Quatro pessoas são presas durante operação da polícia civil

Em virtude dos crimes na região a polícia civil em conjunto com outras guarnições deflagrou a operação “Reação” em Rurópolis afim de cumprir mandados de prisões.

Durante a operação foram presos Weyder Nascimento Veríssimo, suspeito de participar em homicídios, e Marcos Antônio Da Silva Gaia, 20 anos, preso em sua residência. No local foram encontrados 14 munições, 31 petecas de craque e um revólver calibre 38.

Marcos trocou tiros com a polícia de Rurópolis e foi atingido. A mãe dele, Maria Antônia Nunes Da Silva, também foi detida por estar na residência.

A polícia prendeu ainda José Nilson Santiago que estava em Altamira, ele é suspeito de participar em homicídios e é apontado como membro de grupos que comandam crimes no Xingu. A ação aconteceu durante a última sexta-feira (5).

Homicídios

Somente no início do ano dados do balanço da polícia civil na região apontavam uma média de aproximadamente um homicídio a cada três dias.

  • 04/02 – Giovani Dos Santos Conceição, de 18 anos, foi assassinado no bairro Independente I, com disparos de pistola calibre 380, a hipótese da polícia é de execução.
  • 17/03 – Erik Alves Dos Santos de 20 anos foi assassinado no bairro mutirão com quatro disparos quando tentava se esconder em uma quadra de futebol, o assassino usou uma pistola  e teria saído caminhando do local, sem se preocupar  em esconder o rosto.
  • 18/03 – No dia seguinte, no mesmo bairro, na rua 4, o amigo dele, Daniel De Souza Silva, de 18 anos, também não conseguiu escapar dos atiradores, foi morto dentro de casa.
  • 01/04 – Sandro Felício De Oliveira, 21 anos, foi morto a tiros na travessa Castanheira, no bairro São Domingos. Segundo informações de testemunhas, o homem teria saído de casa para comprar carteiras de cigarro, quando foi atingido pelos atiradores que efetuaram vários disparos com a cápsula 380.
  • 04/04 – Fabio Alves de Sousa foi assassinado no terminal rodoviário. Ele estava preso e foi solto na mesma semana.  

Com esses números já são uma média de 25 homicídios registrados em Altamira até esse final de semana. A maioria com as mesmas características, os atiradores chegam armadoS, na maioria das vezes de motocicleta, e com alvos aparentemente marcados. O objetivo da polícia é investigar crimes e grupos que atuam na região e que seriam responsáveis por essas e outras mortes.

Balsa que provocou queda de ponte estava irregular

A balsa que bateu em um dos pilares de uma ponte do complexo da Alça Viária, neste sábado (6), estava em situação irregular e não deveria estar navegando, segundo a Capitania dos Portos da Amazônia Oriental (CPAOR).

O órgão, da Marinha, informou ainda que, além da documentação irregular, a embarcação estava com multa em aberto e, por isso, proibida de navegar. O proprietário da embarcação já foi identificado e será notificado durante instauração de inquérito.

A área sobre a ponte está interditada porque ainda oferece riscos de acidente e os destroços da ponte e a embarcação, que permanecem no local, causam perigo a navegação.

O Corpo de Bombeiros e a Capitania dos Portos estão no local a procura de vítimas. De acordo com o Governo do Estado, dois veículos passavam sobre a ponte no momento do acidente e teriam caído dentro do rio.

Entenda

De acordo com a Capitania dos Portos, a embarcação colidiu com um dos pilares de sustentação da ponte e causou o desabamento de cerca de 200 metros da estrutura, que possuía 860 metros de comprimento e 23 de altura. Com a batida, quatro pilares caíram.

A ponte está localizada no quilômetro 48 da rodovia estadual PA-483 e liga a Região Metropolitana de Belém ao Nordeste do Estado do Pará.

Inquéritos

No local, além do Corpo de Bombeiros, estão homens da Defesa Civil, Polícia Civil e peritos do IML. O Ministério Público do Pará (MPPA) solicita abertura de inquérito para investigar o caso, pedindo que sejam ouvidas as testemunhas e proprietário da embarcação, perícia, além da verificação da documentação da documentação e do condutor.

O governador do estado, Helder Barbalho, e o Secretário de Segurança Pública do Pará, Ualame Machado, estiveram no local e sobrevoaram a área nas primeiras horas da manhã. De acordo com o Governo do Estado, a ponte passava por reparos, mas não havia comprometimento da estrutura antes do acidente deste sábado (6).

“Iniciamos uma obra de recomposição das bases da ponte, por precaução e prevenção, portanto ela estava absolutamente apta para utilização. Lamentavelmente, esse sinistro causou um grande impacto, nós tivemos um comprometimento significativo da ponte, no total de 860 metros, 200m vieram abaixo o que necessitará de investimentos de R$ 100 milhões que possam permitir com o que, no prazo estimado de um ano, a ponte volte a atividade.”, disse o governador Helder Barbalho.

(G1)

Homem é preso na perimetral por porte ilegal de arma

Romildo Medeiros de Oliveira, foi preso na sexta-feira (5) por porte ilegal de arma de fogo. Segundo a lei 10.826/2003, conhecida como o estatuto do desarmamento é proibido portar arma de fogo sem cumprir as exigências legais, e a pena é dois a quatro anos de prisão, além de multa.

Romildo foi abordado na avenida Perimetral, durante fiscalização da polícia militar e civil em bares e estabelecimentos. Com ele foi encontrado um revólver calibre 38. Ainda segundo policiais, a arma estava adulterada.

Para obter o porte de arma de fogo o cidadão deve dirigir-se a uma unidade da Polícia Federal munido de requerimento preenchido, além de apresentar documentos e condições exigidos. No site da PF é possível conferir todos requisitos necessários.

Ponte desaba no Pará e dois veículos caem no rio

Uma parte da ponte que fica sobre o rio Muju, caiu na madrugada deste sábado (6). Segundo moradores, a estrutura ficou comprometida após uma balsa colidir com a ponte, por volta da 1h da madrugada, levando ao desmoronamento de parte das pistas.

A ponte em questão é a terceira (no sentido de saída de Belém) do complexo de quatro pontes da Alça Viária, localizada na rodovia PA-483. Dois veículos que passavam na via no momento da colisão, caíram no rio.

A equipe de governo está reunida na sede do Comando do Corpo de Bombeiros, em Belém. A corporação informou que já iniciou as buscas na área. “É um dia triste após esse episódio lamentável. Neste momento, a nossa prioridade é agilizar as buscas pelas vítimas e dar total apoio às suas famílias”, disse o governador.

Segundo os Bombeiros, nenhum tripulante, certificado ou documento da embarcação que atingiu a ponte foi encontrado no local.

Técnicos da secretarias estaduais também estão reunidos na sede do Corpo de Bombeiros, em Belém, para definir alternativas e garantir o tráfego de veículos que utilizam a ponte para acessar Belém e os demais municípios da região. A Procuradoria Geral do Estado (PGE) vai acionar judicialmente a empresa proprietária da balsa que colidiu com a ponte.

A ponte sofreu avarias por constantes choques de embarcações que já ocorreram e já estava em reparos há cerca de dois meses.

Em janeiro o governador Helder Barbalho esteve no local para avaliar os danos na estrutura da ponte, como é possível ver na reportagem abaixo.

(Informações Governo do Estado)



Prefeitura inicia 2ª copa das secretarias

O João Victor tavares é estudante e foi prestigiar o evento. Fã de esporte, ele compareceu em mais um ano na abertura da 2ª Copa das Secretarias do município.Os jogos ocorreram no complexo da juventude, no bairro Premem.

O evento teve início com o jogo feminino de futsal. Saúde e Semed entraram em quadra para a dar início ao torneio. No futsal as meninas da Semed, saíram na frente. A camisa 10 Luciana abriu o placar. Semed 1 a 0.

Após o intervalo, a equipe da saúde foi em busca da reação. A número 9, Bárbara, empatou para a Saúde. Tudo igual, 1×1. A saúde forçou e conseguiu. Suelem, número 10 fez o gol da virada. Saúde de virada, 2×1.

Depois ainda houve dois jogos masculinos. Saúde B versus Semed a e Seplan contra Saúde A. Para Eliton Pedrosa, coordenador da Secretaria de Cultura, é um evento que fomenta o esporte. Toda a programação é gratuita, basta comparecer ao complexo da juventude.

Conselho municipal de saúde discute proposta para conferência estadual

O conselho municipal de saúde fez uma reunião nesta quarta-feira (3) para discutir propostas para conferência estadual. O objetivo é melhorar o atendimento a saúde em Altamira e é realizada em todos os municípios do estado do Pará. Os participantes sugerem propostas e ideais para avanços nos trabalhos

A ideia também é fortalecer os serviços básicos e assistência. Para isso, é eleita uma equipe de 12 pessoas que devem representar o município na conferência estadual que ocorre em belém e posteriormente a nacional.

Antônio Jorge, que é conselheiro estadual da saúde foi convidado para palestrar sobre a importância de discutir as necessidades locais e trabalhar na prevenção e promoção da saúde.


Conversa sobre invasão à escola em Altamira causa medo em pais e profesores

Uma conversa no whatsapp entre estudantes sobre invasão a escola Instituto Maria de Mattias causou medo em pais e professores. O dialogo teria surgido na última quarta-feira (3) entre um estudante e outro jovem que não seria aluno da escola. Eles falavam sobre caça a passarinhos e sobre modelos de armas. O estudante então trouxe a conversa para a sala de aula e os colegas teriam entendido de forma errada.

A direção escola imediatamente acionou os responsáveis, após identificar os estudantes que comentaram o assunto, para checar a veracidade da conversa. A polícia militar e a guarda municipal que já realizavam visitas a escola, intensificaram as rondas próximo a instituição de ensino.

A situação causou medo por conta do recente caso em Suzano, São Paulo, onde dez pessoas morreram após dois jovens armados invadirem uma escola e atirarem contra alunos e professores. A professora Naire da Silva Marques destaca que, apesar de ter sido um mal entendido, é importante o acompanhamento dos pais no dia a dia dos filhos.