Homem é assassinado e outros dois morrem em confronto com a polícia

Matéria atualizada às 16h25

Felipe dos santos silva, de 19 anos, estava em uma residência na rua 3 do conjunto Ivalândia, na noite desta quarta-feira (26) quando foi assassinado com um tiro no pescoço. De acordo com informações de testemunhas, ele teria recebido uma ligação para ir até ao local buscar algo.

Segundo um dos vizinhos, que não quis ser identificado, os moradores haviam se mudando para casa a pouco tempo e movimentação era intensa todos dias. Ele conta que estava na porta de casa quando o crime aconteceu. “A gente estava sentado na frente quando chegou os caras de moto, aí jogaram a moto no chão, entraram na casa e começaram a atirar”, relata.

Após o crime a polícia recebeu informações das caracterizas dos suspeitos e começou a afazer diligências pela cidade, ao chegar na Avenida Perimetral se depararam com duas pessoas em atitude suspeita em uma motocicleta, e começou a perseguição. Eles atiraram contra os policiais que revidaram a ação. “Na fuga dos dois elementos, eles se depararam com o agrupamento da Rocam e mais à frente eles começaram a efetuar disparos em direção a guarnição que agiu”, explicou o  sub- comandante, Major Henrique.

Os suspeitos que ainda não foram identificados, morreram logo depois de dar entrada na Unidade de Pronto Atendimento, upa. Com eles foi encontrada uma pistola 765 revólver calibre 38 e  a motocicleta usada no crime. A polícia civil investiga o caso.   Somente nesse mês de junho, foram registrados sete homicídios e sete 7 tentativas de homicídio em Altamira.

Susipe divulga resultado do concurso para agentes prisionais

O Governo do Estado do Pará, por meio da Superintendência do Sistema Penitenciário do Pará (Susipe), Secretaria de Estado de Administração (Sead), da Secretaria de Estado de Segurança Pública e Defesa Social (Segup), divulga o resultado final e homologação dos aprovados no concurso público C-199 para provimento de cargo de agente prisional. O concurso é referente ao edital n°44/2019 – Sead/Susipe, de 25 de junho de 2019, mediante as condições estabelecidas no edital n° 001/2017, de 15 de dezembro de 2017. O resultado foi divulgado na edição desta quarta-feira (26) do Diário Oficial do Pará.

Ao todo, 486 candidatos foram aprovados. Dentre eles 157 homens e 28 mulheres, que atuarão em unidades prisionais da Região Metropolitana de Belém. Na região Guamá foram aprovados 224 homens e 10 mulheres. Para região Carajás foram homologados 16 homens e 4 mulheres. Foram designados ainda 16 homens e 2 mulheres para a região Xingu. Além de 25 homens e 4 mulheres que vão atuar na região do Baixo Amazonas.

O Concurso C-199 exigiu o alinhamento de novos fluxos administrativos e pedagógicos da Susipe. O curso de formação durou 75 cinco dias, com 8h de atividades diárias. Foram formadas 14 turmas e ministradas 16 disciplinas, de Fundamentos Políticos, Jurídicos a Armamento e Tiro. Essa é a primeira turma de Agentes Prisionais formados no padrão do Departamento Penitenciário Nacional (DEPEN), o que elevará a qualidade da gestão penitenciária no Pará, aumentando a segurança da sociedade.

O Concurso Público C-199 é o primeiro concurso realizado depois de 2008. Todo o procedimento transcorreu dentro da normalidade considerando o momento de transição política e institucional em que a Susipe caminha para sua transformação em secretaria de Estado.

(Agência Pará)

Polícia Civil afirma que há grupo de assaltantes atuando em Altamira

A polícia civil de Altamira acredita que há um grupo que está se revezando para praticar roubos na cidade. Segundo o delegado Fernando Marcolino, prender os suspeitos pode não acabar com os roubos, mas reduz consideravelmente o número de crimes do tipo.

Recentemente a funcionária de um supermercado foi assaltada dentro do estabelecimento comercial. No local estava ela e alguns clientes, que não viram a ação do casal de criminosos que chegou apontando a arma e pedindo pelo dinheiro do caixa, em plena luz do dia.

Assaltantes invadem residência e fazem homens e crianças reféns

Esta semana as polícias militar e civil conseguiram chegar até dois homens que renderam duas pessoas que estavam em uma residência no bairro São Domingos. Crianças que também estavam na casa foram feitas reféns durante a ação dos criminosos. Segundo os policiais, a arma utilizada em ambos os crimes seria a mesma.

Para para que o trabalho da polícia civil possa ter sucesso, é importante a participação da população para reconhecer e denunciar os criminosos que aparecem nas imagens. Ação fundamental para a redução dos assaltos na cidade. “É fundamental a vítima vir, fazer o reconhecimento, pode me procurar que vamos fazer o encaminhamento necessário para que eles fiquem o máximo possível na cadeia”, explica o delegado.

(Athaynara Farias)

Assista ao vídeo

Drogas, televisores e drone roubados são apreendidos

Cerca 2,5kg de entorpecente foram apreendidos em uma residência na última terça-feira (25). Era por volta de 22h quando a polícia militar recebeu uma denúncia anônima, informando sobre os objetos e a quantidade de drogas na casa.

O fato aconteceu no bairro Jardim Independente I. Segundo informações da PM, a denúncia informou que haviam duas televisões, um drone e entorpecentes. Quando a polícia chegou até o local o suspeito, que é proprietário da casa, não estava. Os objetos foram levados para a delegacia de polícia civil de altamira.

O dono da residência foi identificado e a polícia civil segue com as investigações.

Assista ao vídeo

Quadrilha é presa após investigação apontar envolvimento em assaltos

A Polícia Civil apresentou na noite da última terça-feira (25), uma quadrilha suspeita em participação de varios assaltos em Altamira, sudoeste do Pará. Segundo as investigações feitas em conjunto com o Núcleo de Inteligência da Polícia Civil e a Divisão de Homicídios apontam que os presos participavam de assaltos a lojas e comércio de Altamira. “ Câmeras de segurança comprovam a participação deles nas ações criminosas”, confirma o superintendente da Polícia Civil na região, Walisson Magno Damasceno.

Umas das prisões aconteceu em uma casa no bairro Liberdade onde os policiais encontraram três armas, duas delas de fabricação caseira, além de munição e varios aparelhos celulares que a polícia acredita ser das vítimas de assaltos.  Duas motocicletas também foram apreendidas e levadas para a delegacia. Os veículos eram usados para o crime. 

Duas adolescentes foram aprendidas e levadas para a delegacia. Os policiais ouviram elas e se comprovada a participação delas nos crimes, vai ser pedido a internação das duas em centros de atendimento ao adolescente. Na delegacia todos negaram envolvimento com os crimes. 

O delegado Wallison Magno Dasmaceno, informou ao portal Confirma Notícia que um dos homens presos é suspeito de um homicídio em Altamira. A polícia aponta ainda que o local onde foram encontrados os suspeitos servia apenas como parte da logística do crime. 

O próximo passo da investigação é o reconhecimento das possíveis vítimas que tiveram seus objetos roubados. Elas vão tentar identificar  os envolvidos e a partir daí as autoridades policiais vão aplicar a modalidade do crime executado por cada um deles. 

(Denilton Resque) 

Assista ao vídeo


Idoso espera por cirurgia em Belém

É na rede que Juvenal Matias De Souza, de 73 anos fica durante o dia. Segundo a esposa do paciente, Ilce Gomes, ele tem duas veias do coração que estão entupidas. Familiares já fizeram exames que comprovam o problema. Uma das veias já não tem mais como salvar, por conta disso, às vezes, o seu Juvenal passa mal. “Ele foi pra Belém fez os exames, voltou dizendo que iam chamar e até agora nada”, explicou Ilce.

A cirurgia de Juvenal está marcada para ser realizada em Belém. Ilce afirmou que já procurou o órgão responsável pelo encaminhamento do paciente para o estado, mas não teve resposta. “Me preocupa, eu não durmo de noite, desde que ele infartou eu não sei o que é dormir. É muito triste ver uma pessoa doente, pedindo ajuda e não poder fazer nada”, desabafou a esposa.

Procuramos a Pró-saúde, associação que administra o hospital público na capital, e fomos informados de que quem faz agendamento de cirurgias e controle de transferência dos pacientes é o setor de regulação, que é gerenciado pela Secretaria de Estado da Saúde – Sespa. Em seguida entramos em contato com a mesma por meio de e-mail e eles informaram que iriam apurar o caso.

(Athaynara Farias)

“Fica querida, vai ter bolo” entenda o meme da semana

Em audiência na Câmara dos Deputados que está ouvindo o jornalista Green Greenwald, editor do site The Intercept e um dos responsáveis pelas publicações de conversas vazadas entre o então juiz Sérgio Moro e procuradores que atuavam na força-tarefa da Operação Lava-Jato, a deputada da base governista Carla Zambelli (PSL-SP) colocou o norte-americano na parede. “Se esses áudios existem, mostre-os”, solicitou.

Zambelli fazia referência aos áudios que Glenn Greenwald diz ter junto ao material que adquiriu com sua dita fonte anônima. “Por favor, divulgue as provas. Onde estão os áudios que você diz que tem? Onde estão? Que provas são essas?”, indagou a deputada. “Pode tocar o áudio aqui agora. Desafio o Glenn a tocar o áudio aqui agora!”, chegou a exclamar.

O jornalista não titubeou na resposta: “Então, nós começamos a reportar há duas semanas atrás. Áudios são muito difícil para reportar mas com certeza vamos soltar quando o material estiver pronto com responsabilidade para publicar e acho que você vai se arrepender muito a desejar que nós façamos isso”.

Após a resposta, parlamentares da oposição ovacionaram a resposta do jornalista, Carla Zambelli acompanhada de sua colega de partido Katia Sastre abandonaram a sessão e uma parlamentar da oposição às risadas gritou: “Fica querida, vai ter bolo”.

(Diário de Goiás)

Rádio Vale do Xingu lança aplicativo para celular

A 93,1 propaga seu alcance com lançamento de aplicativo móvel para telefones celulares e tablets. O app ‘Rádio Vale do Xingu Fm’ já funcionava em celulares com sistema operacional Android, e agora está disponível também para IOS. Para baixar é só digitar o nome no Google Play ou no App Store. A ferramenta é gratuita.

A partir de agora, os ouvintes acompanham a programação de onde e quando quiserem, e tem acesso a todo conteúdo produzido pela Vale, muita música e informação. A novidade faz parte da série de mudanças que a emissora tem lançado em 2019, em comemoração aos 30 anos.

Um equipe chamada ‘Digital’ foi criada para atender um novo público da internet, e todo conteúdo produzido é disponibilizado na rede através de diferentes plataformas como Instagram, Facebook, Youtube, o site Confirma Notícia, e o aplicativo da rádio. “As mudanças têm relação com o amadurecimento da empresa em relação a sua missão de levar informação e diversão, buscando o crescimento social”, explica o diretor executivo Leonardo Barros.

Com o app é possível ouvir música, o jornal Sinal Verde, acompanhar os boletins informativos e participar de toda programação.

(Mayara Freire)

Minha Casa Minha Vida deve ser dividido em dois novos programas

O ministro do Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto, anunciou no início do mês que o governo pretende dividir o programa Minha Casa Minha Vida em dois programas de habitação social – um destinado a famílias de baixíssima renda e outro destinado a famílias de baixa e média renda.

De acordo com o Ministério do Desenvolvimento Regional, a proposta do governo, ainda em estudo, poderá sofrer mudanças. Ainda segundo a assessoria da pasta, a ideia do grupo que está elaborando a proposta é alterar o nome do programa habitacional, o que ainda não foi definido.

Na semana passada, Gustavo Canuto havia afirmado à imprensa que o nome do programa Minha Casa Minha Vida seria alterado pelo governo. As propostas do Ministério do Desenvolvimento Regional serão discutidas e transformadas em um projeto de lei.

Segundo ele, dentro de cada programa haverá subdivisões. Naquele para famílias de baixíssima renda, por exemplo, serão atendidas famílias que não têm acesso ao crédito imobiliário; pessoas vindas de áreas afetadas por situações de emergência ou calamidade pública; e também famílias afetadas por obras públicas. Nessa faixa, o custo das moradias será totalmente pago pelo governo.

Já no programa destinado à baixa e média renda haverá incentivo para a aquisição do imóvel, seja por acesso a financiamentos ou pelo que o ministro chamou de “poupança imobiliária”. Essa poupança imobiliária seria uma espécie de aluguel pago pelo beneficiário, mas que pode ser usado para adquirir o imóvel que ele está ocupando ou qualquer outro imóvel.

De acordo com o ministro, a poupança imobiliária seria acumulada enquanto as famílias ocupam o imóvel construído pelo governo. Gustavo Canuto negou, no entanto, que trate-se de cobrança de um aluguel.

“Não é aluguel, não tem remuneração de capital. A pessoa faz uma poupança que pode usar para adquirir o imóvel”, explicou.

Baixíssima renda
A referência para a inclusão das famílias nesse programa, que terá imóvel 100% financiado pelo governo, será a renda de um salário mínimo. Esse valor, no entanto, pode ser maior ou menor dependendo da região.

“Entendemos que definir um salário mínimo para acessar o programa nem sempre é justo. O poder de compra de um salário na região metropolitana de São Paulo não é o mesmo do poder de compra no agreste pernambucano. Foi criado um fator de localização, Então, dependendo da região, esse teto vai ser maior ou menor do que um salário mínimo”, afirmou o ministro durante reunião da Comissão de Desenvolvimento Urbano da Câmara dos Deputados.

Atualmente, a faixa mais baixa do Minha Casa Minha Vida atende famílias com renda de até R$ 1.800. Na modelagem atual do programa, essas famílias recebem descontos de até 90% do valor do imóvel e pagam os 10% em prestações.

Segundo o secretário de Habitação do Ministério do Desenvolvimento Regional, Celso Matsuda, dentro da categoria de baixíssima renda poderá haver a doação dos imóveis. Essa doação ocorrerá, por exemplo, para famílias que perderam a moraria em uma calamidade pública.

Mas haverá casos em que a família não será dona do imóvel, que é o caso da moradia social, quando a família só receberá uma espécie de direito de morar no local.

Matsuda explicou que a proposta é que essas famílias recebem assistência, como capacitação profissional, que permitam a elas deixarem essa faixa de renda.

Baixa e média renda
O atendimento de baixa e média renda será para famílias que ganham de dois a sete salários mínimos, o que equivale a R$ 6.986. Também nesse caso, a renda pode sofrer alteração e ser maior ou menor, dependendo da localidade.

Atualmente, o Minha Casa Minha Vida atende famílias com renda de até R$ 9 mil. Sendo que famílias com renda entre R$ 4 mil e R$ 9 mil recebem subsídios via taxa de financiamento.

Para essa faixa de renda maior, afirmou o ministro, o governo possibilitará acesso a financiamento e facilidades para adquirir imóveis. Nessa faixa haverá imóveis construídos pelo setor privado.

Balanço
Segundo o ministro, nos quatro primeiros meses do ano o governo contratou 100 mil moradias pelo Minha Casa Minha Vida e deve finalizar o ano com um pouco menos do que 300 mil contratações.

Segundo o ministro, até maio foram liberados R$ 2 bilhões para o programa, e em junho devem ser liberados outros R$ 600 mil.

“Em junho teremos mais R$ 600 mil, o que vai pagar todas as dívidas antigas que herdamos e deixar o programa totalmente regularizado em junho”, disse.

(G1)

Câmara Municipal faz última sessão antes do recesso

A Câmara Municipal realizou nesta terça-feira (25) a 8ª reunião ordinária do segundo semestre. Várias indicações foram propostas para área da educação e infraestrutura como operação tapa buracos, asfaltamento de ruas do bairro Ibiza, Paixão de Cristo, Independente I e melhorias na rodovia Transamazônica. O vereador Victor Conde apresentou proposta para saúde. “A gente fez um pedido de um micro-ônibus para pessoas mais carentes que são atendidas pelo Caps e precisam de transporte para ir até o local fazer o tratamento “, explicou o parlamentar.

O representante do hospital do câncer em Barretos, Carlos Silveira, esteve na reunião para agradecer às parcerias locais. “Temos muito a agradecer aos nossos parceiros e as pessoas que nos ajudam na captação de recursos em todo estado”, declarou o analista de captação de recursos.

Entre as indicações da vereadora Delza Barros, estão a implantação do vale livro para aquisição de professores da rede municipal “A gente pensa nessas pessoas porque sabemos da dificuldade e por isso resolvemos entrar com essa indicação, para que tenham livros com preço acessível”, explicou a vereadora. Ela também pediu a criação de uma casa de conselhos municipais de Altamira.

Agricultores aproveitaram a sessão para pedir que o horário de atendimento da balsa, que faz travessia para a gleba assurini, seja estendido. Essa foi a última reunião da Câmara do primeiro semestre de 2019, por conta do recesso de férias.

(Natália Silva)