Primeira Dama de Altamira é transferida para Belém depois de infarto

A secretária municipal de integração social e primeira dama de Altamira, Rute Barros, teve um princípio de infarto nesta segunda-feira (18). Com dores no peito ela foi internada no Hospital Regional Público da Transamazônica (HRPT) e, no final da tarde desta terça-feira foi transferida para a capital, Belém, onde deve passar por avaliação médica.

Rute passou por um procedimento de cateterismo e passa bem. Ela permanece em Belém.

Prefeitura entrega obras de melhorias no Jardim Independente I

Na última sexta feira (14), a prefeitura de Altamira entregou mais uma obra a população. A rua São Sebastião, no Jardim Independente I, foi totalmente pavimentada. Hélio Ronaldo mora há 16 anos no local e conta que agora os problemas de infraestrutura ficaram no passado. “A dificuldade era grande, quando era inverno lama, verão era poeira. Fico muito feliz com esse empreendimento, feliz do prefeito ter olhado pro nosso bairro”, contou.

Além da pavimentação a rua recebeu, calçada, drenagem, meio fio e iluminação pública. O prefeito Domingos Juvenil lembrou que as obras estão sendo realizadas com recursos municipais e que outras ruas do bairro serão pavimentadas. “Meu coração transborda de felicidade de ver a alegrias dos moradores. Tudo com recursos próprios, recursos arrecadados para manutenção da cidade”, declarou.

Assista ao vídeo

Bandidos invadem farmácia e rendem funcionária

Dois criminosos armados invadiram uma farmácia na tarde de segunda-feira (17), no Jardim Primavera. Eles levaram joias, o celular da atendente, cartões telefônicos, um cofre e dinheiro. Um prejuízo de mais de R$3 mil.

“Tensão, pânico e sentimento de impotência”. É assim que a vítima, que estava sozinha na farmácia e ainda tenta se recuperar, traduz a ação dos bandidos. Primeiro, para disfarçar, um dos homens entrou e pediu um medicamento. Enquanto a vítima ia em direção ao remédio, o segundo criminoso invadiu o local e mostrou uma arma de fogo. O proprietário contou que esse já é o quinto assalto.

Um dos acusados colocou um estilete no pescoço da mulher para evitar alguma reação. Após o roubo, a dupla fugiu em uma motocicleta. Qualquer informação pode ser repassada ao 190.

Assista ao vídeo

Assaltantes invadem lotérica e atacam clientes

Na manhã desta terça-feira (18) clientes de uma lotérica na rua Abel Figueiredo, no bairro Brasília, foram vítimas de dois assaltantes. “Eu já estava saindo um rapaz chegou e ele pegou meu celular e minha carteira”, contou uma das vítimas que preferiu não se identificar.

Era por volta das 8h30 quando os dois criminosos chegaram em uma motocicleta, celulares e dinheiro foram levados. Ainda muito nervosa, a vítima chegou a seguir os assaltantes no intuito de encontrar os criminosos, no percurso foi pego pela polícia militar que o confundiu com um dos suspeitos. “Eu pedi informação na esquina perguntando onde tinham passado, mas na frente do posto do mutirão me abordaram achando que eu estava participando do assalto”, explicou a vítima.

A polícia militar faz rondas na tentativa de localizar os suspeitos. Qualquer informação pode ser repassada ao 190.

Assista ao vídeo

Em menos de 30 horas jovem é preso duas vezes

A polícia militar prendeu em menos de 30 horas o mesmo jovem que é suspeito de cometer roubos e furtos na cidade. Yago de Jesus Mendes tem de 19 anos e é morador do bairro Mutirão, onde a polícia, após uma denúncia anônima, o encontrou com uma motocicleta roubada na noite da última segunda-feira (17).

Para a surpresa dos policiais o jovem havia sido liberado recentemente da cadeia. Yago havia sido preso no último domingo na companhia de outras quatro pessoas apontadas como integrantes de uma quadrilha especializada em assaltos na cidade. O grupo foi preso em flagrante com duas pistolas e 40 munições no mesmo bairro.

O rapaz foi solto na manhã de segunda-feira, mas não demorou muito para voltar à prisão, e dessa vez. Yago já tem outras passagens pela polícia.

Assista ao vídeo

Atacante paraense que jogava no Qatar sofre acidente no Pará e perde a esposa

Um dos valores do futebol paraense que se profissionalizaram sem nunca ter vestido as camisas de Remo e Paysandu, Thiago Brito, sofreu um acidente na BR-155, na manhã desta terça-feira (18), entre Marabá e Eldorado do Carajás, ficou em estado grave e perdeu a esposa Giane Brito. Uma criança de colo, que seria a sobrinha de Giane também morreu. Aos 26 anos, Thiago Brito era atacante e estava jogando desde o ano passado no Birkirkara, do Qatar, foi aproveitar as férias com a família.

Ele estava em um carro com a família quando se envolveu em um acidente com um caminhão. O carro estava sendo dirigido pela cunhada de Thiago, que também foi internada em estado grave. Ela e o jogador foram levados ao Hospital Municipal de Marabá, de onde deverão ser transferidos para o Hospital Regional da cidade.

O início da carreira de Thiago Brito foi no Figueirense (SC). No currículo, tem passagens por: Santos (SP), Grêmio Barueri (SP), Portuguesa (SP), Vila Nova e Campinense (PB), além de clubes de fora do Brasil. É o caso do Al-Nasr (Kuawit), Al-Musannah (Omã) e o último, Birkirkara (QAT).

(O Liberal)

Acidente entre carro e caminhão mata bebê e mulher em Marabá

Uma acidente na manhã desta terça-feira (18) deixou duas pessoas mortas e outras feridas na rodovia BR-155, em Marabá, sudeste paraense.Segundo a Polícia Rodoviária Feral (PRF), o acidente, entre um caminhão e uma caminhonete modelo Nissa Frontier matou uma criança com menos de um ano e uma mulher, identificada como Jane. Outra mulher e o jogador de futebol Thiago Brito ficaram gravemente feridos e foram socorridos.

Corpo de Bombeiros, Samu e Instituto Médico Legal (IML) foram acionados para ajudar a atender os feridos e remover os corpos. Aos 26 anos, Thiago Brito era atacante e estava jogando desde o ano passado no Birkirkara, do Qatar, foi aproveitar as férias com a família. Jane, a mulher que morreu no acidente, era sua esposa.

O carro estava sendo dirigido pela cunhada de Thiago, que também foi internada em estado grave. Ela e o jogador foram levados ao Hospital Municipal de Marabá, de onde deverão ser transferidos para o Hospital Regional da cidade, para realizar exames mais complexos.

Além dele, uma outra mulher também segue ferida.A PRF ainda apura o acidente, mas uma versão dada por testemunhas informa que o carro da família teria tentado desviar de um veículo que vinha na contra-mão, e por isso, acabou entrando na pista em que vinha o caminhão.

(Oliberal)

Por amizade 24% da população acaba no SPC

Emprestar o cartão de crédito ou validar um empréstimo pode ser uma grande roubada. Uma pesquisa mostra que muita gente acabou com o nome sujo na praça, mesmo sem ter feito a dívida. Foi o caso dessa vítima que não quis se identificar, “emprestei o crédito para uma pessoa próxima, mas a conta final saiu do meu bolso”, conta.

Apesar de arriscada, a prática no Brasil é mais comum que se pensa. A cada dez brasileiros, quatro já pediram o nome de um conhecido emprestado. O levantamento é do serviço de proteção ao crédito (spc brasil) e da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (cndl).

Os entrevistados disseram que os pais, cônjuges e os familiares são os mais procurados na hora de pedir o nome emprestado. Por ser pessoas fáceis de convencer. Em último caso vêm os amigos namorados e colegas de trabalho. 

20% dos casos de inadimplência são causados por amigos. 30% dos entrevistados confessaram que não tinham ideia do valor que seria usado pelo parente ou amigo. Nove em cada dez disseram que a amizade ficou bem abalada depois do calote, e 53% tiveram que bancar sozinhos a dívida do amigo.

(Natália Silva)

Assista ao vídeo

Fundação Hemopa informa funcionamento no feriado de Corpus Christi

A Fundação Centro de Hemoterapia e Hematologia do Pará (Hemopa) informa que o serviço de coleta de sangue não funcionará no feriado de Corpus Christi, dia 20, e no dia 21, que foi facultado pelo Governo do Estado. As unidades de coleta de sangue de Belém, Santarém, Marabá, Castanhal, Abaetetuba, Tucuruí, Altamita, Capanema e Redenção também ficarão fechadas. Importante ressaltar que o atendimento transfusional é ininterrupto, ou seja, não haverá prejuízo ao atendimento da demanda da rede hospitalar pública e privada.

A gerente de Captação de Doadores do Hemopa, a assistente social Juciara Farias, ressalta que o serviço de coleta no hemocentro coordenador, em Belém; e a Unidade de Coleta Castanheira retomam o funcionamento normal no sábado (22).

Resultado – A campanha “Junho Solidário – No arraiá do Hemopa tem festa e doação de sangue”, realizada de 8 a 14 de junho último, encerrou com saldo de 2.385 comparecimentos e 1.825 doações de sangue, que vão salvar cerca de 7.300 vidas. Em 2018, foram 2.247 comparecimentos e 1.410 coletas, o que significa um acréscimo de 6% na participação do voluntariado e de 9,5% no número de doações, este ano.

Para doar sangue – É preciso ter entre 16 e 69 anos (menores devem estar acompanhados do responsável legal), ter mais de 50 kg, estar bem de saúde e portar documento de identificação oficial, original e com foto.

Serviço: As doações de sangue também podem ser feitas no Hemocentro Coordenador e na Estação de Coleta Castanheira, de segunda a sexta-feira, de 7h30 às 18h30, e aos sábados, de 7h30 às 17h. Há ainda a Estação de Coleta Pátio Belém, que funciona de segunda a sexta-feira de 10h às 17h. Mais informações: 08002808118 ou 3110-6500.

(Assessoria)

Homem assassinado é alvo de notícias falsas

As conversas em um grupo de WhatsApp mostram uma afirmação encaminhada por um dos membros do grupo. Na conversa a pessoa afirma que Ederson Raposo – assassinado no último domingo (16), era traficante e que já tinha passagem pela polícia. A família procurou nossa equipe de reportagem para afirmar que o que está sendo espalhado nos grupos não é verdade.

Homem é morto e duas mulheres são baleadas no RUC Laranjeiras, em Altamira

O crime aconteceu na tarde deste domingo, Ederson Raposo, de 26 anos estava em um aniversário no Reassentamento Urbano Coletivo Laranjeiras. Uma mulher também foi baleada nas nádegas, ela foi levada a unidade de pronto atendimento por um vizinho.

Segundo informações da polícia militar, Ederson não possuía passagens pela delegacia de Altamira. Os familiares afirmaram que a vítima trabalhava no mercado municipal juntamente com a mãe em um restaurante.

Assista ao vídeo