Atletas treinam na orla para competição de São Sebastião

Em pleno domingo, quando São Pedro deu uma trégua e deixou o sol se apresentar, os atletas da natação se renderam a outro santo o padroeiro de Altamira e se prepararam para a grande competição que acontecerá no próximo domingo.

O treino é puxado, mas o esforço tem um motivo é preciso manter o ritmo sempre.

Segundo o nadador Márcio Cunha, apesar de ser um treino, o grupo fez o percurso que será cobrado na competição e buscou manter o tempo para não ter erro.

Confira a reportagem completa.

Moradores do São Joaquim pedem abastecimento de água

Segundo Gracinda Magalhães, desde o deslocamento para o RUC São Joaquim, há quatro anos, os moradores sofrem com a falta de água. Ela diz que já tomaram medidas drásticas para sensibilizar a Norte Energia, manifestações foram feitas, mas o problema permanece. A falta de água virou rotina.

São quase duas horas da tarde quando a equipe conversa com a moradora. Ao perguntar sobre o almoço ela logo responde “eu acho que nem vai sair, eu tirei as carnes que preparo na semana porque trabalho, as louças sujas na pia, sábado a gente almoça em família e eu não tenho água, a hora que é e eu não coloquei  nem o feijão no fogo porque não tenho água”, desabafa.

Quem vive no RUC não pode contar com água por 24 horas, e nos últimos dias a situação piorou. Para não ficar desprovida, Gracinda conta com cisternas, o que nem sempre é suficiente.

Ricardo Oliveira Lima mora no São Joaquim há seis anos. Ele tem uma criança com deficiência em casa. Segundo ele, procurou a empresa mas até o momento da reportagem  a água ainda não tinha chegado.  O autônomo explica que as ruas mais altas como a rua Mastruz, Manjericão e as demais do quarteirão são as que mais sofrem com o desabastecimento.

Os moradores dizem que a distribuição é irregular e que prioriza as ruas baixas. Eles contestam ainda a entrevista do superintendente de relações institucionais da norte energia, Eduardo Camilo em rede nacional, de que o problema dos Rucs estava resolvido. (trecho do vídeo na reportagem abaixo).

A estação de tratamento citada é essa que fica na rua Manjericão. Dois poços foram construídos para dar suporte, mas não dariam conta da demanda. Os moradores dizem que o problema tem relação com o processo de distribuição que funciona assim: carros pipas abastecem no reservatório da Coordenadoria de Água e Saneamento da cidade – Cosal e levam até a estação do RUC onde a água é distribuída. O que seria resolvido se os dois sistemas fossem interligados por tubulações.

A Norte Energia informou  que na última terça-feira (7), uma das adutoras que abastece o tratamento de água da cidade apresentou problema e, para amenizar a situação, a companhia disponibilizou caminhões pipa. Por ainda estar dentro da garantia da empresa, a adutora foi reparada e o abastecimento normalizado neste domingo (12). A Norte Energia acrescenta que os sistemas de água e esgoto de Altamira já foram entregues à municipalidade.

Em nota a prefeitura de Altamira informou que não recebeu o sistema de abastecimento de água dos Ruc’s e não irá receber enquanto o sistema não tiver completo, funcionando plenamente e atendendo a todos os moradores dos reassentamentos.

Veja a reportagem completa.

MORADORES DO SÃO JOAQUIM COBRAM ABASTECIMENTO

Moradores do Rua São Joaquim questionam o abastecimento que continua sendo realizado por Carros Pipas.

Posted by SBT Altamira on Monday, January 13, 2020

Motoboy é atingido quando estava indo fazer entrega

O acidente aconteceu na rua Da Adutora, no Jardim Independente II, ao lado do prédio do Demutran. Os agentes do Departamento Municipal de Trânsito fizeram o isolamento da área e acionaram o SAMU. A vítima estava consciente e conversava o tempo todo respondendo aos estímulos do agente.

O motociclista é entregador e no momento do acidente estava indo fazer uma entrega. Assim que o socorro chegou, a vítima foi socorrida e levada para o hospital. O veículo que atingiu o condutor permaneceu no local. Ele prestou socorro à vítima e depois conversou com os agentes do Demutran.

MOTOBOY SOFRE ACIDENTE

Vítima estava indo fazer uma entrega quando foi atingido.

Posted by SBT Altamira on Monday, January 13, 2020

 

Frutas vendidas no Pará tiveram reajuste de até 46% em 2019, aponta Dieese

As frutas vendidas em Belém durante o ano de 2019 ficaram mais caras em relação ao ano anterior. O dado foi obtido por meio de um estudo do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), divulgado nesta segunda (13). De acordo com o levantamento, as altas nos preços ficaram acima da inflação, que marcou 4,25% no mesmo período.

Segundo o estudo, os maiores aumentos no período foram no preço do quilo do mamão, com reajuste de 46,65%, seguido do melão, com alta de 28,42%; limão, com alta de 18,06%; melancia, com alta de 15,98% e Goiaba, com alta de 12,03%. Ainda de acordo com o Dieese, frutas regionais como cupuaçu, pupunha e bacuri também apresentaram altas.

Apenas poucas frutas apresentaram queda durante 2019, segundo o levantamento. De acordo com o Dieese, os destaques de baixa de preço ficaram com o abacaxi, com queda de 13,11%, seguido da laranja, com queda de 6,96% e o abacate, com queda de 1,81%.

(G1/PA)

Adolescente e homem são suspeitos de matar, sequestrar, roubar e estuprar mulheres no Pará

Um adolescente de 17 anos foi apreendido e um homem preso, na noite de domingo (12), suspeitos de matar uma mulher e violentar sexualmente pelo menos mais quatro vítimas em Marituba, região metropolitana de Belém. O corpo da jovem Samara Duarte Mescouto foi encontrado em um terreno abandonado, ela estava desaparecida desde a última sexta-feira (10).

Eles são suspeitos dos crimes de sequestro, roubo e estupro. De acordo com a Polícia Civil, o adolescente confessou participação na morte de Samara. Ainda em depoimento, ele disse que escolhia as vítimas nas redes sociais, geralmente mulheres que prestavam serviços de estética com atendimento domiciliar. Após saírem para trabalhar, as vítimas não retornavam para casa. Um dos pontos de encontro era um posto de gasolina localizado na rodovia BR-316.

“Ele usava um perfil feminino em uma rede social para atrair as vítimas e marcava com elas para prestar o serviço. Ao chegar no ponto de encontro as vítimas recebiam uma ligação dizendo que o marido da pessoa que pediu o serviço ia buscá-las. Nesse momento o suspeito levava as vítimas para uma área de mata onde o estupro acontecia”, explica o delegado geral da Polícia Civil, Alberto Teixeira.

No último sábado (11), outra jovem foi encontrada em uma área de mata após ter sido violentada. Segundo as investigações, ela também é vítima da dupla. A jovem de 17 anos está internada em estado grave no Hospital Metropolitano, em Ananindeua.

Investigação

Ainda segundo a Polícia, a primeira ocorrência sobre o caso teria sido registrada no dia 4 de janeiro, quando começaram as investigações. No último sábado (11), outras duas vítimas registraram ocorrência de estupro na seccional de Marituba. A partir daí a Polícia traçou o perfil do criminoso, deu início as buscas e na noite de domingo localizou o adolescente, que foi preso no kitnet em que morava, próximo ao local dos crimes.

Após confessar os crimes, o adolescente disse que um outro homem teria participação da morte de Samara, ele também foi localizado e preso. A Polícia não descarta a possibilidade da existência de outras vítimas. O adolescente foi encaminhado para Divisão de Atendimento ao Adolescente (DATA) e já teria passagem por outros crimes.

 

(G1/PA)

PRF prende oito pessoas com sinais de embriaguez em rodovias do Pará

Oito pessoas foram presas por dirigirem embriagas no último final de semana em rodovias do Pará. Os motoristas foram presos em flagrante durante uma operação da Polícia Rodoviária Federal (PRF). De acordo com a PRF, seis dos oito condutores presos eram motociclistas.

Os flagrantes ocorreram em cinco municípios do estado. Segundo a PRF, seis prisões foram efetuadas baseadas nos resultados dos testes, que variaram de 0,49 a 0,86 miligramas de álcool por litro de ar expelido pelos pulmões, e outras duas foram baseadas em sinais que indicavam alteração da capacidade psicomotora dos condutores, após recusa dos mesmos em realizar o teste.

A Polícia Rodoviária informou que irá intensificar a fiscalização do uso indevido álcool e outras drogas por condutores nas rodovias federais.

(G1/PA)

Motociclista morre e dois condutores ficam feridos em acidentes com três motocicletas

As marcas da fatalidade ficaram ao longo da rodovia. Quem passava pelo local precisava reduzir a velocidade. A curva é fechada e conhecida pelos acidentes. Ailton Nascimento dos Santos é morador de uma fazenda nas proximidades e foi quem tentou socorreu as vítimas.

Segundo informações dos moradores o acidente teria ocorrido por volta das 19h na BR- 230, no quilômetro 10. O local possui uma curva e tem pouca iluminação. A colisão envolveu três motocicletas. Uma pessoa teve fratura, uma morreu e duas ficaram feridas.

Duas mulheres que estavam como garupa das motocicletas foram levadas a UPA com ferimentos, uma delas estaria grávida. Um condutor teve fratura, outro saiu ileso e o que foi indicado como o que estaria com farol desligado teve várias fraturas e morreu na hora. Até esta apuração os nomes das vítimas não tinham sido divulgados.

A Polícia Civil e Militar foram ao local até a chegada do IML.  Segundo a PRF, embora arriscado muitos motociclistas costumam trafegar na BR-230 com faróis desligados, prática que coloca em perigo a vida do condutor e de outros.  Por isso, além das fiscalizações é importante não descuidar das normas de segurança.

 

Homem é pego furtando dentro de residência

Na manhã de sábado (12)  um furto foi registrado na rua 18, do bairro Mutirão. Os vizinhos perceberam a movimentação estranha na casa e acionaram o proprietário que procurou a polícia.

Quando a Polícia Militar chegou ao local o suspeito ainda estava dentro do imóvel. Ele teria tido acesso a casa através do telhado. Ao perceber a presença dos policiais tentou fugir, mas foi preso em flagrante. Com ele a polícia encontrou um relógio que ele furtou de dentro da residência. O homem foi conduzido à delegacia.  E já tem ficha criminal e sete acusações de furto.

 

Cuidado. Achado não é roubado, mas pode ser crime

Você já ouviu falar naquele velho ditado que achado não é roubado? As vezes esquecemos algo na festa, no bar, na rua. Mas se você encontra, devolve?  Pois saiba que achar e não devolver intencionalmente é crime de apropriação indébita ou apropriação da coisa alheia achada.

Na delegacia de Altamira teve o registro de uma pessoa perdeu um celular na rua e foi até a delegacia para fazer o rastreio. Ela chegou até a residência em que uma pessoa estava com o aparelho, e o morador teve que justificar a ação. Isso porque, embora não gere prisão imediata, esse crime de menor potencial ofensivo tem pena de reclusão, de 2 a 5 anos, e multa.

Outro registro foi de uma mulher que perdeu o salário na rua. A pessoa que viu o dinheiro cair não devolveu, e após o registro da vítima, câmeras de segurança as proximidades do local perdido levaram a polícia até o suspeito que foi responsabilizado. Segundo a polícia, quando a pessoa encontra algo perdido tem o prazo de quinze dias para comunicar a polícia, caso contrário a outra parte reivindique e tenha provas de quem está com o objeto, irá responder na justiça.

 

Detentos do Centro de Recuperação Regional de Altamira não foram trazidos de volta

Os detentos que foram transferidos no mês de julho, após o massacre que ocorreu dentro do Centro de Recuperação Reginaldo de Altamira – CRRA , ainda não foram trazidos para a cidade, como foi prometido pela Secretaria de Segurança Pública, após a inauguração do novo complexo penitenciário de Vitória do Xingu, em julho de 2019.

Após menos de um ano do maior massacre ocorrido em um complexo penitenciário em 2019,  que vitimou 62 detentos, o assunto volta à tona. Ao todo, 51 detentos foram transferidos de Altamira a outros presídios do Pará e do Brasil. Quatro foram mortos durante a transferência para Marabá. Na inauguração do complexo penitenciário de Vitória do Xingu, que aconteceu no dia 04 de novembro, autoridades confirmaram que estes detentos voltariam para a região.

Durante a inauguração da obra, que levou cerca de 6 anos para ser entregue, a irmã de um dos detentos que estava em frente ao novo complexo na inauguração, chegou a dar entrevista. Ela e outros familiares dos detentos transferidos para capital pediam o retorno deles para a região.

Ainda na manifestação, foi prometido diante dos parentes que os detentos retornariam à região. A mulher afirmou ainda que recebeu fotos e vídeos que mostravam que o irmão além de outros detentos levados à capital, estariam sendo maltratados.

Após a promessa de que eles retornariam para próximo dos familiares, a denunciante conversou pessoalmente com a atual diretora do complexo penitenciário, Patrícia Abucater, mas afirma que foi sem sucesso.

E nota enviada por e-mail, a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária – Seap, informou que no caso de transferência de internos, os familiares são sempre comunicados sobre os procedimentos. A Seap ressaltou ainda, que por motivos de segurança mantém o sigilo sobre essas informações para a imprensa.

Porém, até hoje, quase 70 dias depois da inauguração, os familiares não tiveram nenhuma resposta de como estão os parentes.

O novo presídio custou R$ 125 milhões. Resultado de um convênio entre o governo do estado e a empresa Norte Energia, o complexo penitenciário de Vitória do Xingu reforça o sistema prisional do Pará com mais 612 vagas. São três unidades: uma voltada para o regime semiaberto com 201 vagas; a segunda direcionada apenas para mulheres com 105 vagas; e a ala masculina com 306 vagas.

Ler mais…Detentos do Centro de Recuperação Regional de Altamira não foram trazidos de volta