.

Em torno de 300 pessoas de várias igrejas estiveram presentes no mesmo balneário durante os dias de carnaval.

Participaram dos retiros jovens, crianças e adultos de várias idades. Em cada intervalo de oração, muita diversão. As programações finalizaram de formas diferentes, algumas igrejas só terminam o retiro nesta quarta-feira (26).

Com o tema “reservados”, a igreja quadrangular também realizou durante a semana do carnaval, um acampamento para jovens e adolescentes de várias idades. O encontro iniciou no último dia 22 deste mês e segue até o dia 26. Para Mateus Silva, de 17 anos, o retiro de carnaval já é tradição.

O acampamento 2020 foi aberto para a população, um diferencial neste retiro que conta com a participação de jovens e adolescentes de todas as idades e de várias religiões. No evento, os participantes tiveram uma programação especial, contaram com momentos de oração e brincadeiras. Mas além de tudo isso, eles tiveram uma atenção especial, devido tantos casos de depressão em jovens e adolescentes.

A proposta do evento foi proporcionar aos jovens uma opção de diversão nesse carnaval, sem precisar consumir bebidas.

 

 

Golpe da casa própria: estelionatário enganou mais de 50 pessoas em Altamira

Na propaganda, a residência dos sonhos ao alcance do trabalhador. Mas, tudo não passou de um golpe e o sonho da casa própria virou pesadelo.

Mais de 50 pessoas procuraram a delegacia de polícia de Altamira para denunciar Genivaldo Abreu de Oliveira, dono da construtora Bruna Galeia, por estelionato.

Investimentos feitos em diferentes bairros. A promessa, de acordo com as vítimas, seria tanto para construção quanto para reformas. Os contratos eram feitos no escritório, localizado no centro de Altamira.

E foi exatamente nesse escritório que Genivaldo foi visto pela última vez. Segundo a polícia, o dono fugiu levando o dinheiro das vítimas. O prejuízo dos clientes varia entre  R$7mil  e R$70 mil.

As câmeras de segurança da rua registraram o momento da fuga do empresário. As imagens auxiliam a polícia nesse momento. Genivaldo já é considerado foragido. Mas, essa não é a única denúncia de estelionato, há também um pedido de busca e apreensão criminal expedido pela justiça de Manaus, acusado pelo mesmo crime no ano de 2016.

No grupo das vítimas, também estão os loteamentos da cidade e os funcionários da construtora Bruna Galeia. Um trabalhador, que não quer ser identificado, conta ficou sem receber o salário.

Ameaças começaram após caso de estelionato vir à tona

Vendedores que trabalharam para a construtora Bruna Galéia estão com medo. O caso segue um mistério.  “O único telefone que ele deixou era realmente o que ele divulgou o da empresa, mas ele não atende, não responde”, conta uma das vendedoras que não quer ser identificada.

13 dias após o caso vir à tona, o prédio onde funcionava o negócio está abandonado. Ninguém entrou ou saiu daqui desde o dia 13 de fevereiro quando, no meio da madrugada, o proprietário da construtora levou documentos, alguns equipamentos e sumiu sem deixar rastros.

A polícia não passa informações sobre o caso, que corre em segredo de justiça. Nós estivemos na delegacia conversando com o delegado responsável pelo caso, segundo ele, as investigações continuam, para que eles consigam apurar quem de fato são os responsáveis

Enquanto isso quem trabalhou na construtora sente medo e se diz angustiado por ter sido enganado e ao mesmo tempo trabalhado em uma fraude. “Não temos culpa. Trabalhamos porque acreditávamos que era uma coisa séria. Muitos se esforçaram, muitos clientes nos procuraram, mas nunca passou na minha mente, ou dos outros colegas. Eu dependia das vendas pra viver, pra pagar aluguel”, conta a profissional.

Nesse momento não é possível dizer quem de fato é investigado, mas de acordo com o delegado responsável pelo caso, qualquer pessoa que se sentir ameaçada, ou receber ameaça por ter trabalhado na empresa ou prestado serviço, pode procurar a delegacia imediatamente. “Muitos clientes, infelizmente, deram dinheiro, mas a gente nunca soube, não imaginávamos”, finaliza a vendedora.

 

Vitória do Xingu: Ministério público orienta prefeitura a chamar candidatos aprovados

O documento do Ministério Público do Pará – MPPA, tem dez páginas e orienta a prefeitura de Vitória do Xingu a fazer o chamado dos candidatos aprovados em concurso público já realizado no município. Até agora eles não iniciaram as atividades como servidores efetivos.

Dentro desse período, segundo o MPPA, a prefeitura vem contratando servidores temporários. A prefeitura e o Ministério Público têm se reunido para dar solução ao caso.

O concurso público aconteceu em 2018, quase dois anos depois ninguém foi chamado para tomar posse. Em março do ano passado, o MPPA instaurou inquérito para apurar a demora.

O documento elaborado pelo órgão pede que os servidores temporários sejam regularizados. e dá prazo de seis meses para que um projeto seja apresentado pela prefeitura para reestruturação administrativa do município.

Caso haja o não cumprimento da recomendação, o MPPA vai adotar outras medidas para que os aprovados sejam efetivados nas funções.

 

Polícia prende acusado de assassinar homem no bairro Airton Senna II, em Altamira

Na última semana a polícia deflagrou a operação Rei Momo em combate ao tráfico de drogas, mas durante as buscas eles acabaram prendendo um homicida procurado desde o ano passado.

João Marcos Viana Serrão é apontado como o responsável pela morte de Marcelo de Freitas Ferreira, assassinado a tiros dentro do próprio carro no dia 22 de setembro no bairro Airton Senna II. A época o caso ganhou repercussão, tamanha a violência com que ele havia sido morto.

Segundo a polícia, dias após o crime as investigações levaram até João Marcos Viana e a justiça concedeu o mandado de prisão. Várias incursões foram realizadas até que, durante a operação Senhor das Armas, deflagrada no final de 2019 a polícia quase o pegou.

Com várias passagens pela polícia, João Marcos, conhecido como Zeca, foi detido durante a operação Rei Momo. Os investigadores cumpriam mandados de busca prisão e apreensão de pessoas acusadas de favorecer ou praticar tráfico de drogas, com apoio da equipe de investigação da divisão de homicídios. O trabalho se estendeu para outros pontos da cidade e após confirmar a localização de Zeca, ele foi detido.

Segundo o delegado Fernando Marcolino, é crucial para a resolução de crimes o apoio da população, e nesse caso a ajuda foi fundamental.

 

Homem é preso em flagrante por Estupro e porte ilegal de arma de fogo São Felix do Xingu, no Pará

A prisão de  Gicélio  Marinho Fernandes ocorreu no último sábado (22), pela prática dos crimes de estupro e porte ilegal de arma de fogo. O fato aconteceu  na rua do Abraão, Setor Vitória, localizado na cidade  de São Felix do Xingu, no Pará. Com emprego de arma de fogo, mediante grave ameaça, o acusado estuprou a vítima.

Segundo a equipe policial, após Gilcélio sair de uma festa em um  Bar da cidade,  a vítima foi abordada por ele, que a ameaçou com uma faca, obrigando-a a acompanhá-lo. Em sua residência, o autor pegou uma espingarda calibre 16, ameaçou novamente a vítima e A estuprou. A vítima conseguiu fugir e acionar a Polícia Militar, que, em seguida, efetuou a prisão em flagrante.

A ação foi realizada por políciais  Militares. O acusado foi apresentado na Delegacia de Polícia Civil local, para procedimentos cabíveis. A vitima foi acompanhada pela equipe da Delegacia local durante os exames do atendimento especializado.

(Assessoria)

Homem fica ferido ao cair de bicicleta dentro de um buraco em Altamira

Um buraco na rua Oito do bairro mutirão teria sido um dos fatores que provocou o ferimento de um homem. segundo informações de pessoas que presenciaram a situação, a vítima estava andando de bicicleta, alcoolizado, quando não conseguiu desviar do buraco, caiu e bateu o rosto.

Imóvel, populares achavam que o homem estava morto. A Polícia Militar foi acionada, mas o rapaz estava com sinais vitais. o corpo de bombeiros fez o resgate e prestou os primeiros atendimentos.

Na queda, o homem feriu o rosto, mas não conseguiu dar detalhes de nome e nem endereço. um amigo que estava com a vítima foi o responsável para avisar a família. ele foi encaminhado a um hospital da cidade.