Dia dos avós: eles estão cada vez mais jovens e cheios de energia

A data foi inspirada no dia em que a igreja canonizou Santa Ana e São Joaquim, pais de Maria, e avós de Jesus. Quem pensa em avós convencionais do tipo que faz tricô, e passa as tardes na cadeira de balanço, pode se surpreender, com os avós da atualidade. Eles estão mais modernos, e têm vida social ativa. A participação na vida dos netos aumentou.

Um instituto de pesquisa constatou que os avós estão trocando o pijama pela roupa de festa. Cerca de 40% usam o telefone celular; e neles, começam a ter intimidade com e-mails e redes sociais e 34% participam de atividades culturais, frequentam cinemas, teatros e museus pelo menos uma vez por mês.

É o caso da Edineide Almeida, com 52 anos ela tem duas netas, o xodó dos avós. Mas, não se engane, ela não deixa de cuidar do corpo e da autoestima e, claro não dispensa uma boa maquiagem, e nem um belo look jovial. “Sou avó, elas não moram aqui, mas assim sempre que dá vou matar a saudade. Fui avó muito nova e nunca deixei de me cuidar, praticar esporte, voltar a estudar. Me sinto feliz de poder estar numa fase de acompanhar se poder participar”, conta Edineide, e complementa. “Eu sempre me preocupei comigo, me preocupei em estar bem e feliz, independentemente da idade”.

Os avós atualmente são mais ativos e conectados com as novidades. Dona Clarinda Ferreira e dona Ilma Souza são avós, mas não deixam de ser de viver de forma alegre, adoram se cuidar dos netos, mas se mantendo sempre estilosas. “As minhas netas: ai vó a senhora está com vestido curto. Minhas filhas a roupa é minha eu visto do jeito que eu quero e que eu gosto, ainda não tô velha pra ficar varrendo o chão”, se diverte Clarinda, de 74 anos.

“Eu gosto de maquiagem, de me arrumar, de dançar. Não fico em casa, estou sempre com as minhas amigas curtindo", conta a cuidadora Ilma. 

São eles que muitas vezes cuidam dos netos, e fazem aqueles mimos ou atendem os gostos deles. É, realmente eles são especiais, inspiram gerações e a presença deles traz segurança, amor dobrado, sinônimo de experiência e ensinamentos. O estilo pode ser diferente, mas aquele carinho que só eles têm permanece o mesmo. “ Ela é muito carinhosa, gentil e eu tô com saudade dela”, declara Isabella Bragança, neta da Edineide.

Assista ao vídeo

Um em cada cinco motoristas admite que usa o celular enquanto dirige

Segundos que podem fazer a diferença entre viver ou morrer. Uma pesquisa feita pelo Ministério da Saúde apontou que um em cada cinco brasileiros, admite usar o celular enquanto dirige. O levantamento ouviu mais de 52 mil pessoas entre fevereiro e dezembro de 2018.

Até 2016 dirigir utilizando o celular era uma infração média, mas diante do constante número de acidentes, foi feita uma alteração no código de trânsito brasileiro, separando a infração em duas categorias, o uso e o manuseio do aparelho. “Hoje você manusear o celular, segurar o celular, é uma infração gravíssima, são 7 pontos, o valor é de R$294, que é justamente para tentar coibir essa situação”, explica o agente Rodrigues do Demutran.

Os acidentes de trânsito são a segunda maior causa de mortes externas no país. Em Altamira, cerca 980 multas são registradas por mês, dessas, 30% são multas pelo uso do celular enquanto dirige. O agente rodrigues ressalta que é preciso ter conscientização, e deixa uma orientação. “Não utilizem, encostem para atender com segurança”.

(Karine Weil)

Assista ao vídeo

Cratera em praça no independente II é fechada

Na semana passada moradores do bairro Independente II reclamaram uma cratera que se abriu na região. As denuncias foram feitas e a Norte Energia esteve no local para fechar o buraco que se formou.

Segundo os moradores o solo teria cedido por conta das fortes chuvas na região. O ocorrido gerou insegurança nos moradores. Segundo Izabel Kuruaya, outros buracos estão aparecendo no entorno da praça. “Esses buracos dão medo, porque antigamente esse lugar aqui era um igarapé”, conta a moradora.

Sobre a segurança do solo e possíveis problemas futuros a Norte Energia não se pronunciou.

Assista ao vídeo

Conselho Tutelar está com inscrições abertas

A Comissão Especial do Processo de Escolha Unificado Dos membros do Conselho Tutelar , está convocando quem deseja se candidatar ao cargo de Conselheiro Tutelar. A inscrição deverá ser feita entre os dias 01 e 16 se agosto, na sede do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, na avenida Irmã Clores Mendes, no Anel Viário. O horário de atendimento é de 12h às 18h.

O conselho é vinculado administrativamente à Prefeitura Municipal, mas não há subordinação,logo exerce suas funções com independência. Suas decisões só podem ser revistas pelo Juiz da Infância e da Juventude, a partir de requerimento daquele que se sentir prejudicado.

Quem pode ser candidato

  • Pessoas com idade igual ou superior a 21 (vinte um) anos na data da inscrição de candidatos;
  • Que morem no município de Altamira há pelo menos 2 (dois) anos;
  • Que esteja em dia com as obrigações eleitorais e miliares;
  • Que tenha atuação na área da infância e juventude de, no mínimo, 02 (dois) anos no município, relacionada à promoção, proteção, protagonismo, controle social e gestão da política dos direitos da criança e do adolescente, em até 01 (uma) instituição registrada no Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Altamira;
  • Que possua curso de informática que permita a comunicação eletrônica e o registro de dados para alimentar o SIPIA – Sistema De Informação Para A Infância E Adolescência;
  • Que tenha formação de nível superior, conforme §5, Art. 100-B da Emenda à Lei Orgânica nº 04, de 14 de novembro de 2017.

No ato da inscrição o pré-candidato deverá:

  • preencher requerimento e declaração, em modelo anexo, a ser fornecido no local da inscrição, no qual declare atender todas as condições exigidas para a inscrição e submeter-se às normas expressas neste edital;
  • apresentar original e entregar cópia autenticada do cartório, dos seguintes documentos: Carteira de Identidade e Título de Eleitor/a;
  • entregar Histórico de Vida Histórico de vida (estilo Memorial), descrevendo sua experiência de trabalho relacionada à promoção, proteção, protagonismo, controle social e gestão da política dos direitos da criança e do adolescente com apresentação assinada de 02 (duas) testemunhas da comunidade e cópias dos documentos que comprovem todas as condições enumeradas no item 3.1, exceto os relativos ao item “I” e “II”, os quais deverão ser apresentados os originais.

Para mais informações do edital clique aqui.

Rodovia que dá acesso ao aeroporto em Altamira é liberada

A rodovia que dá acesso ao aeroporto de Altamira já foi liberada. A via foi interditada na quinta-feira (25) por ex-funcionários de uma empresa prestadora de serviço para a Norte Energia. Eles teriam sido demitidos após concluírem a construção da escola no RUC Pedral, em novembro de 2018 e pediam o pagamento da rescisão. “Até hoje nunca recebemos. A empresa fica dizendo que está pendente”, conta o pedreiro Luís Guilherme Viana.

Em protesto, ex-funcionários de terceirizada da Norte Energia fecham avenida

A via de acesso ao aeroporto ficou interditada. Por orientação da polícia militar, os manifestantes tiveram que liberar o trânsito de trinta em trinta minutos. Outro ponto da avenida que fica em frente ao escritório da norte energia ficou fechado.

Assista ao vídeo

Jovem é atropelada ao atravessar rodovia em Altamira

Uma mulher foi atropelada ao atravessar a rodovia Ernesto Acioly. Ela foi atingida por uma motocicleta. Segundo populares que socorreram a jovem de 19 anos, a condutora não teria prestado socorro. O acidente aconteceu durante a madrugada dessa sexta-feira (26). A vítima reclamava de dores em um dos braços, foi socorrida no local e conduzida para Unidade de Pronto Atendimento – UPA.

Deixar de prestar assistência, ou não pedir socorro à autoridade pública configura crime de omissão e pode levar a prisão. A pena é de um a um a seis meses ou multa.

(Natália Silva)

Expectativa de produtores é de alta na produção de milho

O milho está em alta no mercado. A última pesquisa do 10º levantamento da safra de grãos 2018/2019 divulgada neste mês de julho, alerta que a safra do milho deve ser recorde no país este quantidade do produto dentro país. Para evitar prejuízos este produtor já entendeu a importância ano. A expectativa é que o brasil produza cerca de 240 milhões de grãos. Esse crescimento expressivo pode encarecer os grãos, isso porque com a exportação pode diminuir a de não ficar dependente apenas do produto que vem de fora.

“Eu estou esperando aí a base de 1.330, 1.400 sacos, é mais para atender o consumo local”, conta o produtor Luíz Carlos Lehmkuhl. O milho é extensivamente utilizado como alimento humano ou para ração animal, devido às suas qualidades nutricionais. Hoje a saca varia e pode ser encontrada a R$ 45.

O relatório da Organização Das Nações Unidas para a Agricultura Alimentação e (FOA), publicado em maio deste ano em Roma, apontou a rápida ascensão na produção de milho, tornou o Brasil o segundo maior exportador mundial do cereal. Há 10 anos, o país detinha apenas 1% do mercado global e agora já é responsável por 25% do total mundial das vendas do produto.

Para Salim Jacaúna, doutor da UFPA, a busca de expandir mercados internacionais além de diminuir a oferta do produto, cria um clima favorável para investimentos no setor.

(Natália Silva)

Assista ao vídeo

Centro de Perícias Científicas Renato Chaves abre 40 vagas

Centro de Perícias Científicas “Renato Chaves” – CPC-RC, no Estado do Pará, torna público Processo Seletivo destinado à admissão de 40 profissionais que tenham Ensino Fundamental; Médio/ Técnico; Superior nas áreas exigidas com Registro no Órgão de Classe. Veja o edital.

As oportunidades ofertadas são para os cargos de: Auxiliar Operacional (3); Auxiliar Operacional Remoção (11); Auxiliar Técnico de Perícias – Enfermagem (10); Motorista (3); Perito Médico Legista (12); Perito Médico Legista – Psiquiatra (1).

Quando contratados, os profissionais irão atuar nos seguintes municípios: Abaetetuba; Altamira; Belém; Bragança; Breves; Castanhal; Itaituba; Marabá; Paragominas; Santarém; Tucuruí, no Estado do Pará.

Em regime de trabalho de 30h e 40h semanais, os profissionais contratados farão jus à remuneração que varia de R$ 998,00 a R$ 7.218,75, mais Acréscimo de Risco de Vida; Insalubridade; e Benefícios.

As inscrições serão realizadas, por meio dos documentos postados nos dias 25 e 26 de julho de 2019, e que serão entregues via Postal até às 14h do dia 07 de agosto de 2019, na sede do CPCRC.

Como método de seleção, será realizada Análise Documental e Curricular; Prova Prática; e Entrevista Individual.

(PCI concursos)

Assista ao vídeo

Comunicadores e ambientalistas são incluídos em programa de proteção

O presidente Jair Bolsonaro editou um novo decreto para regulamentar o Programa de Proteção aos Defensores de Direitos Humanos, que agora passa a incluir na nomenclatura oficial o atendimento a comunicadores e ambientalistas. O ato normativo foi publicado na edição desta quinta-feira (25) do Diário Oficial da União e revoga o decreto anterior, de 2016, assinado pela então presidente Dilma Rousseff.

Vinculado ao Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, o agora renomeado Programa de Proteção aos Defensores de Direitos Humanos, Comunicadores e Ambientalistas tem a finalidade de articular medidas para a proteção de pessoas ameaçadas em decorrência de sua atuação na defesa dos direitos humanos. A cooperação entre União, estados e municípios para a execução do programa também está mantida na nova norma. O decreto mantém ainda o Conselho Deliberativo do programa, com três integrantes, sendo dois do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, entre os quais um será o coordenador, e um da Secretaria Nacional de Segurança Pública do Ministério da Justiça e Segurança Pública. Eles deverão se reunir a cada dois meses, de forma regular.

Segundo o decreto, poderão ser convidados ainda para integrar o Conselho Deliberativo do programa um representante do Ministério Público Federal (MPF), um do Poder Judiciário e representantes do Poder Executivo federal cujas atribuições estejam relacionadas aos casos analisados no âmbito do colegiado. Na versão anterior do decreto, não havia a previsão de que outros integrantes do Poder Executivo pudessem fazer parte da composição do conselho do programa.

Além de formular, monitorar e avaliar ações do programa de proteção, o Conselho Deliberativo vai decidir sobre inclusão ou desligamento de pessoas ameaçadas, bem como período de permanência e estabelecimento do valor da ajuda financeira mensal para pagamento de despesas com aluguel, água, luz, alimentação, deslocamento, vestuário, remédios e outros, nos casos de acolhimento provisório de defensores dos direitos humanos. Pelo decreto, o conselho poderá criar grupos de trabalho temáticos ou comissões temporárias para a execução das atribuições previstas. O trabalho tanto no conselho quanto nas comissões e grupos de trabalho será considerado prestação de serviço público relevante e, portanto, não remunerada.

Atualmente, segundo o governo federal, um total 528 defensores e defensoras de direitos humanos estão incluídos no programa de proteção, em todo Brasil. Dentre as diversas áreas de militância dessas pessoas, estão causas indígenas, direito à terra, direito de população LGBT (lésbicas, gay, bissexuais, travestis e transexuais), combate à violência policial, combate à corrupção, entre outros.

(Agência Brasil)