Acidente entre carro e moto deixa pessoa morta e outra ferida na PA-150 em Tailândia

Um acidente envolvendo uma moto e um carro deixou uma mulher morta e um homem ferida na rodovia PA-150 em Tailândia, no nordeste do Pará.

O casal estava na moto quando foi atingido pelo carro por volta das 20h de quarta (25), segundo o Batalhão de Policiamento Rodoviário (BPRV).

A mulher pilotava a moto no momento do acidente. Ela foi identificada como Eva dos Santos Bento, de 43 anos, e morreu no local do acidente. O marido dela identificado como David José de Freitas foi socorrido e o estado de saúde dele não foi divulgado.

Segundo a Polícia Rodoviária, o carro capotou após a colisão e o motorista não teve ferimentos graves. Ele foi apresentado da delegacia de Tailândia. O caso foi registrado como homicídio culposo – sem intenção de matar.

Os policiais encontraram latas de cerveja no veículo, mas não constataram sinais de consumo de álcool no motorista. A moto e o carro também foram levados para a delegacia.

(G1/PA)

Motorista de aplicativo é preso acusado de assaltar e abusar sexualmente de passageiros no Pará

A prisão de Isaac Medeiros Moreira, ocorreu na última quarta-feira (25), contra o investigado havia um mandado de prisão preventiva. Na condição de motorista de um aplicativo, Isaac é acusado de assaltar e abusar sexualmente de pelo menos três passageiras, onde uma das vítimas foi violentamente estuprada.

Após intensa investigação sobre o caso, ficou identificado, qualificado e reconhecido pelas três vítimas. Diante do fato, foi solicitada a justiça a buscar apreensão e a prisão preventiva do acusado. Após uma diligência, em que foi cumprida a busca,  o acusado não se encontrava no imóvel, na madrugada desta quarta-feira (25), Isaac retornou para a noite de natal, ocasião em que foi preso pelo policial civil.

A ação foi coordenada pela Diretoria de Polícia Metropolitana (DPM), e realizada por policiais civis da Seccional Urbana de São Brás, sob comando do delegado Márcio Cavalcante.

(Ascom)

Polícia Civil apreende drogas em Nova Marabá no Pará

A Polícia Civil do Pará, após investigações por meio do disque denúncia, apreendeu na última terça-feira (24), duas barras de drogas (do tipo maconha) de aproximadamente 1 quilo, além de vários produtos ilícitos.

Segundo Informações preliminares dão conta que os produtos foram subtraídos de um corresponde dos Correios nas proximidades de Jacundá no Pará. As apreensões das drogas e dos objetos ilícitos, são oriundos de crime e estavam escondidos  em uma kitnet localizada Nova Marabá, no sudeste paraense.

Durante a operação policial, o suspeito fugiu para uma área de mata, a companheira do suspeito foi apresentada na Delegacia de Polícia Civil para os procedimentos cabíveis.

A ação foi realizada pela equipe de policiais civis da Seccional Urbana de Marabá e Superintendência.

(Ascom)

Fundação Hemopa realiza processo seletivo para níveis médio, técnico e superior

A Fundação Centro de Hemoterapia e Hematologia do Pará (Hemopa) tornou público o edital do novo processo seletivo simplificado que oferta seis vagas para cargos de nível médio, técnico e superior. As inscrições podem ser feitas de forma gratuita até esta quinta-feira (26), pelo site do Sipros.

As oportunidades são para os cargos de agente administrativo, técnico de Patologia Clínica e enfermeiro para os municípios de Abaetetuba, Belém, Castanhal, Capanema e Redenção.

Os aprovados exercerão jornadas de trabalho de 30 horas semanais, com remunerações variando entre R$ 998 e R$ 3.345,14, além de benefícios.

Requisitos

Agente administrativo: certificado de conclusão de curso de ensino médio, expedido por instituição pública ou particular de ensino, reconhecido por órgão oficial.

Técnico em Patologia Clínica: certificado de conclusão de ensino médio, curso de técnico em Patologia Clínica, reconhecido por órgão oficial e registro ativo no órgão de classe competente.

Enfermeiro: diploma de conclusão de curso de graduação em enfermagem, expedido por instituição de ensino superior credenciada pelo MEC e registro no órgão de classe competente.

(Agência Pará)

Feriado de Natal registra 50 mortes e quase mil feridos nas rodovias

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) começou a divulgar os resultados da tradicional Operação Natal. Com o objetivo de evitar acidentes, combater excessos e irregularidades no trânsito, o protocolo especial de fiscalização ocorre sempre durante feriados longos e recessos. A ação da PRF visa ainda diminuir o volume de acidentes e conscientizar os motoristas que lotam as BRs no fim do ano.

A operação durou cinco dias e foi realizada em todos os estados. No geral, foram registrados 759 acidentes, 50 mortes e 962 pessoas feridas em ocorrências nas estradas federais. Apesar da queda de 28% no número de óbitos, alguns estados tiveram mais registros que no ano anterior.

Conforme os resultados divulgados até o momento, a Bahia registrou leve queda no número de acidentes com feridos durante a semana do Natal. A PRF atendeu 60 ocorrências nas rodovias federais que cortam a Bahia. Destas, 47 registraram pessoas feridas. Os acidentes graves se mantiveram em relação ao ano passado: foram 21 ocorrências, com casos de morte em 6 dos acidentes graves.

Segundo a PRF, a operação abordou mais de 10 mil veículosno estado. Quase 6 mil testes do bafômetro foram aplicados, e 103 condutores recusaram-se a fazer o teste. O número de motoristas flagrados dirigindo alcoolizados foi de 15 pessoas, sendo que 6 foram presos por embriaguez.

O Distrito Federal teve uma sensível queda no número de feridos em acidentes nas rodovias federais durante o Natal. Foram 26% de acidentes a menos do que em 2018. A operação registrou 29 acidentes, quatro mortos e 37 pessoas feridas. Apesar de o número de acidentes quase não ter variado de um ano para o outro (foram 38 em 2018), houve 13 pessoas feridas a menos que no ano anterior.

Nas abordagens, 1.325 veículos foram fiscalizados. Destes, 985 sofreram algum tipo de penalidade: foram 985 infrações, 21 pessoas detidas e quartro presos por embriaguez. A PRF registrou, ainda, 29 veículos onde crianças estavam sem a cadeirinha – equipamento obrigatório para circulação.

Espírito Santo e Paraíba

As rodovias federais que cortam o Espírito Santo tiveram um número de acidentes quase 16% maior que o do ano passado – 59 ocorrências foram registradas. O número de feridos foi idêntico ao de 2018: 84 pessoas se machucaram durante ocorrências de trânsito. Foram registradas nas estradas federais cinco mortes, uma a mais que em 2018.

A PRF informou que, nas abordagens, 1.072 pessoas receberam explicações educativas e foram orientadas sobre boas práticas no trânsito.

A população paraibana mostrou conduta exemplar durante o feriado: o número de acidentes e ocorrências é o menor dos últimos cinco anos: foram 12 acidentes e 12 pessoas feridas, sem nenhum registro de óbito. Isso representa uma queda de 45% no número de acidentes e de 25% no número de feridos.

A fiscalização abordou quase 3 mil veículos, e 699 testes do bafômetro foram aplicados. Motoristas embriagados foram registrados em 33 destes testes. A polícia aplicou multas em 1.042 infrações.

(Agência Brasil)

Família promove rifa para ajudar no tratamento do filho

A ação promovida pela família é mais uma entre tantas tentativas de arrecadar dinheiro para o tratamento do pequeno Murilo Fistarol, diagnosticado com hidrocefalia e paralisia cerebral ainda no ventre. O menino nasceu forte, com uma vontade enorme de viver.

Murilo está em Caxias do Sul com os pais, onde faz tratamento em um hospital especializado em reabilitação. A família conseguiu que a criança fosse aceita pelo centro de tratamento, após realizar uma série de atividades como rifas e bazares e conseguir o dinheiro necessário para o tratamento.

Murilo está com 3 anos e 7 meses e desde outubro está sendo acompanhado pelos profissionais do Centro de Reabilitação, o tratamento tem se mostrado superpositivo e promovendo avanços visíveis na locomoção e fala do pequeno.

Para seguir com o tratamento, os pais precisaram se mudar e como acompanham a rotina do filho é difícil trabalhar. Adriane Fistarol conta que o esposo, Fábio está a procura de um emprego.

Para bancar os gastos com a criança, o casal conta com apoio de amigos e parentes. Eles lançaram uma nova campanha onde rifam um carro e esperam conseguir os recursos necessários para que Murilo possa ser acompanhado pelos profissionais por mais tempo.

Nas redes sociais a família mantém uma página com a rotina do Murilo, um histórico das ações realizadas até agora e a campanha nova. Cada novo passo dado pelo pequeno é registrado e tudo pode ser acompanhado por quem ajuda.

Quem quiser comprar a rifa é só entrar em contato pelo (93) 99136-9822.

Interno é morto dentro de centro de recuperação em Marabá

O detento Jhonatan de Deus Magalhães foi encontrado morto dentro do centro de recuperação agrícola Mariano Antunes, em Marabá.

Segundo a polícia, junto com a vítima havia mais sete detentos na cela. O caso ocorreu na segunda-feira (23). A Polícia Civil informou que as marcas encontradas no corpo da vítima sugerem que Jhonatan foi esganado e pendurado no local onde foi encontrado.

A direção do centro de recuperação em Marabá acionou o departamento de homicídios. O Instituto Médico Legal – IML, fez os primeiros levantamentos sobre a morte. Jhonatan estava preso por roubo desde o dia 4 deste mês.

 

Mais de 2 mil detentos recebem saída temporária de Natal do sistema penal

Cerca de 2188 presos receberam o direito passar o Natal em casa com as famílias. De acordo com a Superintendência do Sistema Penitenciário do Estado (Susipe), do total de presos beneficiados, 1.641 são da Região Metropolitana de Belém (RMB) e 547 são do interior do estado. Grande parte dos internos saíram sob monitoramento eletrônico e com as portarias de liberação em mãos. Outros saíram com a portaria de trabalho externo.

De acordo com a Superintendência do Sistema Penitenciário do Estado (Susipe), do total de presos beneficiados, 1.641 são da Região Metropolitana de Belém (RMB) e 547 são do interior do estado. As saídas continuam nesta quarta-feira (25) em outras casas penais da RMB e interior.

Os internos beneficiados devem retornar para as respectivas casas na próxima terça-feira (31) . Em caso de não retorno, os detentos passam a ser considerados evadidos e poderão regredir de pena para o regime fechado. A expectativa é que o índice de não retorno diminua em comparação ao ano passado, registrado em 7%.

Saída temporária

A saída temporária é um benefício concedido pela justiça previsto na Lei de Execuções Penais a presos que cumprem pena no regime semiaberto, apresentam bom comportamento e que já tenham cumprido um sexto da pena, pelo menos. Por ano, são previstas cinco saídas temporárias: Semana Santa, Dia das Mães, Dia dos Pais, Círio de Nazaré e Festas de Final de Ano (Natal e Ano novo).

Há casos em que o custodiado se apresenta na casa penal após a data estabelecida pela dificuldade de locomoção e acesso a lugares mais distantes, como o arquipélago do Marajó, entre outros. Nestes casos, os detentos comparecem a uma audiência de justificativa onde o juiz da execução penal irá avaliar se caberá a penalidade ou não. Os que evadem são punidos com a regressão de regime cautelar ou definitiva, como rege a Lei de Execução Penal (LEP).

(G1/PA)

Casal recebe doações após pedir ajuda através da Vale do Xingu

A Vale do Xingu contou a história do José, de 18 anos, que vende picolé e ganha 40 centavos por unidade, para comprar o leite do filho de apenas 2 meses de vida. Mas, com ajuda de parceiros, esse natal para a família foi diferente.

Foram várias doações: cama, sofá, e um rack. Móveis doados por pessoas que assistiram a reportagem e se solidarizaram.

Muito mais que enfeites, árvores e presentes, o espírito do natal é sinônimo de solidariedade. E foi com a solidariedade de pessoas que o natal do José, da esposa e o filho que ainda nem entende nada, pôde ser diferente do que ele imaginou. Nós da Vale do Xingu abraçamos a missão de informar, mas também, de mostrar que fazer o bem sem olhar a quem. Tô na vale, tô feliz!

Veja a reportagem completa.

 

Prazo de livre troca para saque-aniversário do FGTS acaba dia 31

A livre possibilidade de o trabalhador trocar de modalidades de saques do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) acabará no fim do ano. Até 31 de dezembro, será possível trocar livremente entre o saque-aniversário, retirada anual de parte do saldo no aniversário do trabalhador, e o saque-rescisão, pago somente em demissão sem justa causa.

A partir de 1º de janeiro, o trabalhador continua podendo aderir ao saque-aniversário. No entanto, quem tiver feito a escolha terá de esperar pelo menos dois anos para voltar ao saque-rescisão.

A adesão ao saque-aniversário está liberada desde 1º de outubro. Para escolher a modalidade, o beneficiário deve entrar na seção “saque-aniversário”, na página do FGTS na internet, ou usar o aplicativo FGTS, disponível para smartphones e tablets dos sistemas Android e iOS e para computadores com o sistema Windows.

Calendário

Ao optar pelo saque-aniversário, o trabalhador deverá escolher a data em que deseja que o valor esteja disponível: 1º ou 10º dia do mês de aniversário. Quem escolher o 10º dia retirará o dinheiro com juros e atualização monetária sobre o mês do saque. Em 2020, o saque-aniversário será de abril a junho para os trabalhadores nascidos em janeiro e fevereiro, de maio a junho para os nascidos em março e abril e de junho a agosto para os nascidos em maio e junho.

A partir de agosto, a retirada ocorrerá no mês de aniversário até dois meses depois. De 2021 em diante, as retiradas sempre ocorrerão no mês de nascimento do trabalhador, até dois meses depois. Caso o beneficiário não faça o saque no período permitido, o dinheiro volta para a conta do FGTS.

Valores

O trabalhador que aderir ao saque-aniversário poderá sacar um percentual do saldo de todas as contas do FGTS, ativas e inativas, em seu nome. Além do percentual, ele receberá um adicional fixo, conforme o saldo da conta. O valor a ser sacado varia de 50% do saldo sem parcela adicional para contas de até R$ 500 a 5% do saldo e adicional de R$ 2,9 mil para contas com mais de R$ 20 mil.

Em troca de retirar uma parcela do FGTS a cada ano, o trabalhador deixará de receber o valor depositado pela empresa caso seja demitido sem justa causa. O pagamento da multa de 40% nessas situações está mantido. As demais possibilidades de saque do FGTS – como compra de imóveis, aposentadoria e doenças graves – não são afetadas pelo saque-aniversário.

Saque imediato

O saque-aniversário não está relacionado ao saque imediato, que prevê a retirada de até R$ 998 do FGTS de todas as contas ativas e inativas. Quem não retirou o dinheiro nessa modalidade ao longo dos últimos meses ainda poderá fazer o saque até 31 de março. Depois disso, o dinheiro retornará para a conta do FGTS.