Norte Energia e Marinha capacitam barqueiros do Xingu

Na manhã de sexta-feira (16), um total de 59 ribeirinhos e profissionais que atuam com navegação na região da Volta Grande do Xingu, no sudoeste do Pará, participaram, no auditório do Centro de Eventos e Cursos de Altamira, de solenidade de encerramento do Curso para Formação de Aquaviários, promovido pela Norte Energia em parceria com Marinha do Brasil, por meio da Capitania dos Portos do Amapá.

Durante o evento, os formandos receberam suas carteiras de Marinheiro Fluvial Auxiliar de Convés e Marinheiro Fluvial Auxiliar de Máquinas. A partir de agora,seguindo as normas da Marinha do Brasil, eles estão autorizados a pilotar embarcações de arqueação bruta de até 10 toneladas, como as voadeiras erabetas de pequeno porte, de utilização comum nos rios da Amazônia.

Muitos dos formandos integram a Cooperativa de Pilotos de Barcos e Voadeiras do Xingu (Coopibavox), sediada em Altamira, além das cooperativas de Pilotos de Voadeira de Vitória do Xingu (Coopivovix) e de Pilotos de Voadeiras do Baixo Xingu e Baixo Amazonas (Coopivobax), sediadas nos municípios de Vitória do Xingu e Senador José Porfírio, respectivamente.

Em cinco dias de capacitação, os ribeirinhos estudaram disciplinas como navegação, manobras com embarcações, primeiros socorros, sobrevivência do náufrago, prevenção da poluição hídrica e combate a incêndio.Para Benielton Ferreira da Cruz, que pilota rabeta para fins pessoais em Vitória do Xingu, o curso vem beneficiar toda a população. “As embarcações são o principal meio de transporte para quem vive às margens dos rios. São utilizadas para locomoção, pesca e até no turismo, mas elas precisam ser conduzidas com reponsabilidade”, explica o ribeirinho.

De acordo com o 1º Sargento da Marinha do Brasil, Robert Donald da Costa, um dos coordenadores do curso, a parceria vai trazer mais segurança para quem utiliza direta e indiretamente os rios da região. “A Norte Energia solicitou o curso e realizamos a capacitação para que os novos aquaviários possam exercer seu trabalho com todo cuidado e segurança possível, levando em consideração as características das embarcações que eles utilizam”, detalhou o militar, que atua na Divisão de Ensino Profissional Marítimo da Capitania dos Portos do Amapá.

Bruno Bahiana, Gerente de Monitoramento Socioambiental da Norte Energia, destaca que a capacitação faz parte das atividades do Plano de Gerenciamento Integrado da Volta Grande do Xingu e cumpre mais uma medida de mitigaçã junto aos moradores das comunidades do Trecho de Vazão Reduzida do empreendimento. “Temos trabalhado, todos os dias, para responder positivamente às demandas dos moradores e trabalhadores da região, à exemplo do que ocorre hoje, com os 59 novos aquaviários, devidamente autorizados a pilotar pelas águas do Xingu com mais cidadania, segurança e aval da Marinha do Brasil, uma importante parceira nesse processo”, declarou o gestor.

(Assessoria)

Faculdade fará volta às aulas com palco e DJs

Na próxima segunda-feira (19), inicia mais um semestre letivo na Faculdade Serra Dourada, campus Altamira. E a comunidade acadêmica será recebida com uma programação especial.

No estacionamento da faculdade, será montado um palco e DJs irão animar a chegada dos estudantes, professores e equipe administrativa. O ambiente será decorado e haverá ainda distribuição de brindes e pipoca.

De acordo com o diretor da instituição, Renato César, o momento será de muita descontração para recepcionar os calouros e veteranos e também os colaboradores da instituição de ensino. “Descontração e alegria, mas sempre prezando pela qualidade de ensino ao aluno. A volta às aulas é um momento de reencontro, do início de uma nova experiência e estamos aqui para apoiar esse reinício. Também vamos celebrar a nova etapa da faculdade, com a chegada dos novos cursos de Direito, Odontologia e Psicologia, que vêm somar ao nosso quadro de graduação”, diz.

(Assessoria)

Redes sociais não fazem mal, desde que não substituam atividades mais saudáveis, diz estudo

As redes sociais fazem mal para os adolescentes?

A pergunta que tira o sono de pais, educadores e cientistas em todo o mundo recebeu, por ora, uma nova resposta.

E ela é: as redes não prejudicam diretamente os mais jovens, mas podem tirar o tempo que eles gastam em atividades vitais e saudáveis, como dormir e se exercitar.

O alerta vem de pesquisadores do Reino Unido, que recomendam a proibição de celulares depois das 22h e incentivos a atividades físicas.

Segundo o estudo, as meninas são especialmente vulneráveis ​​ao cyberbullying, o que pode levar a problemas psicológicos.

No Reino Unido, nove em cada dez adolescentes usam redes sociais e há uma crescente preocupação com o seu impacto na saúde mental dos mais jovens.

Até agora, as conclusões das pesquisas são contraditórias devido à falta de estudos de longo prazo.

Neste estudo recente, publicado no na revista médica especializada The Lancet Child & Adolescent Health, mais de 12 mil adolescentes em idade escolar na Inglaterra foram entrevistados durante três anos, dos 13 aos 16.

Eles cursavam os anos 9, 10 e 11 (equivalentes ao 9º ano do ensino fundamental e 1º e 2º do ensino médio no Brasil) do sistema de ensino britânico.

O que o estudo fez?


Os adolescentes informaram com que frequência checavam redes como Instagram, Facebook, WhatsApp e Twitter diariamente, mas não quanto tempo gastavam usando-as.

No ano 9, a maioria (51%) das meninas e 43% dos meninos entraram em redes sociais mais de três vezes por dia; no ano 11, a frequência subiu para 69% entre os meninos e 75% entre as meninas.

Já no ano 10, os mesmos jovens preencheram um questionário sobre sua saúde mental e relataram experiências de cyberbullying, sono e atividade física.

No ano 11, os adolescentes avaliaram seus níveis de felicidade e ansiedade.

O que a pesquisa encontrou?

Os meninos e meninas que verificavam suas redes mais de três vezes por dia tinham pior saúde mental e maior sofrimento psicológico.

As meninas também parecem mais propensas a dizer que são menos felizes e mais ansiosas à medida que os anos avançaram, ao contrário dos meninos.

Nas meninas, os efeitos negativos são revelados principalmente em perturbações do sono, ciberbullying e, em menor medida, falta de exercício.

Nos meninos, os fatores também têm um impacto, mas muito menor.

Os pais devem se preocupar?

O coordenador do estudo, Russell Viner, professor de saúde do adolescente do University College London, diz: “Os pais andam em círculos quando o assunto é o tempo que seus filhos passam nas redes sociais todos os dias.”

“Mas eles deveriam se preocupar com a quantidade de atividade física e sono dos filhos, porque as mídias sociais estão substituindo outras coisas.”

As redes sociais também podem ter um efeito positivo nos adolescentes e “desempenham um papel central na vida de nossos filhos”, acrescentou.

Também envolvida no estudo, a professora de psiquiatria infantil, Dasha Nicholls, da universidade Imperial College London, completa: “Não é o tempo na rede social em si, a questão é quando ela desloca os contatos e atividades da vida real.”

É diferente para meninos?

A equipe de especialistas diz que, embora tenha observado diferenças no uso de redes sociais entre garotas e garotos, elas ainda não são bem compreendidas.

Também são necessários outros estudos para descobrir de que forma o uso das redes sociaiso pode influenciar o sofrimento psicológico dos meninos.

E quanto ao cyberbullying?

Nicholls diz que os pais devem monitorar as atividades de seus filhos para ter certeza de que não estão acessando conteúdo prejudicial, principalmente à noite.

“Com o cyberbullying, nem a nossa cama é um lugar seguro. Mas, se o seu celular estiver em outro cômodo da casa, você não pode ser intimidado em sua cama.”

Louise Theodosiou, do corpo docente sobre crianças e adolescentes do Royal College of Psychiatrists (organização profissional de psiquiatras do Reino Unido), diz: “Mais estudos são necessários para entender como podemos evitar os impactos mais negativos das redes sociais, particularmente em crianças e jovens vulneráveis.”

“É justo que as empresas de redes sociais contribuam para financiar esses estudos e façam mais para apoiar os jovens a usar a internet com segurança.”

(BBC)

Pará é estado com maior número de trabalhadores autônomos no Brasil

O Pará é o estado do Brasil com o maior número de trabalhadores autônomos, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). De acordo com Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) do segundo trimestre de 2019, divulgada nesta quinta-feira (15), 35,6% da população ocupada do estado trabalha por conta própria.

Ainda segundo o levantamento, esse número é cerca de 10% maior que a média nacional, que é de 25,9%. Além do Pará, os estados com os maiores percentuais foram o Amapá (35,1%) e o Amazonas (34,3%).

A pesquisa também aponta que o Pará é o terceiro estado do país com maior proporção de trabalhadores sem carteira assinada. O percentual de pessoas nessa condição no Pará é de 47,3%. Apenas o Maranhão (49,7%) e o Piauí (48%) têm índices maiores.

(G1)

PIS/Pasep: benefício para os nascidos em agosto já está liberado

O abono salarial do calendário 2019/2020 do Programa de Integração Social (PIS ) e do Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep), para os beneficiários nascidos em agosto, já está liberado desde essa quinta-feira (15).

Os trabalhadores com inscrição no PIS recebem na Caixa Econômica Federal. De acordo com o banco, o valor total disponibilizado para os nascidos em agosto é de R$ 1,4 bilhão destinado a 1,6 milhão de beneficiários. O trabalhador com inscrição no Pasep recebe o pagamento no Banco do Brasil.

O dinheiro do benefício pode ser sacado até 30 de junho de 2020 e pode ser consultado, no caso do PIS, pelo Aplicativo Caixa Trabalhador, no site do banco (www.caixa.gov.br/PIS) ou pelo telefone 0800 726 0207.

Os titulares de conta individual na Caixa, com cadastro atualizado e movimentação na conta, recebem o crédito de forma automática.

Tem direito ao benefício o trabalhador inscrito no PIS ou no Pasep há pelo menos cinco anos e que tenha trabalhado formalmente por pelo menos 30 dias, em 2018, com remuneração mensal média de até dois salários mínimos.

É necessário ainda que os dados estejam corretamente informados pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (Rais), ano-base 2018.

30 anos vale do Xingu: é hoje show de Xand Avião em Altamira

Tudo está sendo preparado para o dia mais esperado do ano. O show de Xand Avião em comemoração aos 30 anos da emissora Vale do Xingu. O palco está montado, recebendo os últimos ajustes.

O evento vai contar com uma megaestrutura áudio visual. Um telão está sendo montado para não deixar ninguém de fora, e assim, o público poderá acompanhar o cantor mais de perto.

Serão 20 toneladas de iluminação para o grande dia. O produtor executivo do evento está otimista para o sucesso do show que tem a estrutura dos maiores eventos musicais do país. O local escolhido para o mega aniversário foi o estacionamento do Centro de Eventos de Altamira com 6.000 m2. “Tá tudo pronto”, conta o produtor Israel Pinheiro”.

E se você ainda não comprou o ingresso corre que dá tempo. Os ingressos podem ser adquiridos na Farmácia Lacerda, Mister Burg, Óticas Sandra, Minas Autopeças – no bairro Brasília, na emissora – na rua Primeiro de Janeiro e pela internet clicando aqui.

Assaltantes fazem reféns em Novo Repartimento

Assaltantes fizeram pessoas reféns em Novo Repartimento, nesta sexta-feira (16), no bairro Morumbi. Segundo informações da polícia civil, houve uma denúncia de que pessoas armadas estavam em uma casa. A polícia Militar esteve na residência e confirmou a situação.

Na abordagem a quadrilha se dividiu. Uma parte invadiu uma casa e fez a família refém. A outra parte, tomou um veículo de assalto e seguiu em direção a Marabá.

A parte do bando que ficou na casa já se entregou e foi presa.

O Portal Novo Repartimento fez uma transmissão ao vivo da situação.

Assalto com reféns Novo Repartimento

Posted by Portal Novo Repartimento on Friday, 16 August 2019

Em breve mais informações.

Caixa Econômica renegociará dívidas de caminhoneiros

O presidente Jair Bolsonaro e o presidente da Caixa Econômica Federal (CEF), Pedro Guimarães, anunciaram a possibilidade dos caminhoneiros renegociarem suas dívidas com o banco. Dívidas de cartão de crédito e outras despesas, como financiamento imobiliário, vão poder ser renegociadas. As negociações começam na próxima segunda-feira (15).

“A caixa já tem uma renegociação com 3 milhões de pessoas, de até 90% de desconto. Seiscentas mil pessoas evitaram de perder suas casas. […] Temos um volume significativo de caminhoneiros que também podem evitar de perder suas casas a partir de negociação que já tínhamos e ampliamos para os caminhoneiros”, disse Guimarães. O anúncio foi feito durante live do presidente Bolsonaro, transmitida em sua conta no Facebook.

Ele acrescentou que a renegociação é para crédito na CEF. Para casos de crédito no Banco do Brasil ou Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), a Caixa precisaria negociar com os bancos. Bolsonaro acrescentou que estão ocorrendo conversas com esses dois bancos para repetir as negociações também nessas instituições.

O presidente da Caixa também disse que o governo fará um anúncio “revolucionário” a respeito de crédito imobiliário na terça-feira (20). Segundo ele, a novidade valerá para novos contratos. “A gente não pode mexer nos contratos antigos, mas vai gerar bastante demanda, bastante emprego. Será algo revolucionário”.

Críticas à Alemanha e Noruega

Bolsonaro também criticou a Noruega, que decidiu congelar seus repasses para o Fundo Amazônia. Dias antes, a Alemanha havia anunciado a suspensão de repasses de verba para o fundo. “A [chanceler alemã] Ângela Merkel, disse que não vai mais mandar 80 milhões de Euros para preservar a Amazônia. Pega essa grana e refloreste a Alemanha. A Noruega também não vai mandar uma importância equivalente. Manda para a Ângela Merkel”, disse ele.

Em seguida, Bolsonaro disse que a Noruega “não tem moral para dar exemplo para nós” e afirmou que o país promove “matança de baleia”. O presidente ainda acusou os dois países de estarem interessados nas riquezas do solo brasileiro. “Esse pessoal que fica fazendo campanha contra o Brasil não tem exemplo para dar. Eles estão preocupados com as riquezas, não estão preocupados com as árvores da Amazônia”.

Jogos Pan Americanos

O presidente voltou a elogiar a atuação dos atletas brasileiros nos jogos Pan Americanos de Lima, realizados nos meses de julho e agosto. Nos 19 dias de jogos, o Time Brasil conquistou 171 medalhas e garantiu o país no 2º lugar do quadro geral de medalhas, com 55 de ouro, 45 de prata e 71 de bronze. É a segunda vez que o Brasil alcança o segundo lugar no quadro geral. A primeira vez havia sido nos jogos de 1963, em São Paulo.

“Conseguimos um segundo lugar nos jogos. Há muitas décadas a gente não conseguia isso. E grande parte dos atletas veio do programa Força no Esporte, administrado pelas Forças Armadas. Esse trabalho não é de agora, veio de governos anteriores mas, com certeza, será melhorado”, disse o presidente.

Bolsonaro ainda disse que estuda a possibilidade de enviar um projeto de lei que permita que os atletas medalhistas em competições do porte de Olimpíada e Jogos Pan Americanos possam incorporar, em caráter de estabilidade, aos quadros militares. Ele, no entanto, ainda ouvirá o ministro da Defesa, General Fernando Azevedo e Silva, e os comandantes das Forças Armadas para saber se a medida é possível.

(Agência Brasil)

CNJ lança Sistema Nacional de Adoção e Acolhimento

O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) lançou hoje (15) o Sistema Nacional de Adoção e Acolhimento. A ferramenta auxilia juízes de varas da infância em todo o país na condução de processos de adoção. O programa deve começar a funcionar em outubro.

O novo sistema concentra informações de instituições de acolhimento de crianças e adolescentes abrigados em todo o país e é oriundo da junção do Cadastro Nacional de Adoção (CNA) e do Cadastro de Crianças Acolhidas, que já existiam.

Com a nova versão, a busca de pretendentes para crianças aptas a adoção será feita de forma automática, conforme as regras do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). O programa também emitirá alertas de cumprimento dos prazos processuais das adoções e comunicará aos interessados na adoção sobre atualizações de cadastro.

De acordo com o presidente do CNJ, ministro Dias Toffoli, o Sistema Nacional de Adoção pretende agilizar a reintegração familiar das crianças que estão em abrigos.

“Além disso, contribuirá para otimizar a adoção de 4.900 crianças aptas e que permanecem acolhidas, apesar da existência de 42 mil pretendentes habilitados no cadastro”, disse.

(Agência Brasil)

Perícia libera mais um corpo de vítima do massacre, em Altamira

O Centro de Perícias Científicas Renato Chaves (CPCRC) de Altamira, sudeste do Pará, liberou nesta quinta-feira (14) mais um corpo de vítima carbonizada no massacre que deixou 58 mortos no Centro de Recuperação do município, durante um confronto entre facções criminosas. A vitima foi identificada como Vanildo Souza Guedes.

Dos 58 mortos no presídio, 44 corpos já foram liberados no total. Segundo o CPCRC, 28 foram liberados logo após o massacre. Trinta passaram por exames de DNA, sendo que dez ainda não foram identificados.

Dos 20 corpos identificados por exames de DNA, 16 foram liberados, até então – um nesta quinta, oito na quarta-feira e sete na terça-feira. A liberação dos quatro cadáveres restantes deve ocorrer com a chegada dos familiares.

O CPRCR informou que para liberar os corpos é necessário apresentar RG da vítima e do familiar que vai assinar a liberação, além do comprovante de endereço.

Os mortos liberados, até então, são:

  1. Alessandro Silva Lima,
  2. André Carlos Santana Patrício,
  3. Bruno Rogério Andrade da Silva,
  4. Delimarques Teixeira Pontes,
  5. Diogo Xavier da Silva,
  6. Jeová Assunção da Silva,
  7. João Nilson Felicidade Farias,
  8. Lleonardo Dias Oliveira,
  9. Amilton Oliveira Câmara,
  10. Anderson Nascimento de Souza,
  11. Diego Walison de Sousa Reis,
  12. Geidson da Silva Monteiro,
  13. Itamar Anselmo Pinheiro,
  14. José Brandão Barbosa Filho,
  15. José Francisco Gomes Filho,
  16. Vanildo Souza Guedes.

(G1)