ParáPaz abre vagas em Altamira, Marabá e diversos municípios paraenses

A Fundação ParáPaz divulgou nesta terça-feira (12) a abertura de Processo Seletivo Simplificado (PPS) para selecionar candidatos a fim de desempenhar as funções de Nível Superior (132 vagas), Médio (32 vagas) e Fundamental (15 vagas), com vencimento base que varia de R$ 2.025,15+ gratificação e benefícios.

As contratações de caráter temporário serão para o município de Ananindeua, Altamira, Belém, Breves, Canaã dos Carajás, Marabá, Marituba, Santa Bárbara, Santa Izabel do Pará, Santa Maria do Pará, Parauapebas, Paragominas, Santarém, Tucuruí e Vigia de Nazaré.

As inscrições serão gratuitas e estarão abertas no período de 00:01 horas desta quarta, dia 13 de novembro, às 23h59min de quinta, dia 14 novembro. Deverão ser efetuadas exclusivamente no endereço eletrônico www.sipros.pa.gov.br . Mais detalhes sobre a vaga oferecida e outras informações constam na íntegra no Edital, que se encontra divulgado no mesmo endereço.

Correio de Carajás

Belém receberá em 2020 evento internacional de mineração

O setor da mineração, da pesquisa ao mercado mundial, passando pela legislação à inovação, estará reunido em Belém, de 24 a 27 de agosto de 2020, na Exposibram, evento lançado na sede da Fiepa, na noite de quarta-feira (13), com a presença de representantes do poder público, indústria e entidades de classe.

“A Sedeme se une ao Instituto Brasileiro da Mineração (Ibram) e demais organizações apoiadoras, para que avancemos para um novo ciclo da mineração com práticas sustentáveis e inovadoras. Essa é uma diretriz do governador”, enfatizou o secretário estadual adjunto de Desenvolvimento Econômico, Carlos Ledo, que no evento representou o governador Helder Barbalho, e o titular da Sedeme, Iran Lima.

Carlos Ledo recordou que, em setembro deste ano, o governador do Pará foi convidado e fez questão de participar da abertura da Exposibram 2019, em Belo Horizonte, que mobilizou 490 estandes, 26 países, 1.300 inscritos no Congresso Brasileiro de Mineração e nada menos do que 55 mil participantes circulando pela Expominas, o Centro de Exposições de BH.

O Governo do Pará participou com destaque da edição mineira, levando servidores públicos estaduais, entre geólogos e engenheiros de mina, com expertise na prospecção de novos investimentos e atração de negócios e projetos para a economia estadual, sempre com o foco na verticalização das nossas riquezas minerais.

A última vez que o Instituto Brasileiro de Mineração (Ibram) trouxe a Belém um de seus principais eventos, foi em 2014. A Exposibram Belém 2020 reunirá tanto a Exposição Internacional da Mineração como o Congresso de Mineração. “É a primeira vez que o Instituto Brasileiro de Mineração (Ibram) traz a Belém um de seus principais eventos. Temos orgulho de sermos um Estado mineral’’, destacou o vice-presidente da Fiepa, José Maria Mendonça, saudando o apoio decisivo do Governo do Pará ao evento.

Para o presidente do Sindicato das Indústrias Minerais do Pará (Simineral), José Fernando Gomes Júnior, “o segmento minerário nunca esteve tão unido e forte”, disse ele, que fez questão de ressaltar que a responsabilidade só aumenta com a edição Belém da Exposibram.

“O Pará já é o maior Estado em minério de ferro, mas a mineração é feita de pessoas, de gente, de paraenses, de mineiros, de brasileiros. Então, já fica aqui um desafio para a feira que é mostrar a importância da mineração no dia a dia das pessoas” – José Fernando Gomes Jr, presidente do Simineral

O presidente-executivo do Ibram, Flávio Ottoni Penido, frisou que somente 30% do território nacional tem o que pode se considerar uma pesquisa geológica básica, portanto o Brasil ainda tem forte potencial a ser pesquisado, e na área continental do território paraense isso não é diferente.

“Por que Belém? Por que o Pará? Esperamos atrair uma atração internacional para o Estado, com fornecedores de equipamentos, empresas minerárias nacionais e estrangeiras, palestrantes brasileiros e do exterior para que aqui se discuta a mineração com respeito às leis ambientais, às comunidades, e com desenvolvimento de negócios’’, concluiu Flávio Penido.

Empresários e gestores executivos de mineradoras com atuação no Pará prestigiaram o lançamento da Exposibram 2020, na sede da Fiepa, assim como equipes da Sedeme e da Companhia de Desenvolvimento Econômico do Pará (Codec).

Agência Pará

Governo instala o Conselho Estadual de Política Indigenista do Estado

O Governador do Estado instalou oficialmente, na manhã desta segunda-feira (11), o Conselho Estadual de Política Indigenista do Estado do Pará (CONSEPI/Pa). Cerca de 20 indígenas das etnias kaiapó, tembé e mundurucu vindos de várias localidades do Pará participaram do ato de instalação no Museu Emílio Goeldi.

O Ato iniciou com a interpretação do hino nacional pelo indígena Mocuca Kayapó, na língua Kayapó. As lideranças indígenas puderam falar sobre suas maiores necessidades e da possibilidade de ter diálogo com o governo, através do Conselho. Sérgio Muxi Tembé, representante da etnia tembé, falou que a principal necessidade da sua comunidade indígena, que fica na região de Paragominas, é a assistência à saúde. “É a primeira vez que temos uma conversa mais próxima com um governo. Acho bom para o meu povo. Nós temos costumes diferentes e queremos ser ouvidos como na área da saúde”, ressaltou.

O comitê que preside o conselho é liderado pela Secretaria de Estado de Justiça e Direitos Humanos, representado pelo secretário Rogério Barra, que falou sobre a valorização das políticas públicas voltadas para os povos tradicionais.

“É de muita importância, temos que registrar o olhar sensível do governador que tem ouvido os indígenas. O conselho é inédito e abre o diálogo de forma democrática com as instituições, governo e assim vai potencializar as políticas públicas”.

Por fim, o Governador Helder Barbalho celebrou a importância da conversa com os povos indígenas.

“O compromisso é governar para todos. Temos mais de 70 mil índios que merecem ter acesso aos seus direitos. Queremos que o governo ouça todas essas demandas e juntos podemos construir políticas públicas para proteger e garantir direitos de todas as comunidades”.

O conselho é composto por 19 representantes, todos com direito a voto, 17 representantes dos povos e organizações indígenas.

Assista ao vídeo

Caixa e BB iniciam quinta fase de pagamento de abono do PIS/Pasep

O abono salarial dos programas de Integração Social (PIS) e de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep) do calendário 2019/2020 começa a ser pago hoje (14) para os beneficiários nascidos em novembro e servidores públicos com final de inscrição 04.

A Caixa Econômica Federal é responsável pelo pagamento do abono salarial do PIS. Os pagamentos são disponibilizados de forma escalonada conforme o mês de nascimento do trabalhador.

Os titulares que possuem conta individual na Caixa com cadastro atualizado receberam o crédito automático antecipado na última terça-feira (12).

Os primeiros a receber o abono foram os nascidos em julho, no caso dos trabalhadores da iniciativa privada. Quanto aos servidores públicos, os que têm inscrição iniciada em zero.

Os trabalhadores que nasceram até dezembro recebem o PIS ainda este ano. Os nascidos entre janeiro e junho terão o recurso disponível para saque em 2020.

Os servidores públicos com o dígito final de inscrição do Pasep de 0 e 4 também recebem este ano. Já no caso das inscrições com o final entre 5 e 9, o pagamento será no próximo ano.

O limite para sacar os recursos do exercício 2019/2020 será no dia 30 de junho de 2020.

(Agência Brasil)

Assista ao vídeo

Três homens são encontrados mortos entre Uruará e Placas

A cena foi rapidamente compartilhada em aplicativo de mensagens. Nos vídeos, três homens encontrados mortos em um trecho da rodovia Transamazônica, entre os municípios de Uruará e Placas. Segundo informações preliminares, o trio estaria realizando assaltos nesse perímetro, quando teriam tentado assaltar um micro-ônibus. O motorista do veículo não teria parado à abordagem feita, atropelando os três suspeitos e seguindo viagem.

O caso aconteceu durante a madrugada, mas a Polícia Civil foi acionada somente pela manhã. A situação foi registrada na delegacia do município de Uruará. Ainda não se sabe a identificação dos homens. E nenhum boletim de ocorrência de tentativa de assalto foi registrado.

Assista ao vídeo

Assaltante sofre infarto e morre durante roubo em Manaus

Um homem ainda não identificado morreu após infartar durante um assalto a pacientes que aguardavam atendimento na fila da Unidade Básica de Saúde (UBS) do bairro São Francisco, na rua Rodolfo Vale, Zona Sul de Manaus. O fato aconteceu nesta quarta-feira (13).

Segundo informações da 1ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), a guarnição recebeu a ocorrência por volta das 6h da manhã e foi direcionada até o local.

Conforme testemunhas, o homem e outro comparsa chegaram ao local e anunciaram o assalto. Entretanto, durante a ação criminosa, um dos assaltantes passou mal e caiu no chão. O outro criminoso fugiu, levando pertences das vítimas.

De acordo com o secretário municipal de saúde, Marcelo Magaldi Alves, não há necessidade de as pessoas chegarem cedo para aguardarem na fila . O atendimento seguiu normalmente na UBS ao longo do dia.

“Não há necessidade das pessoas chegarem cedo. Mas essa é uma questão cultural da população, aguardar na fila com medo de não ser atendida. Sabemos que é um risco ficar do lado de fora, mas a polícia tem feito ronda na área com o objetivo de proteger os servidores e os usuários do posto de saúde”, afirmou.

O Instituto Médico Legal (IML) foi acionado para remover o corpo.

(EmTempo)

Idosa pede ajuda para recuperar telhados levados por ventania

Aos 68 anos, dona Maria Alexandrina vê o prejuízo da chuva registrada no último final de semana em Altamira. O vento forte levou o telhado de sua casa que fica na rua Papoula, no Reassentamento Urbano Coletivo Jatobá.

A moradora conta que mora com as filhas na casa há seis anos e nunca tinha presenciado uma chuva com ventos tão fortes. A idosa mostrou o estrago que ficou pelo terreno. “Começou a voar as telhas, água chovendo dentro de casa, nos molhamos todos, nunca vi um vento assim”, conta.

Emocionada, sem ter aonde se abrigar nas próximas chuvas, já que o período do inverno amazônico está se aproximando, e nem como arcar comprando novas telhas, a idosa pede ajuda. “Peço se alguém puder me ajudar com as telhas, porque que eu não tenho condições de comprar, não tenho da onde tirar”, explica dona Maria.

Homem é preso por comprar cerveja e não pagar

Marcelo Marcos da Silva, 43 anos, foi preso pela Polícia Militar depois de consumir cerveja e um bar e não pagar. Ele estava em um estabelecimento na rua Osório de Freitas, no bairro Brasília, e consumiu três cervejas, mas na hora de pagar disse a proprietária que não tinha dinheiro.

Segundo Marcelo, ele não pretendia dar calote na dona do local, que pagaria depois. Mas a proprietária disse que ele a ameaçou quando a mesma foi cobrar e por isso acionou a polícia.

Ele foi encaminhado a delegacia de Polícia Civil e depois liberado.

Assista ao vídeo

Suspeito de matar adolescente em Medicilândia é preso; segundo envolvido foi apreendido

Robson Silva de Sousa foi preso e um adolescente apreendido pela Polícia Civil, após denúncia anônima. Os dois são suspeitos de assassinar a golpes de faca Guilherme Silva Fernandes, de 17 anos, no município de Medicilândia, distante 90 km de Altamira. O crime aconteceu no último domingo (10).

De acordo com o delegado da cidade, os dois primos foram encontrados na casa do pai do adolescente. Ainda segundo as investigações, a dupla teria desferido golpes de faca em Guilherme após uma discussão, porque a vítima teria ateado fogo na moto do adolescente.

Robson ficará preso e deverá responder por homicídio e corrupção de menores. Já o adolescente será encaminhado a vara da infância e juventude.

Grupo une amor por remo para aproveitar o Xingu e as belezas naturais

O contraste de floresta com o rio mostra a riqueza que a Amazônia tem, e o grupo “Xingu na Bagagem”, sabe bem como aproveitar o visual. Eles acordam cedo para descobrir um dos cenários cheios de encantos e belezas: o rio Xingu. Pela frente sete quilômetros, mas quem disse que tem alguém preocupado com isso? Para o ponto de partida: a orla do cais de Altamira. Somos usuários do rio, da natureza, juntamos as oportunidades de conhecer a natureza com o esporte, com remar”, conta Marcela Borges, da organização.

Os amantes de caiaque e o stand up paddle, que é o ato de remar em pé, se juntaram com os remadores que já estão acostumados e, também, com os que têm pouca experiência. O importante é aproveitar a paisagem exuberante do rio Xingu. Edvaldo Leite é bancário e aproveitou a folga para curtir o rio. “É a primeira vez, e são 7km que valem 47km de bicicleta. São 2h30, a gente chega cansado, mas compensa”, declara. No rio que serve de rua para muitos ribeirinhos da região, tem aqueles que aproveitam para levar também aquele que é considerado o “melhor amigo do homem”. Até o cachorro desse participante seguiu como se estivesse admirando tudo o que via.

Um dos objetivos da remada é mostrar que é possível fazer turismo ecológico pelo rio, além é claro, de promover a saúde aos participantes. “O importante é a aliança do turismo com a qualidade de vida”, conta Welington Gaspar.

Todo trabalho de identificação e mapeamento das belezas do Xingu são feitos por Wyllyan Farias que é turismólogo e conhece Altamira muito bem. “Queremos promover o esporte e levar mais pessoas a conhecer a região, as belezas da natureza. Somos ricos em natureza e vamos explorar isso. Queremos mostrar o que temos de melhor”, explica.

As belezas do rio Xingu. Estar em contato com a natureza. Poder vivenciar novas experiências e ainda, trazer boas lembranças na bagagem. Isso é também, o lado bom de Altamira.

Veja a reportagem